Nutrição

Alimentos Liofilizados: o que são? Quais os benefícios?

Alimentos Liofilizados

O consumo de Alimentos Liofilizados vem aumentando muito entre as pessoas, principalmente aquelas que praticam alguns tipos de esportes como os de aventura e os de longa duração. O processo que esses alimentos sofrem não interfere em nada na sua composição nutricional, por ser de fácil consumo vem sendo muito utilizado por quem precisa se alimentar de maneira rápida e adequada.

A cada dia novas técnicas de conservação e produção de alimentos surgem para deixar o mercado de alimentos com mais opções. A bola da vez são os Alimentos Liofilizados, que vem sendo consumidos em grande escala por atletas que praticam atividade de alta intensidade ou de longa duração.

Muitas pessoas acabam focando apenas nas atividades físicas que querem praticar para deixar o corpo cada vez mais escultural e se esquecem da nutrição desses corpos. Um corpo sem vitaminas e minerais adequados se torna doente e totalmente incapacitado de conseguir dar os resultados desejados.

É muito importante que o indivíduo saiba quais alimentos devem ser ingeridos antes e depois de cada atividade física. Atividades físicas muito intensas precisam receber uma atenção maior.

Antes da prática da atividade física, os atletas devem priorizar o consumo de alimentos que forneçam uma maior quantidade de energia, os mais indicados nesse caso são os carboidratos. Logo após a pratica da atividade física deve-se consumir de preferência, uma maior quantidade de alimentos que sejam fontes de proteína. Esses alimentos podem ser os leites e seus derivados, carnes, quinoa, soja, amaranto e diversos outros.

O que são alimentos liofilizados?

Os Alimentos Liofilizados estão sendo muito consumidos por diversos tipos de pessoas, principalmente por causa da praticidade que eles oferecem. O aumento do consumo desse tipo de alimento acontece por causa da praticidade que eles oferecem.



Praticantes de atividades físicas de alta intensidade como por exemplo, a escalada, possuem um grau de dificuldade muito grande em transportar alimentos. Nesses casos, o consumo de refeições liofilizadas vem sendo muito utilizada.

Na Segunda Guerra mundial foram feitos os primeiros processos de liofilização de alguns alimentos.

O que tornou esse processo de liofilização conhecido foram as missões realizadas pela NASA, onde os astronautas puderam levar alimentos para o espaço com um prazo muito maior de validade.

Mas afinal, você deve estar pensando o que são esses Alimentos Liofilizados, não é mesmo?

Os alimentos que passam pelo processo de liofilização são submetidos a dois processos, o primeiro é o de congelamento e o segundo é o de secagem. Através da sublimação é realizado o controle de umidade. Não se utiliza nenhum componente químico e nem conservante nesses alimentos.

O congelamento desses alimentos é feito a – 30ºC e depois submetidos a uma pressão muito baixa a vácuo, onde toda a água do alimento é eliminada e transformada em gelo, fazendo com que o alimento passe diretamente do estado sólido para o estado gasoso.

Este processo pode ser feito em diversos tipos de alimentos, confira:

  • Verduras;
  • Frutas;
  • Legumes;
  • Cereais;
  • Carnes em geral (frango, carne vermelha e peixe);
  • Leguminosas;
  • Ovos;
  • Café em pó;
  • Sucos em pó;
  • Ervas medicinais;
  • Leite em pó;
  • Sopas;
  • Achocolatados em pó;
  • Temperos e condimentos em pó.

Conheça alguns benefícios dos Alimentos Liofilizados

Quando os alimentos que possuem um elevado teor de água sofrem o processo de liofilização, existe a retirada desta. Com a retirada da água desses alimentos o aumento da densidade de nutrientes é elevado. Aumentando essa densidade, as vitaminas, fibras alimentares e minerais são aumentados.

Ou seja, para você entender melhor, os Alimentos Liofilizados possuem todas as suas propriedades como os carboidratos, proteínas e gorduras chamados de macronutrientes pelos nutricionistas. Mantendo essas propriedades, quando ingeridos, contribuem para o bom funcionamento do organismo.

A seguir destacamos alguns importantes benefícios que o consumo desse produto traz. Confira a seguir:

  • Todas as propriedades dos alimentos que passaram por esse processo são preservadas;
  • As embalagens costumam ser individualizadas, algumas podem até conter duas porções;
  • Esses alimentos podem ser conservados fora da refrigeração, não estragam em temperatura ambiente;
  • O preparo é feito de maneira muito simples, com apenas a adição de água quente e a espera de 5 minutos é possível consumi-lo;
  • Fácil armazenamento e transporte por causa do seu volume e peso reduzidos;
  • Alimentos com disponibilidade de serem consumidos durante todo o ano;
  • Durabilidade do produto muito maior;
  • Possibilidade de se obter refeições completas liofilizadas.

Como posso fazer Alimentos Liofilizados?

Os Alimentos Liofilizados são feitos em uma máquina específica que custa em média no Brasil por volta de R$ 200 mil. Esse preço ainda é muito alto para se ter uma máquina dessas em casa.

Por causa disso, infelizmente para fazer esse tipo de alimento ainda é preciso ajuda de empresas que tenham esse tipo de máquina.

Todo o processo é feito na cozinha, onde o alimento é preparado normalmente e em seguida congelado a -40ºC. Depois desse processo ele é colocado na máquina de liofilização.

A máquina possui uma câmara que faz a temperatura baixar muito rápido, permitindo com que o gelo passe do estado sólido para o estado gasoso sem virar líquido também de maneira rápida.

Após esses processos, os alimentos são embalados e armazenados de maneira correta. Os produtos em pó recebem uma atenção especial na hora de serem embalados e armazenados, pois se ocorrer algum erro no momento do envase podem ocorrer contaminação ou diluição do produto.

Nesse equipamento existe também uma espécie de condensador que permite que esse alimento seja congelado novamente.

Por ter tantos processos e todos feitos por essa máquina, fica impossível fazer esses procedimentos em casa.

Quais as diferenças entre os Alimentos Liofilizados e Desidratados?

Algumas dúvidas começaram a surgir em relação aos Alimentos Liofilizados e os alimentos desidratados.

Os dois tipos de alimentos também perdem água no seu preparo, mas existe um pequeno detalhe que torna o processo de desidratação diferente da liofilização.

No processo de desidratação, os alimentos são submetidos a altas temperaturas até que o ar seco faça a evaporação de toda água presente no alimento. Esse processo é diferente da liofilização que utiliza as baixas temperaturas para fazer a evaporação da água.

Nos processos de desidratação podem ocorrer a danificação de algumas propriedades nutricionais dos alimentos, fique atento!

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Redação Tudo Ela

Site focado em publicar conteúdo atual e interessante sobre o universo feminino. Fazemos curadoria e pesquisamos dicas úteis para o dia-a-dia da mulher moderna. Saiba mais sobre nós.

/* ]]> */