Remédios Saúde

Amitriptilina para enxaqueca: veja como funciona o medicamento

Amitriptilina para enxaqueca

Alguns médicos receitam para os pacientes doses de Amitriptilina para enxaqueca. Quem sofre com as dores causadas pela enxaqueca acaba tomando qualquer medicamento sem sequer se informar sobre quais são os efeitos colaterais que ele provoca. Muitos especialistas são a favor desse medicamento e outros são totalmente contra.

Nem todos os medicamentos podem ser comprados sem receita médica. Esse é o caso da Amitriptilina, ela só pode ser vendida se o paciente possuir uma receita médica devidamente assinada, pois uma via fica retida na farmácia.

No Brasil, a enxaqueca já é considerada um caso de saúde pública, ao todo já são aproximadamente 30 milhões de brasileiros atingidos por essa doença. A maioria que sofre com a enxaqueca são as mulheres, por fatores genéticos, acabam se tornando mais suscetíveis. Isso não quer dizer que os homens ficam imunes, muitos também possuem a doença e sofrem os sintomas.

Encontrar o tratamento certo nem sempre é uma tarefa fácil, pois muitos médicos não dão a devida atenção. As consultas não ultrapassam os 10 minutos e as receitas de medicamentos são sempre as mesmas. Por essa escassez de atendimento, muitos que possuem enxaqueca acabam tomando tudo o que encontram pela frente. Nem questionam, se por exemplo o medicamento faz bem.

As crises de enxaqueca duram de 4 a 72 horas dependendo da intensidade da dor. Você tem que concordar que é um absurdo ficar com essas dores sem tomar nenhuma providência. Por mais que não existam medicamentos exclusivos para a enxaqueca, existem alternativas que podem ser utilizadas. Como por exemplo, a ingestão de medicamentos de outras doenças, que acabam sendo extremamente eficazes para os sintomas da enxaqueca.

O que é a Amitriptilina para enxaqueca e como ela age?

Por ser uma dor muito intensa, as pessoas que sofrem com enxaqueca acabam tomando medicações sem saber ao certo o que está tomando. A origem da Amitriptilina é o tratamento da depressão. É isso mesmo que você leu, esse remédio é utilizado como antidepressivo.

Considerado um tratamento novo, a Amitriptilina para enxaqueca começou a ser receitada nos consultórios recentemente. Existem alguns profissionais que defendem a administração desse medicamento para pessoas que sofrem com a enxaqueca e existem os profissionais que são extremamente contra.

Amitriptilina para enxaqueca

Por mais que seja ruim de ler ou ouvir é preciso que seja dito milhares de vezes, que a enxaqueca não tem cura. Não existe um medicamento exclusivo para essa doença, por mais que inúmeras pesquisas estejam sendo feitas.

Os tratamentos da enxaqueca são considerados apenas preventivos, ou seja, previnem o aparecimento dos sintomas tão desagradáveis, mas não promovem a cura.

Os efeitos colaterais dessas medicações utilizadas são muitas vezes violentos demais, mudando toda a estrutura do corpo. Alterações hormonais significativas são observadas durante o tratamento com essas medicações. É preciso tomar cuidado e ter bom senso acima de tudo.

A recomendação de uso desse medicamento dobrou nos últimos anos, os relatos são positivos. Utilizar esse antidepressivo reduz as crises de enxaqueca, mas ele só deve ser administrado nas pessoas que possuem crises contínuas e não esporádicas.

Conheça os efeitos colaterais dessa medicação

A Amitriptilina para enxaqueca como já foi dito é extremamente eficaz, mas como toda medicação, possui efeitos colaterais não muito agradáveis. Essa medicação é um poderoso antidepressivo e como tal é usado principalmente para tratar dessa doença.

Tomar essa medicação deve ter a orientação de um médico, pois além dos efeitos colaterais normais de uso, tem os efeitos provocados pela tiragem da medicação abruptamente. Existem mudanças químicas que ocorrem no corpo quando essa medicação é ingerida. Essas mudanças podem favorecer o aparecimento justamente de uma depressão, mesmo que a pessoa não apresente nenhum sintoma.

Conheça alguns efeitos colaterais

Existem efeitos colaterais significativos para quem toma a Amitriptilina para enxaqueca. Fizemos uma lista com alguns deles que foram observados para você conhecer melhor. Veja:

  • Estados alterados de confusão mental;
  • Irritação excessiva;
  • Falta de libido;
  • Má digestão;
  • Hipersensibilidade à luz e sons excessivos;
  • Maior facilidade para quadros de depressão;
  • Batimentos cardíacos acelerados;
  • Síndrome da ansiedade;
  • Formigamentos em algumas partes do corpo;
  • Alterações no paladar;
  • Alterações de pele;
  • Sensibilidade das mamas;
  • Impotência sexual.

O paciente deve ficar atento a todos esses sintomas apresentados. Conversar com o médico é a melhor alternativa, pois juntos é possível chegar a conclusão sobre o melhor tratamento a seguir.

Amitriptilina para enxaqueca

Contraindicações do Amitriptilina para enxaqueca

Os pacientes que sofrem com as dores podem tomar normalmente a Amitriptilina para enxaqueca. Existem alguns casos de pessoas que são contraindicadas para esse tratamento.

Por existirem essas contraindicações, os pacientes que resolverem fazer uso desse medicamento, precisam estar cientes da importância de um acompanhamento médico para que não haja risco de vida.

Este medicamento é contraindicado nos seguintes casos, confira:

  • Pacientes com histórico de distúrbios e doenças cardiovasculares;
  • Pacientes com histórico de retenção de urina provocado por problemas na próstata;
  • Portadores de glaucoma;
  • Pacientes com problemas na tireoide e que já fazem uso da Amitriptilina para enxaqueca devem ficar atentos e monitorarem suas taxas hormonais com frequência;
  • O consumo de álcool potencializa os efeitos que esse medicamento causa no corpo humano;
  • Portadores de doenças como a esquizofrenia e as famosas paranoias devem ficar muito atentos, pois a tendência é fazer com que essas doenças seja totalmente exacerbada.

Alternativas para tratamento sem medicamento

Existem algumas alternativas muito interessantes para tratar a enxaqueca sem medicações. Esses tratamentos naturais não possuem nenhum efeito colateral, demoram um pouco para ter resultado, mas em compensação não existe sofrimento.

Práticas de atividades físicas não muito intensas, massagens relaxantes, alongamentos e meditações são apenas algumas atividades indicadas para o alívio dessas dores.

Alguns chás são muito eficazes no alívio dos sintomas da enxaqueca. Chá de erva-cidreira, erva doce, laranja, gengibre, camomila são apenas alguns dos recomendados.

Além dessas alternativas, a pessoa que sofre com as dores da enxaqueca pode optar pela ingestão de alimentos considerados ricos em nutrientes que auxiliam na produção de substâncias como a dopamina e a serotonina, responsáveis pela sensação de alegria e bem-estar.

Tente pensar um pouco fora da caixinha, existem alternativas mais naturais para você conseguir controlar as dores terríveis que essa doença provoca. Experimente novas sensações!

Último Vídeo do Nosso Canal


/* ]]> */