Saúde Terapias

O uso da aromaterapia no trabalho: aprenda a harmonizar seu ambiente profissional

Aromaterapia no trabalho

Você costuma chegar ao seu trabalho desanimado, com sensação de cansaço e falta de disposição? Se a resposta é sim, saiba que nem sempre o problema está em você.

Os ambientes corporativos têm a tendência de serem estressantes. A pressão diária exercida pelas metas, prazos e tarefas a serem realizadas e assimiladas são a combinação perfeita para a fadiga e o esgotamento.

Veja também: Fitoterapia: descubra como e quando surgiu essa terapia complementar

Mas você sabia que o uso da aromaterapia no trabalho – técnica que utiliza aromas para equilibrar o ambiente de trabalho promovendo bem-estar físico, mental e emocional – pode amenizar o estresse do dia a dia e auxiliar trabalhadores a ter mais qualidade de vida no trabalho?

Veja a seguir como aplicar esta técnica no seu ambiente de trabalho e como ela pode melhorar a sua relação com a rotina profissional. Confira!

Sobre a aromaterapia

A aromaterapia é uma prática milenar que utiliza óleos essenciais extraídos de flores e ervas para proporcionar bem-estar físico, mental e emocional.

Quando inalados, os aromas contidos nestes óleos essenciais ativam o sistema límbico do cérebro (responsável pelas emoções), equilibrando os sentimentos e diversas funções orgânicas.



Por isso, a aromaterapia é utilizada para tratar diversas condições de saúde e principalmente para aliviar sintomas relacionados ao estresse, ansiedade, depressão, entre outros.

Importância do uso da aromaterapia no trabalho

Apesar de ser mais comum em residências e clínicas de estética, o uso da aromaterapia no trabalho tem aumentado em escritórios e outros ambientes corporativos.

Esse aumento se deu graças aos muitos benefícios que essa técnica traz ao ambiente profissional e seus colaboradores, como por exemplo, aumento da produtividade, do foco e da concentração; controle do estresse e da ansiedade, aumento do sentimento de paz e harmonia, entre outros.

Os aromas mais indicados e seus benefícios

Existe uma infinidade de óleos essenciais e, por isso, o ideal é consultar um aromaterapeuta para saber quais são os mais indicados para o ambiente de trabalho em que você está inserido.

Mas para facilitar, listamos a seguir alguns dos óleos essenciais mais utilizados para harmonizar as relações no ambiente de trabalho, estimular a criatividade e aumentar a fluidez de ideias e projetos. Confira:

  • Alecrim: melhora a concentração e o foco;
  • Tangerina: traz emoções de paz, alegria e serenidade. Ideal para colaboradores desestimulados ou em casos de depressão;
  • Gerânio: equilibra o espírito e o humor, controlando a ansiedade e o estresse;
  • Citronela: indicado para limpeza energética de ambientes impregnados com energias pesadas e negatividade;
  • Patchouly e limão: aumenta o sentimento de tolerância. Ideal para locais onde há dificuldade de relacionamento entre os colaboradores;
  • Limão siciliano: conhecido como o “óleo da clareza”, ele é indicado para casos onde há baixo desempenho ou produtividade;
  • Lavanda: reduz a impaciência e ansiedade;
  • Capim-limão: aumenta a autoconfiança e a segurança, duas características essenciais para o ambiente corporativo, principalmente para quem está começando em uma nova empresa ou cargo.

Como aplicar a aromaterapia no trabalho

A aromaterapia é uma técnica de fácil aplicação.

Os óleos essenciais podem ser utilizados em difusores elétricos ou borrifadores.

No caso do difusor, basta pingar uma gota do óleo desejado e manter o difusor ligado. Essa quantidade é suficiente para aromatizar o ambiente por um dia inteiro.

Já para uso do borrifador, deve-se diluir algumas gotas do óleo essencial na água e borrifar a mistura no ambiente 2 ou 3 vezes ao dia.

Vale lembrar que o ambiente de trabalho costuma ser compartilhado por diversas pessoas, portanto antes de fazer uso da aromaterapia no trabalho, consulte seus colegas e peça autorização para o seu chefe a fim de evitar problemas. Caso haja impedimento, uma alternativa é utilizar uma gota do óleo essencial na pele.

Não há dúvidas de que o uso da aromaterapia no trabalho pode mudar para melhor a sua rotina profissional, no entanto, é sempre aconselhável consultar um terapeuta especializado antes de utilizar óleos essenciais. Afinal, a inexperiência pode trazer efeitos contrários aos desejados.

Portanto, consulte um aromaterapeuta e experimente uma rotina profissional mais leve, equilibrada e harmoniosa!

Você acredita no poder dos aromas na harmonização de ambientes? Acha que a aromaterapia pode melhorar seu ambiente de trabalho? Compartilhe!

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Juliana Mitsuda

/* ]]> */