Curiosidades

O que é Astrologia? Veja a importância do estudo dos astros na nossa vida

Astrologia

Desde os tempos mais remotos, os humanos buscam por autoconhecimento e por explicações para os mais diferentes fatos e acontecimentos do mundo, buscando conhecer a formação do Universo e dos planetas.

E desde muito cedo, há milhares de anos, já se acreditava que as estrelas errantes – aquelas que caminhavam pelo céu conforme as noites iam passando – poderiam influenciar os acontecimentos aqui na Terra.

Foi através dessa crença que iniciou-se os primeiros estudos sobre a influência que os astros tem sobre nós, os seres humanos, e que dariam origem à Astrologia.

Neste post, descubra o que é a Astrologia e qual a sua importância para o ser humano.

O que é a Astrologia?

A Astrologia é um estudo de autoconhecimento que nasceu da associação entre os planetas e o comportamento humano.

Esta ciência está entre os estudos mais antigos do homem, muito antes da escrita. Uma prova disso é que seus registros podem ser encontrados em ruínas de quase todas as civilizações antigas, desde a Grécia à Babilônia, da China até Roma.

Com o passar do tempo, os estudos dos astros foram se desenvolvendo, permitindo sua relação com as estações do ano, calendário agrícola, lunações e muitos outros aspectos.

Mas foi por volta do século XX que a Astrologia ganhou novas perspectivas ao se aliar com a Psicologia, permitindo análises cada vez mais direcionadas ao nosso cotidiano, sem perder a essência e a sabedoria de seis mil anos atrás.

Assim, com a Astrologia é possível identificar perfis específicos do comportamento humano através da posição dos astros e também realizar algumas previsões sobre o futuro das pessoas.

Como este estudo funciona?

A Astrologia se fundamenta no paradigma holístico, afirmando que todas as coisas existentes no Universo estão inter-relacionadas. Assim, a posição dos planetas no determinado momento de nascimento de uma pessoa falará sobre essa vida, revelando seu propósito, seus talentos, suas motivações.

Muito mais do que os signos do zodíaco conhecidos por nós, a Astrologia é um conjunto de cálculos complexos que determinam um sistema em que você é o centro e está interligado com os astros que os cerca.

Todo esse sistema é gerado a partir da data, hora e local do seu nascimento e quanto mais precisos forem estes dados, mais precisas serão as suas análises de personalidade e previsões astrológicas.

Como as análises astrológicas são feitas?

As análises astrológicas são realizadas por um astrólogo – cientista responsável por estes estudos.

Elas estão baseadas no posicionamento dos planetas do sistema solar no momento exato do nascimento de uma pessoa e na movimentação de outros corpos celestes, procurando ver a influência de cada um deles na vida do indivíduo em questão.

Para isso, os astrólogos se utilizam de diversas ferramentas. A mais popular delas são os horóscopos. No horóscopo ocidental tradicional (esse que conhecemos), temos 12 signos regidos pelos planetas e que são definidos de acordo com a data de nascimento da pessoa. São eles:

  • Áries (21/03 – 19/04)
  • Touro (20/04 – 20/05)
  • Gêmeos (21/05 – 21/06)
  • Câncer (22/06 – 22/07)
  • Leão (23/07 – 22/08)
  • Virgem (23/08 – 22/09)
  • Libra (23/09 – 22/10)
  • Escorpião (23/10 – 21/11)
  • Sagitário (22/11 – 21/12)
  • Capricórnio (22/12 – 19/01)
  • Aquário (20/01 – 18/02)
  • Peixes (19/02 – 20/03)

Mas também é importante lembrar que existe a Astrologia Oriental com o horóscopo chinês, japonês e o indiano, e até outras vertentes astrológicas, como o horóscopo xamânico, cada um com as suas particularidades.

Além dos horóscopos, outra ferramenta muito utilizada é o mapa astral, que é uma análise mais profunda e individual. Ele considera o dia, o mês, o ano, a hora e o local do nascimento do perfil a ser analisado, para tentar compreender a sua natureza através das posições celestiais.

O registro dessas posições é representado na mandala astrológica. A partir daí, é possível calcular os aspectos que se formam entre planetas, casas e signos, para gerar a análise.

Por fim, a Astrologia é uma ferramenta importante para quem busca o autoconhecimento. É um estudo muito antigo e ao contrário do que muitas pessoas imaginam, nada tem a ver com misticismos ou magias. É uma ciência milenar, séria e baseada em cálculos complexos.

Ao conhecer seu perfil astrológico, é possível explorar melhor os pontos fortes da sua personalidade, trabalhar as fraquezas e se antecipar a situações da sua vida.

Curtiu o nosso post sobre Astrologia e quer saber mais? Então aproveite para conhecer melhor as características dos doze signos do zodíaco!

Sobre o autor

Juliana Mitsuda