Beleza Cabelos

Babylights: conheça a técnica chamada de “novas californianas”

O clareamento dos cabelos tem se tornado algo comum entre as brasileiras. Isso porque fios mais claros são mesmo dignos de um país tropical como o Brasil, com maior predominância de dias quentes e ensolarados, o que justifica em muito a aposta da mulherada em madeixas com aspecto “queimado pelo sol”, buscando sempre a versão mais natural possível para levantar suspiros pelas ruas.

Sabendo disso, os maiores hair stylists do mundo começaram a investir cada vez mais em técnicas de clareamento capilar para dar o efeito que as mulheres tanto almejam. E quando já se achava que as Luzes, o Ombré Hair e as Mechas Californianas, que foram sensação nos últimos tempos e eram tidos como o estágio final do clareamento capilar, cada dia mais surgem novas tendências de cabelos loiros, como é o caso das famosas Babylights.

As mechas estão fazendo o maior sucesso entre as celebridades, que apostam arriscar que a técnica é uma nova versão de um dos estilos de mechas mais pedidas nos salões de beleza pelo mundo: as californianas. Isso porque elas dão um efeito ainda mais natural aos cabelos loiros, sendo uma ótima opção para quem prefere mechas ainda mais discretas e elegantes.

Será isso verdade? O que elas têm de tão interessante? Se você ficou curiosa e quer saber o que são as mechas Babylights e como fazê-las, continue lendo esse artigo até o final e saiba tudo sobre o assunto.

O que são as mechas Babylights?

As Babylights nada mais são do que mechas finas e bem discretas, em pelo menos dois tons mais claros em relação à cor natural dos cabelos, que partem da raiz até as pontas dos fios. A ideia é deixar o cabelo mais claro o mais natural possível, lembrando as nuances claras nos cabelos dos bebês. Daí, o nome de batizado da técnica, que em tradução livre significa “Luzes de Bebê”.

Apesar de ser muito parecida com as luzes tradicionais, a técnica possui algumas diferenças em relação à marcação das mechas, que devem ser bem mais finas e menos marcadas. Por este motivo, as adeptas às Babylights costumam ser mulheres que querem mudar o visual, mas sem causar uma transformação muito radical.

A técnica já está sendo adotada por várias celebridades, como Jessica Alba e Gisele Bündchen, que afirmam que o estilo de mechas dá mais leveza ao rosto e naturalidade ao look, até mesmo mais que as famosas californianas.



Elas são mesmo as “novas mechas californianas”?

A técnica de clareamento capilar Babylights está sendo comparada às mechas californianas desde que começou a ficar conhecida pelo mundo. No entanto, de acordo com especialistas, as duas técnicas não têm nenhuma característica em comum.

Isso porque as mechas californianas consistem em um efeito degradê do meio dos fios até as pontas, sendo as regiões a serem clareadas no cabelo pré-selecionadas antes de fazer a descoloração. Já as Babylights são mechas bem finas que partem da raiz às pontas dos cabelos, onde os fios são escolhidos de maneira aleatória e com reflexos super leves e dourados espalhados pela cabeça e pela têmpora.

A comparação caiu no gosto da mulherada depois de entender que as Babylights são uma versão mais “chique” das californianas, já que deixam o look ainda mais natural e elegante quando comparadas ao estilo da Califórnia adotado pela maioria das brasileiras nos últimos tempos.

No entanto, mesmo não sendo parecidas uma com a outra, as duas técnicas podem ser misturadas em um mesmo cabelo para causar um efeito ainda mais bonito. A ideia é diminuir o contraste entre o cabelo natural e a parte descolorida nas mechas californianas.

Para isso, basta pintar a raiz até o meio do cabelo com as Babylights, dando uma luminosidade natural aos fios naturais e evitando maior desgaste dos fios descoloridos.

Luzes X Babylights: qual é a diferença?

Como falamos nos parágrafos anteriores, as Babylights são bastante confundidas com as luzes tradicionais, isso por conta das mechas finas que partem da raiz dos cabelos até as pontas, característica comum entre as duas técnicas. No entanto, profissionais afirmam que a principal diferença entre as duas está na marcação e profundidade da cor nos fios que serão descoloridos.

Nas luzes, as mechas costumam ser mais grossas e com maior profundidade de cor, ou seja, são bem marcadas. Já as Babylights oferecem apenas nuances (reflexos leves) em uma pequena quantidade de fios, descoloridos aleatoriamente para dar um efeito natural semelhante aos cabelos dos bebês.

Por isso, esta última é mais indicada para mulheres discretas e que pretendem mudar o visual sem contrastar muito com a cor natural dos seus fios. As luzes, por sua vez, também são discretas, mas aparecem mais nos cabelos do que as Babylights, sendo então a segunda melhor opção para quem não quer mudanças radicais.

Quem pode fazer?

As mechas Babylights são bem versáteis e podem ser feitas por qualquer mulher, independente do tamanho, tipo e cor do cabelo. Antes, se tinha a ideia de que apenas mulheres loiras e com pele clara podiam fazer as mechas. No entanto, hoje em dia, várias mulheres mostraram que é sim possível fazer as Babylights no cabelo e arrasar no look.

Inclusive, em morenas e negras, as mechas costumam dar uma leveza ao contorno do rosto, que geralmente está pesado por conta do tom escuro dos cabelos. Em ruivas, um efeito sutil em tom alaranjado pode ajudar a deixar a coloração mais natural.

Como fazer? Confira passo a passo

baby-lights-3

Existem várias técnicas utilizadas pelos hair stylists pelo mundo afora para fazer as Babylights, sendo a maioria delas bem semelhantes ao processo de fazer as luzes tradicionais.

Antes de começar o processo, a dica principal é procurar no fundo da caixinha com os álbuns da infância uma foto para relembrar como eram os reflexos do seu cabelo antes. Isso ajudará a orientá-la sobre as regiões que deverão ser coloridas ou descoloridas no decorrer do passo a passo que vamos mostrar a seguir.

Materiais necessários:

  • 1 touca de plástico ou silicone (aquelas para fazer luzes);
  • Tintura da cor e tonalidade de sua preferência;
  • Pincel e recipiente para descoloração;
  • Agulha própria para luzes (ou de crochê, caso você não tenha uma).

Como fazer:

Passo 1: O primeiro passo que você deve saber para fazer as Baby Lights no cabelo em casa é estar com os cabelos sujos (pelo menos, há um ou dois dias) e secos, não sendo recomendado colorir os fios se estiverem úmidos.

Passo 2: Verifique, com a ajuda de um espelho e seguindo as características do cabelo na sua foto da infância, quais as áreas que você quer colorir ou descolorir as suas Babylights.

Passo 3: Penteie os cabelos para trás, de forma que fiquem bem desembaraçados, e coloque a touca bem firme junto à cabeça.

Passo 4: Com a ajuda da agulha, comece a puxar pela touca os fios que você vai colorir e descolorir, se for o caso.

Passo 5: Feito isso, é hora e preparar a tintura que você vai aplicar nos cabelos. Depois, é só começar a aplicar a coloração com o pincel nas mechas que você separou.

Passo 6: A dica é aplicar no sentido da nuca em direção em direção à testa e dar um espaçamento entre 5 e 6 dedos de uma mecha para outra.

Passo 7: Se preferir, pode cobrir as mechas com papel laminado para potencializar o resultado, mas não é obrigatório.

Passo 8: Verifique a cada instante se o cabelo está atingindo o tom que deseja, monitorando a mudança de cor. Aguarde 40 minutos.

Passo 9: Passado esse período, enxágue as mechas sem tirar a touca, em água morna, até que o produto seja totalmente removido dos cabelos.

Passo 10: Aplique um shampoo específico para cabelos descoloridos. Se for o caso, use também um shampoo desamarelador para tirar o amarelo dos fios e o tonalizante para manter a cor.

Passo 11: Para finalizar, aplique o condicionador e, após isso, retire a touca. Depois, você pode repetir o mesmo processo de lavagem no cabelo todo, aplicando, desta vez, uma máscara de tratamento para hidratar os fios, principalmente os descoloridos.

Como cuidar?

baby-lights-4

Apesar de serem novidade na tendência de clareamento capilar, as mechas Babylights exigem os mesmos cuidados que os demais cabelos descoloridos. Veja abaixo quais são os principais deles:

Hidrate semanalmente

O processo ajudará a repor a água perdida durante o processo de coloração dos fios e a dar mais brilho, maciez e força às suas mechas Babylights. Invista em máscaras de tratamento para hidratar os seus fios.

Tome banho em água morna

Tomar banho em água em temperatura muito quente pode ressecar e quebrar os fios com Babylights, uma vez que eles já estão sensíveis devido ao processo de coloração. Por isso, tome banho sempre em água morna ou fria para evitar maiores danos às mechas.

Use produtos específicos

Depois de fazer as Babylights, será necessário sempre utilizar produtos especiais para cabelos tingidos, dentre eles o shampoo e o condicionador (os dois com pH ácido), tonalizante, leave-in, óleos capilares, finalizadores, entre outros.

Respeite o período de manutenção

O período de manutenção das suas Babylights será entre 3 e 4 meses, dependendo do crescimento do cabelo. Para ajudar a evitar o desbotamento, aposte em um tonalizante para manter a cor, inclusive quando cortar as pontas. Neste caso, elas não deverão ser mais clareadas, apenas tonalizadas.

Abuse do protetor solar

 Nunca se esqueça de usar o protetor solar para cabelo quando for sair de casa, principalmente em dias mais quentes. Ele evitará que a cor das suas mechas Babylights oxidem por causa da exposição solar e desbotem com facilidade, além de prevenir o ressecamento e quebra.

Evite mar e piscina

fileg_20960

Cabelos com Babylights tendem a ficar mais frágeis e sensíveis à exposição ao sal da água do mar e ao cloro das piscinas. Por isso, a dica é diminuir a freqüência à praia e a clubes e, caso não seja possível, o faça sempre utilizando uma touca de natação impermeável.

Evite secador e chapinha

chapinha-estraga-o-cabelo

Cabelos com mechas Babylights tendem a ficar naturalmente desidratados após o processo de coloração, o que pode ser agravado com o uso de aparelhos em alta temperatura. Por isso, evite expor os cabelos de forma abusiva a esses aparelhos.

Se não houver possibilidade de abrir mão deles, use sempre um protetor térmico para proteger os seus cabelos e mantenha a distância de 20 centímetros entre o secador e a cabeça e nunca passe a chapinha nos fios úmidos.

Nunca faça escova progressiva

Fazer escova progressiva ou qualquer outro procedimento químico nos cabelos pode dar um erro de combinação e trazer grandes danos aos fios. Por isso, evite fazê-los para não causar ressecamento, queda e quebra das suas madeixas.

Aposte na cauterização capilar

Todo e qualquer cabelo que passou por um processo de coloração costuma perder a queratina (proteína) presente nos fios, deixando-os mais fracos e sensíveis. Por isso, é preciso investir em uma reconstrução capilar, mais conhecida como cauterização, para devolver a resistência e beleza dos fios. A dica é fazê-la a cada 15 dias, no salão ou em casa.

Fotos

Agora que você já conheceu o que são as mechas Babylights, que tal ver algumas fotos para se inspirar e fazer agora mesmo as suas?

cabelo 10

babylight-petakicolor

f85de3fb522b6ff561929ae27e063cc9

Se você gostou do artigo com as dicas de hoje, compartilhe, ok?

Até a próxima!

Veja também:

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Raiane

/* ]]> */