Nutrição Vegetais

Beldroega, uma plantinha poderosa que você precisa conhecer

Beldroega

Temos o costume incessante de classificar qualquer planta que não conhecemos muito bem como “mato”, principalmente se ela cresce em todo o canto e não aparenta ter nada de especial em sua estética, como a beldroega, por exemplo. O que acontece é que esse tipo de planta muitas vezes oferece mais do que aparenta.

As pessoas ignoram ou realmente não conhecem as PANCs e por conta disso não sabem de seus benefícios. A beldroega é muito mais que um matinho que aparece um qualquer canto faça chuva ou faça sol, ela é uma PANCs usada também para fins medicinais.

PANCs é alimento

Certamente você deve estar confusa quanto a afirmação de que PANCs é um alimento, já que você nunca deve ter visto isto no mercado ou em feiras de rua comuns. Bom, para começar é melhor explicar o significado da sigla: a beldroega faz parte de um conjunto de plantas denominadas plantas alimentícias não convencionais, ou seja, são comestíveis apesar de não parecer.

Geralmente são encontradas em feiras orgânicas, no entanto, a maioria pode ser cultivada em casa sem maiores problemas. A gastronomia pouco investe nestas plantas e, portanto, também é difícil encontrar algum restaurante especializado neste tipo de culinária, mas a internet existe justamente para nos mostrar novas possibilidades, fazendo com que você encontre inúmeras receitas com PANCs, inclusive, com a beldroega.

Só que antes de pesquisar receitas e se aventurar em busca de novos sabores, que tal conhecer um pouco mais sobre esta planta bem aqui nesta matéria?

A beldroega

Originária da Europa, hoje é conhecida no mundo todo como uma planta rasteira de mais ou menos 15 centímetros de altura com enorme poder medicinal. Seus chás ajudam rins, fígado e bexiga e incluir na dieta cotidiana é perfeito para o organismo, devido a seu valor nutricional único.

Conhecida popularmente como erva daninha, a maior parte das pessoas dispensa a beldroega pensando que ela estraga esteticamente ou faz mal à sua horta, o erro dessas pessoas está em pensar justamente isso, considerando que, se bem preparada e utilizada, ela pode oferecer benefícios incríveis.

Por ser confundida com uma erva daninha, ela não apresenta nada demais em um sua estética, como todo “mato”, apresenta folhas verdes, porém, apresenta flores amarela também. O que a torna tão especial é seu sabor levemente ácido e salgado, além disso, pode ser consumida tanto cozida quanto crua, sendo bem versátil e deliciosamente saborosa em pratos nutritivos e pouco calóricos.

Benefícios à saúde

Contudo, para além da cozinha, ela oferece inúmeros benefícios medicinais, que até parecem impossíveis de serem atribuídos exclusivamente a uma única e pequena planta. A beldroega é muito versátil e pode ser utilizada para diversos fins, só é necessário saber a finalidade, pesquisar bastante e conversar com um profissional sobre o preparo de suas folhas para remédios caseiros.

De qualquer forma, é importante conhecer tudo aquilo que é realmente possível tratar com esta planta, para que você não seja enganada por sites alheios e acabar consumindo algo que não te fará bem de forma alguma.

Problemas estomacais

Quase todo mundo já ouviu a avó mandar alguém tomar um chá de boldo quando aparece um problema de saúde, principalmente se for mal estar, certo? Acontece que o chá de beldroega oferece bem mais benefícios e apresenta um gosto melhor em comparação ao outro citado.

Usada principalmente para tratar vômitos, diarreia e prisão de ventre, ela tem a função natural de um laxante e suas sementes são capazes de combater com eficácia vermes intestinais como a lombriga.

Sistema urinário

Além do sistema intestinal, esta planta poderosa auxilia na ação diurética dos rins, estimulando o trabalho dos néfrons presentes nos órgãos e limpando o organismo ao fazer com que você elimina as toxinas presentes no corpo.

Estética

Além da ajuda interna, esta planta pode ser muito utilizada para fins estéticos, como no tratamento para acne, por exemplo. Um emplastro de folhas aplicado semanalmente ajuda a tratar nossas grandes inimigas da adolescência de forma natural e saudável com seu forte poder de cicatrização, o que ajuda no tratamento de queimaduras leves e hemorróidas.

Alergias

No que ainda se refere às ações externas que a beldroega tem sobre o corpo humano, picadas de mosquitos são facilmente tratadas com uma substância preparada a base dessa planta, evitando coceira e infecções sérias devido ao poder anti-inflamatório e antibacteriano.

Valor nutritivo poderoso

Pelo fato de ser uma planta cultivada em canteiros orgânicos, a beldroega além de causar menos impacto ambiental, também apresenta um valor nutritivo único e inacreditável. Dona de poucas calorias, ela te oferece um prato cheio de fontes nutricionais importantíssimas para a saúde, substituindo perfeitamente outros alimentos de origem vegetal que não conseguem suprir tudo isso por si só.

Confira uma lista do que ela pode oferecer apenas com algumas folhas:

  1. Vitamina A;
  2. Potássio;
  3. Ferro;
  4. Cálcio;
  5. Vitaminas do complexo B;
  6. ômega 3;
  7. Magnésio;
  8. Vitamina C;
  9. Betacaroteno;
  10. Ácido fólico;
  11. Manganês;
  12. Fósforo;
  13. Cobre.

Como utilizar a beldroega na cozinha

É uma planta de fácil cultivo e manuseio, muito versátil nas expedições culinárias de qualquer um, sendo assim, não é necessário ter grandes habilidades gastronômicas para conseguir preparar um prato saudável e saboroso.

Suas folhas geralmente são bastante utilizadas no preparo de sucos, sopas e chás, entretanto, elas podem ser utilizadas de forma sólida também como em saladas acompanhadas de pepino ou, então, refogadas com quiabo. Além disso, são ótimas para temperos em qualquer alimento ou como complemento surpresa no preparo de molho artesanal para massas.

É quase certo que você nunca sequer tenha imaginado tanto poder em uma planta só, ainda mais em uma planta constantemente ignorada pelas pessoas. Pois bem, a beldroega é excelente na cozinha e mais ainda para o organismo, especialistas no assunto recomendam que, cada vez mais, as pessoas tenham este tipo de planta nos jardins e hortas, já que oferecem benefícios demais para simplesmente serem jogadas fora como uma ameaça à saúde de outras plantas.

Agora que você já conhece um pouco mais desse assunto, está pronta para conhecer novos sabores? Compartilhe sua experiência ou alguma receita interessante!

Sobre o autor

Redação Tudo Ela

Site focado em publicar conteúdo atual e interessante sobre o universo feminino. Fazemos curadoria e pesquisamos dicas úteis para o dia-a-dia da mulher moderna. Saiba mais sobre nós.