Saúde Terapias

Tratamento e cura com Biomagnetismo: saiba tudo aqui

Biomagnetismo

Ao longo dos anos a medicina vem estudando técnicas cada vez mais avançadas de terapias complementares. O Biomagnetismo é uma delas. Vamos conhecer um pouco mais dessa técnica que faz uso de ímãs para cura de várias doenças.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% EM TODO O SITE

O que é e como surgiu o Biomagnetismo

O Biomagnetismo é uma técnica terapêutica desenvolvida de Dr. Isaac Goiz Duran. Ela consiste no uso de ímãs para combater alguns tipos de bactérias, parasitas, fungos, germes e vírus causadores de doenças.

Tudo começou quando o Dr. Isaac decidiu fazer alguns testes em seus pacientes com base nos princípios de um outro médico, o Dr. Richard Broeringmeyer. Este por sua vez havia descoberto que quando os astronautas voltavam do espaço, suas pernas estavam diferentes: uma mais curta e outra mais longa. Tentando entender porque isso acontecia, ele colocou um campo magnético próximo aos astronautas e percebeu que quando ocorrem alterações energéticas no nosso corpo causadas por distorções de pH, elas podem ser corrigidas justamente através do magnetismo.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

Com base nessa teoria, o Dr. Isaac descobriu o que se tornaria o princípio do Biomagnetismo. Nos campos magnéticos sempre existem dois fenômenos: um alcalino (negativo) e um ácido (positivo). Conseguindo-se a neutralização ou o equilíbrio entre os dois, tem-se a cura.

Como funciona a terapia do Biomagnetismo

Através do reconhecimento de pontos alterados de energia no organismo que são detectados por meio de ímãs, o Biomagnetismo identifica as partes do corpo submetidas à distorção e as corrige. Para isso é realizada a aplicação de diversos ímãs nas regiões afetadas.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

Dependendo do problema a ser tratado, os ímãs podem ficar nos pontos alterados de 10 a 30 minutos. Essa técnica vem sendo utilizada cada vez mais no Brasil e no mundo todo por não ser muito invasiva e não custar tão caro.

Por que o Biomagnetismo funciona?

Como já foi explicado, a alteração no pH tornando-o mais ácido permite o surgimento e reprodução de vírus, e onde o pH é mais alcalino, o de bactérias. Havendo a polarização dos tecidos, ou seja, quando ficam extremamente ácidos ou alcalinos, ocorre a doença.

Na prática, o Biomagnetismo restabelece o equilíbrio do sistema imunológico do corpo humano, formando um campo magnético que não permite a reprodução de vírus, bactérias, fungos e outros causadores de várias doenças.

Qualquer pessoa pode usar a terapia do Biomagnetismo?

A resposta para essa pergunta é sim, porém, em alguns casos, a técnica não é indicada. Pacientes com marca-passos, grávidas, pessoas que fazem ou já fizeram radioterapia ou quimioterapia, não devem se submeter ao tratamento. Por ser uma técnica pouco invasiva e que não causa nenhum efeito nocivo, pode ser aplicada em indivíduos de qualquer idade e até em animais.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

Além disso, o Biomagnetismo pode ser associado a outras terapias como, por exemplo, Acupuntura, Homeopatia, Reiki, Florais, e Naturopatia. O mesmo poderá também ser utilizado com tratamentos alopáticos.

Ao contrário do que muitos possam pensar, o Biomagnetismo não faz uso de equipamentos de alto custo, no que impacta positivamente nos custos para quem adere ao tratamento, que se torna uma alternativa cada vez mais eficaz pra tratar uma série de problemas de saúde.

Quais doenças podem ser tratadas com o auxílio do Biomagnetismo?

Várias doenças, degenerativas ou não, podem ser tratadas com a técnica do Biomagnetismo. Excelentes resultados podem ser alcançados com a regularidade das aplicações.

  • Infecções de pele e dermatites
  • Esclerose múltipla em sua fase inicial
  • Fibromialgia
  • Ceratocone
  • Hepatites
  • Psoríase
  • Vitiligo
  • Síndrome do intestino irritável
  • Síndrome vaso-vagal
  • Hiperidrose: excesso de suor
  • Sinusites e rinites crônicas
  • Tensosinovites e tendinites
  • Alteração de memória e déficit de atenção
  • Catarata em estágio inicial
  • Aterosclerose
  • Hipercolesterolemia
  • Tumores em estágio inicial
  • Enxaquecas e labirintites (somente em casos onde a ressonância magnética do paciente apresenta estado cerebral normal)
  • Lombociatalgias crônicas que não necessitem de intervenção cirúrgica

Quais profissionais podem aplicar a técnica do Biomagnetismo?

Qualquer pessoa que seja ou não da área da saúde, pode fazer um curso de Biomagnetismo. Terapeutas que já utilizam outras técnicas podem aplicar o Biomagnetismo, complementando seus tratamentos e, assim, oferecendo muita mais qualidade de vida para seus pacientes.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

Qualquer pessoa que se interesse em conhecer e aprender a técnica poderá fazer um curso que o qualifique para desenvolver essa prática.

Funções do Biomagnetismo no organismo

A terapia com o Biomagnetismo visa contribuir com a homeostase, trazendo de volta o equilíbrio que o corpo perdeu, procedendo assim a autocura. Através do teste kinésico, podem ser encontrados os locais onde devem ser aplicados os ímãs. Essas zonas podem ser alteradas por vários motivos: estresse, má alimentação, fatores emocionais, geopatias, entre outros.

Durante as sessões o terapeuta utiliza dois ímãs, também chamado de Par Biomagnético. São ímãs de média intensidade que estabelecem o equilíbrio bioenergético do organismo.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

Dito isso, a principal função do Biomagnetismo é eliminar vírus, fungos, parasitas e bactérias por meio da correção das nossas disfunções energéticas. Através do uso do Biomagnetismo, observamos melhoras sensíveis de vários quadros, inclusive a eliminação total de determinados males que são de tratamentos complicados dentro da medicina tradicional.

Mais sobre Biomagnetismo

  • É um procedimento indolor, uma vez que os ímãs utilizados no tratamento não estão conectados a nenhuma máquina e, portanto, não provocam nenhum tipo de reação de dor ou incômodo físico no paciente que está sendo submetido ao Biomagnetismo.
  • Essa terapia com ímãs foi desenvolvida pelo Dr. Isaac Goiz Duran, médico mexicano que também atuou como fisioterapeuta.
  • O Biomagnetismo não age onde tenha havido danos estruturais no organismo.
  • Para determinar a duração do tratamento, deve ser levado em consideração a idade do paciente, o tempo em que a doença se manifestou, e os tratamentos recebidos anteriormente.
  • A primeira sessão leva em torno de 1 hora, para que possam ser detectados todos os pontos em desequilíbrio.
  • As mudanças podem ser notadas a partir da segunda sessão em casos menos graves. Já em casos de doenças crônicas, serão necessárias pelo menos 5 sessões para que os resultados comecem a aparecer.
  • Como em qualquer outro tratamento, o resultado poderá variar de acordo com o paciente e suas manifestações.

Último Vídeo do Nosso Canal


/* ]]> */