Comportamento Maternidade

Birra de criança: conheça métodos naturais e caseiros para lidar

A birra de criança também é conhecida como manha ou comportamento típico de crianças mimadas. Na realidade, essa fase de grandes oscilações de humor fazem parte do desenvolvimento de todas as crianças. Na maioria dos vezes, dura dos 2 aos 4 anos, mas em alguns casos pode persistir por mais tempo.

Muitos pais possuem muita dificuldade para lidar com a criança na fase da birra. Os extremos podem acontecer: alguns pais tratam a criança de maneira muito ríspida e outros acabam fazendo tudo o que o pequeno quer.

No entanto, é preciso procurar um equilíbrio. A criança não é um robô que deve responder a todos os comandos dos adultos perfeitamente e também não deve ser a  autoridade da casa, que usa o mau comportamento como arma.

Diante desse desafio de lidar com a birra de criança, há dicas muito importantes de métodos naturais e caseiros para usar nessa fase tão conturbada da infância. Continue a leitura e fique por dentro!

Como lidar com a birra de criança?

Nós já entrevistamos um especialista, o Dr. Daniel Backer, que deu dicas fabulosas sobre como lidar com birra de criança. Se você ainda não viu, dá o play:

Além de saber que essa fase é algo normal no desenvolvimento do pequeno, é preciso ter em mente que essas explosões temperamentais não são por acaso. A birra acontece quando a criança têm que lidar com emoções e situações que ela ainda não está emocionalmente preparada para enfrentar.

Aos dois anos de idade, mais ou menos, é quando a criança está numa fase crítica: ela já consegue se comunicar minimamente com os adultos, entretanto, ainda não sabe nomear os sentimentos e nem controlá-los.

É papel do adulto ajudar a criança na tarefa de construir uma inteligência emocional eficiente. Dessa forma, o pequeno evita de transformar qualquer sentimento em ações irracionais. O Dr. Daniel diz que é preciso separar a ação do sentimento, sempre dizendo para a criança que ela está agindo daquela forma porque está sentindo determinada coisa.

Veja mais:

Se a birra acontece por capricho ou porque a criança está tentando manipular as situações a seu favor, é preciso impor limites e dizer não de maneira definitiva.

Já quando o problema é a frustração com alguma tarefa que não pôde ser cumprida ou pela dificuldade em fazer algo por conta própria, ajude o pequeno e seja compreensivo.

Caso o problema seja estresse gerado por um ambiente tenso ou falta de descanso e nutrição adequada, preste atenção nestes aspectos.

Confira algumas dicas para lidar com a birra de maneira natural com atitudes simples que mantenham o equilíbrio físico e mental da sua cria:

1. Evite alimentos com muito açúcar

Para conservar o humor da criança em equilíbrio é preciso manter estável o nível de açúcar no sangue. Por isso, é preciso evitar alimentos ricos em açúcar ou que possuam uma carga glicêmica muito alta.

Procure dar preferência a alimentos naturais e frescos. Deixe os produtos industrializados ou processados para dar aos filhotes apenas de vez em quando. A criança necessita de 5 a 6 refeições leves durante o dia, ricas em alimentos naturais e integrais.

Isso ajudará muito o organismo a manter a estabilidade e a criança conseguirá lidar melhor com os momentos de estresse e ansiedade.

2. Dê calmantes naturais

Existem diversos calmantes naturais que podem compôr a dieta da criança nesta fase. Um suco natural de maracujá bem concentrado ajuda a acalmar os ânimos, além de ser muito nutritivo.

Chás como ervas calmantes como a camomila, erva doce e hortelã são uma boa pedida entre as refeições e antes de dormir.

Procure dar os calmantes naturais no máximo 2 vezes ao dia por cerca de 15 dias e avalie os resultados. Aos poucos, diminua as doses e retorne ao tratamentos nos períodos mais críticos.

3. Banhos com ervas aromáticas

Os banhos com técnicas de aromaterapia podem ser relaxantes e reverter o estado de humor da criança. Use óleos essenciais naturais como tangerina, alfazema, sândalo, cidreira e camomila e adicione à água do banho. Caso a criança não use mais banheira, use um borrifador de água e vaporize o banheiro antes e durante o banho do pequeno.

Para conhecer outras maneiras de usar a aromaterapia em crianças e bebês, confira:

4. Pratique atividades relaxantes

Uma coisa que quase ninguém pensa em fazer quando a criança está fazendo birra é fazer algum exercício físico. Mas ao contrário do que se pode supor, a prática de exercícios, desde brincar de pega-pega até dar uma volta no parque podem ser muito benéficas para a criança.

Para os simpatizantes e praticantes, a meditação também pode ajudar a criança a se acalmar. Especialmente se for praticada diariamente junto com os pais ou outros cuidadores. Existem técnicas de respiração que ajudam a criança a manter a concentração e o equilíbrio.

Ouvir uma música para dançar ou cantar junto também surte efeitos positivos que ajudam a criança a voltar ao seu estado normal.

5. Mantenha a criança hidratada

Pode parecer besteira, mas os sintomas da desidratação leve são tão incômodos que podem causar irritabilidade e deixar a criança instável. Por isso, sempre dê água filtrada ou previamente fervida para a criança e certifique-se de que ela está tomando a quantidade adequada.

 

Se você quer saber como manter a imunidade do seu filho mais forte e aprender como aumentar o bem estar dele, dê uma olhada também neste artigo aqui:

Último Vídeo do Nosso Canal


LISTA VIP!
Nossas Dicas no seu Email
Seja a primeira a saber das nossas últimas dicas. Coloque seu email abaixo e receba nossos posts:
Cadastrar!
Apenas 1 email por semana. Conteúdo Exclusivo!
close-link
/* ]]> */