Maternidade

Bolsa rota: entenda o que é e saiba o que fazer caso ocorra com você

No final da gestação há muita ansiedade sobre o início do trabalho de parto. Como saber se está na hora? Como funciona o parto normal? O que pode acontecer durante o trabalho de parto?

A bolsa rota é um dos quadros possíveis da gestação e ela exige um cuidado especial por conta da equipe médica, além de muita atenção da gestante.

Neste artigo, você entenderá o que é a bolsa rota, quando ela acontece, e também como identificar se o líquido amniótico está normal.

O que é bolsa rota?

Bolsa rota ou rotura das membranas é quando a bolsa amniótica onde o bebê se encontra rompe antes de começar o trabalho de parto.

Na grande maioria dos casos, após o rompimento da bolsa, a gestante entra em trabalho de parto. O início do trabalho de parto após a bolsa estourar pode demorar até 12 horas.

Por que pode demorar tanto para iniciar o trabalho de parto? Porque a bolsa ter estourado não é o único indício de início de trabalho de parto.

A perda do tampão mucoso e as características das contrações também são fatores essenciais para o trabalho de parto começar. Veja mais sobre como identificar o início do trabalho de parto neste artigo.



Como saber se a bolsa rompeu?

O principal sinal de rompimento do saco gestacional é, obviamente, a saída do líquido.

Mas, diferente do que costumamos imaginar e ver em filmes e novelas, a água que sai nem sempre é abundante.

Pode ser que o líquido saia em grande quantidade ou em pequena quantidade, isso dependente de vários fatores: a quantidade de líquido amniótico que cada gestante possui pode variar, a posição do bebê pode impedir que saia mais líquido, etc.

Para saber se a bolsa rompeu esvazie a bexiga totalmente e coloque um absorvente ou um pouco de papel higiênico na calcinha. Caminhe um pouco, faça um agachamento ou movimente-se como achar melhor, depois observe a calcinha. Se ainda assim continuar saindo líquido, mesmo que em pouca quantidade, é porque a bolsa rompeu.

É essencial prestar atenção a como é a aparência do líquido que sai: qual é a cor? e o cheiro? Mais adiante você saberá mais sobre como identificar que o líquido amniótico está normal.

O que é feito em caso de bolsa rota?

O protocolo médico para a bolsa rota pode ser:

  • aguardar até 12 horas após a bolsa romper e após esse tempo administrar antibióticos para evitar qualquer infecção;
  • ou induzir o parto com ocitocina sintética ou outro método.

O risco de infecção ocorre nos casos de bolsa rota, porque sem a proteção do tampão mucoso e com a saída do líquido, tanto o bebê quanto o útero ficam mais suscetíveis à bactérias.

Quando ir para o hospital?

A hora de ir para o hospital após o rompimento da bolsa depende muito de vários fatores.

Se você já está com 37 semanas ou mais de gestação, provavelmente entrará em trabalho de parto, normalmente.

Se você tem menos que 37 semanas de gestação, procure um hospital imediatamente.

Se o trabalho de parto ainda não iniciou e o aspecto do líquido é normal, pode ficar calma e colocar a mala da maternidade já pronta num local de fácil acesso. Aguarde e fique atenta aos outros sinais do trabalho de parto.

Se o trabalho de parto já está em andamento e você já sente que as contrações estão ocorrendo numa periodicidade de 5 minutos ou menos, pode ir ao hospital.

Atenção aos movimentos do bebê. Mesmo após o rompimento da bolsa o bebê deve continuar mexendo. Caso você perceba que o bebê não está se movimentando, procure atendimento médico.

Use um absorvente de pós-parto ou do tipo noturno para conter o líquido que ainda for saindo aos poucos.

Evite ao máximo tocar sua vagina e caso vá ao banheiro, por exemplo, lave muito bem as mãos antes de limpar e, se possível, lave o local com água corrente após usar o banheiro em todas as vezes. Isso vai ajudar a evitar a contaminação por bactérias.

Como saber se o líquido está normal?

O líquido amniótico normal é transparente, semelhante à água mesmo. É inodoro ou possui um cheiro bem suave semelhante ao de água sanitária.

Existem alguns casos em que o líquido não está normal e as características dele podem indicar um possível quadro da gestação. Caso você observe qualquer anormalidade no líquido amniótico, vá para um hospital imediatamente.

Características do líquido amniótico:

  • transparente e praticamente sem cheiro: é normal, indica que está tudo certo;
  • rosado, mas ainda aquoso: pode ser que haja mecônio diluído no líquido quando for ao hospital, avise o médico desse tom rosado;
  • pastoso e com a cor puxando para o marrom, amarelo ou verde: se o líquido estiver espesso e com a cor em tons de marrom, amarelo ou verde, significa que há mecônio em maior quantidade misturado ao líquido, então deve-se procurar um médico.

A quantidade de mecônio pode indicar que o bebê já está maduro e pronto para nascer, pois ele já urina dentro da barriga, engole essa urina e, ao digeri-la, produz o mecônio, que é o primeiro cocô do bebê. Nestes casos, o trabalho de parto deve ocorrer em pouco tempo.

O mecônio também pode ser sinal de sofrimento fetal, ou seja, o bebê está com algum problema para receber os nutrientes e o oxigênio pelo cordão umbilical e placenta. Neste caso, a liberação do mecônio está relacionada ao relaxamento do músculo anal do bebê, que acontece quando ele está com alguma dificuldade.

Outra complicação do mecônio em grandes quantidades é que ele entre nos pulmões do bebê. Isso pode acarretar problemas no pós-parto para o recém-nascido.

É essencial o acompanhamento médico em caso de líquido amniótico com um aspecto diferente do normal. A equipe médica poderá fazer exames e avaliar se o bebê está em sofrimento ou não e tomar as medidas necessárias.

 

A bolsa rota é algo muito raro, no entanto é muito importante estar preparada para qualquer complicação da gestação e saber como agir em cada uma delas.

Quer saber mais sobre como se preparar para o parto? Esse texto fala sobre como se preparar para o parto com várias dicas interessantes para a gestante que quer estar bem informada.

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Mariana Mendes

/* ]]> */