Casa Limpeza

Como tirar mau cheiro da bucha de lavar louça?

Quem nunca foi lavar um prato ou copo e se deparou com uma esponja (ou bucha, como é conhecida popularmente) super fedida e nojenta em cima da pia? Esse é um problema muito comum encontrado em muitos lares, principalmente quando não se tem a informação de como resolvê-lo ou como preveni-lo.

As esponjas sintéticas, de espuma (as mais utilizadas pela maioria das pessoas), são feitas de plástico poliuretano, material baseado em petróleo e outros componentes químicos sintéticos que, além de difícil reciclagem, ainda são grandes depósitos de germes e bactérias.

Isso as torna mais nojentas do que muitas outras partes da casa, como o assento da privada, uma lata de lixo ou mesmo um balde cheio de fraldas usadas. É até difícil de acreditar, mas é a mais pura verdade!

Pensando por esse lado, uma simples esponja de lavar louça não só traz um odor desagradável ao nosso olfato, como também pode trazer uma série de complicações à saúde.

Quando você lava algum utensílio de cozinha com aquele objeto ou limpa mesas e bancadas, saiba que está espalhando várias bactérias por todo o lugar, o que pode aumentar o risco de contaminações e outras doenças causadas por elas.

O que causa o mau cheiro?

limpeza-de-esponja

Aquele cheiro ruim das esponjas usadas em cima da pia significa que as bactérias removidas dos utensílios que continham alimentos orgânicos estão se desenvolvendo rapidamente nelas. Quanto mais forte o odor, maior é a possibilidade de milhares de bactérias e micróbios estarem crescendo ali.

Enquanto você a esponja fica ali parada depois do uso, vários germes estão se multiplicando em uma velocidade impressionante, de 20 em 20 minutos. Por isso, é preciso tomar algumas precauções, como vamos ensiná-la no decorrer desse artigo.

Como evitar?

Para evitar aquele cheiro desagradável na pia da cozinha e, ao mesmo tempo, zelar pela saúde dos membros da casa, é preciso tomar alguns cuidados na hora e depois de utilizar a esponja para lavar louças.

Veja alguns métodos eficazes para descontaminá-la e evitar a proliferação dos parasitas que estavam presentes nos alimentos:

Limpeza diária

como-limpar-esponja-de-lavar-louca

Depois de usar a esponja, o ideal é que você remova os restos de comida que podem ter ficado presos no objeto. Já que as bactérias adoram os restos e de quebra uma boa umidade, isso evitará que as bactérias se desenvolvam na bucha.

Além de limpar a esponja após o uso, é recomendado ainda tirar o excesso de água dela (o que você pode fazer torcendo-a bem) e deixá-la secando, se possível, ao sol.

Descontaminação no microondas

limpar-no-microondas

Este método só é possível de ser colocado em prática no caso de quem utiliza esponjas não metálicas e que não sejam de plástico, para não causar nenhum acidente doméstico. Para colocá-lo em prática e descontaminar a sua bucha, é muito fácil.

Molhe a esponja por inteiro e, em cima de uma toalha de papel, coloque-a no microondas por um período de um a dois minutos. Grande parte das bactérias vivas serão exterminadas durante o procedimento.

Para finalizar, é só retirar a esponja e deixá-la secando em um local seco e arejado antes de usá-la. Segundo especialistas, esse é o método mais eficaz de descontaminação de esponjas de lavar louças.

Descontaminação no lava-louças

Se você tem uma máquina de lavar louças em casa, também é possível fazer a descontaminação da bucha de forma bem simples. É só colocar a esponja dentro da máquina para a próxima lavagem de pratos ou secagem e deixá-la lá até se completar o ciclo.

Pronto! A sua bucha estará limpa e descontaminada com sucesso! A dica é nunca utilizar a máquina de lavar louças apenas com esse objetivo, pois pode desperdiçar água e energia. Portanto, aproveite sempre a próxima lavagem de louças para descontaminar a esponja.

Descontaminação com água oxigenada

Evite usar água sanitária para descontaminar a sua esponja de lavar louças. A dica é apostar em um peróxido de hidrogênio ou água oxigenada 10 volumes misturados com água.

Deixe a bucha de molho por 15 minutos e ela estará livre das bactérias. Você pode fazer esse processo a cada semana.

Quando trocar a esponja de lavar louças?

como-limpar-bucha

Em geral, independentemente do tipo de esponja que você tenha, a recomendação é fazer a troca a cada uma ou duas semanas, levando sempre em consideração a frequência de uso.

Para prolongar a vida útil do objeto, é só seguir as dicas de descontaminação que mostramos no decorrer desse artigo, que devem ser seguidas a cada dois ou três dias, no máximo.

No entanto, se você verificar que a sua esponja já está com cheiro ruim muito forte, troque o quanto antes. Afinal, o mau cheiro significa que há uma presença forte de bactérias na bucha e ela não deverá mais ser utilizada em hipótese alguma.

Dicas importantes

  • Lave e enxágue sempre a esponja a cada uso para evitar a proliferação das bactérias. A dica é fazer a limpeza com água quente e sabão;
  • Tenha várias esponjas novas disponíveis para troca na sua cozinha. Se não for possível, opte por usar papeis toalha ou outros materiais descartáveis para fazer a limpeza dos utensílios domésticos;
  • Principalmente nos casos em que você utilizar a esponja para lavar tábuas de cortar carne ou outros recipientes que contenham alimentos crus, como ovos, lave-a e desinfete-a imediatamente após o uso. Esses alimentos geralmente contêm altos níveis de bactérias e que podem ser bastante prejudiciais;
  • Opte sempre por esponjas de material vegetal do que aquelas de material sintético, pois elas costumam armazenar menos bactérias, além de serem biodegradáveis e não causarem danos ao meio ambiente.

Último Vídeo do Nosso Canal


LISTA VIP!
Nossas Dicas no seu Email
Seja a primeira a saber das nossas últimas dicas. Coloque seu email abaixo e receba nossos posts:
Cadastrar!
Apenas 1 email por semana. Conteúdo Exclusivo!
close-link
/* ]]> */