Cabelos

Cabelo punk feminino: ousadia e autenticidade em 12 fotos

A ideia de cabelo punk feminino não te agrada porque você não se identifica com esse estilo de vida que surgiu nos anos de 1970, a partir do âmbito musical, e que acabou se espalhando para outras áreas, se transformando em um estilo de ser e agir, uma filosofia de vida?

Ora, e quem disse que para ter um cabelo punk feminino você precisa se identificar em algum grau com o movimento, embora seja muito difícil que ao menos uma particularidade não tenha ressonância em quem se atrai pelo estilo, porque o corte punk requer atitude, ousadia, pois foge dos padrões convencionais?

Se você é uma mulher de atitude, de personalidade forte, que não se intimida em ser o centro das atenções, em fazer questão de desafiar as normas convencionais, de não se sujeitar a moda genérica reinante, de não ter medo de aderir ao que efetivamente gosta, ao que desperta identificação, é o que basta para fazer um cabelo punk feminino, não é preciso começar a frequentar um clube de punk ou agir exatamente igual a um.

O presente texto tem como meta lhe apresenta algumas possibilidades, ideias, sugestões de cabelo punk feminino.

Saiba mais sobre o estilo a seguir.

O movimento punk na moda

View this post on Instagram

Юлия добралась до меня спустя пол года 😃 Вот такие у меня есть постоянные посетители. Pаз в пол года, но посетят😀😘 Окрашивание+стрижка. На последнем фото полугодовой #антоцианин, который вытравить через традиционное осветление, даже с применением плекса и климазона ох какая непростая задача 🤔 . Краситель: #hairpassion . 📝 Записаться можно в Direct, сообщения группы, WhatsApp или по телефону +79626897276 . #пепел #серыеволосы #волосы #аниме #образы # #обучениенапарикмахера #окрашивание #яркиецвета #яркиеокрашивания #панк #креативноеокрашивание #пигменты #ищупарикмахера #парикмахерспб #яркиеволосы #bluehair #hairdresser #colors #anime #haircut #hairtattoo #hairpunk #crazycolor #manicpanic #estelxtro #hairismypassion

A post shared by Vera Kurmanova (@vera_punxhairdresser) on

Como mencionado anteriormente, o movimento punk surgiu como um gênero musical nos anos de 1970 e logo começou a se espalhar por outras áreas, como a moda. Nesse campo, que nos é de interesse, o princípio do jeito punk de ser é ir de encontro, colidir, com a moda genérica predominante, ter um caráter subversivo. Esse principio foi o que levou a uma cultura underground de se vestir, que incluía as imponentes jaquetas de couro, normalmente misturado a prataria,  como anéis e correntes, jeans rasgados (para notar como a moda se recicla ao longo dos tempos, adiciona novos elementos em um conceito já anteriormente desenvolvido e raramente implementa algo incontestavelmente revolucionário) e penteados radicais.

Esse último, obviamente, é o que merecerá mais de nossa atenção. E vamos nos referir aos principais cortes que nasceram com a ascensão do movimento, mas antes de abordar os tipos de cabelo punk feminino diretamente, vale a pergunta:

É só pela atitude?

O fato de expressar uma personalidade mais forte por escancaradamente abrir mão, relativamente, claro, de um dos maiores símbolos, senão o maior, de vaidade da mulher, as madeixas esvoaçantes, o que requer atitude e disposição para enfrentar possíveis reações adversas por parte de familiares da linha mais tradicional e seguir por linha contrário ao padrão de beleza que impera, ainda que nos últimos anos tenham emergido linhas de pensamentos dissonantes sobre os critérios desse padrão instaurado, seria o único atrativo?

O que atrai as mulheres, e homens, para o cabelo punk feminino seria somente essa característica de refletir de melhor forma essa cultura, esse jeito natural de contestar padrão impostos ou há outros atrativos?

Naturalmente há a questão de estética, que acaba sendo um critério subjetivo no final das contas, mas é inegável, avaliando as imagens, que esse tipo de corte cai muito bem em determinadas mulheres; é um corte que tem sim atrativos estéticos, não se trata apenas de um ato de resistência simbólico.

Outro aspecto que atrai o público é o fator praticidade. Sem dúvida é mais fácil de “ajeitar” um cabelo punk feminino, de hidratá-lo, por ser mais curto. Aliado a isso, há também a questão do frescor. Nos dias muitos quentes, é uma vantagem.

Por fim, e não menos importante, há benefícios que contribuem para melhor aparência do look como um todo. Por ser curto e deixar o pescoço livre, cabelo punk feminino tem efeito de “alongar” a silhueta, com isso ajudando a disfarçar baixa estatura e sobrepeso.

Tipos de cabelo punk feminino

Os mais populares na atualidade obedecem três níveis de raspagem da cabeça:

  • Inteiramente raspado;
  • Sidecut;
  • Undercut.

Comecemos pelo último.

Undercut

Tentando fazer uma tradução ao nosso idioma brazuca, “undercut”, seria o mesmo que “cortar por baixo”.

Na prática, o que isso significa?

Raspar apenas a nuca.

Mas qual a graça disso?

Não significa que você vai andar como se estivesse saído da cadeira do salão de beleza antes da hora. A ideia é você combinar estilos em que possa exibir o lado raspado ao amarrar o cabelo. Por isso, é uma opção de cabelo punk feminino que serve tanto em cabelos curtos, como médios e longos.

Sidecut

Novamente fazendo o exercício de traduzir um termo inglês para o nosso idioma, temos, nesse caso, algo como “corte de lado” e que de fato se aproxima bastante do ato concreto.

Esse cabelo punk feminino tem como principal característica a raspagem de apenas uma das laterais da cabeça. Detalhe: o estilo permite variações como o de preservar longos fios laterais do lado raspado, raspar completamente as duas laterais, mas preservando os fios longos mais próximos à nuca, ou raspar inteiramente a cabeça, no entanto preservando, concentrando, volume no centro, na parte superior, o que possibilita um estilo moicano.

Raspagem total

Não se assuste com o subtítulo, apesar de parecer, a raspagem total não significa ficar careca, mas o de deixar o cabelo bem curtinho, aparado por inteiro, as laterais e o miolo, a parte superior. Sem dúvida é o mais prático, o que garante mais frescor e que alonga estatura e disfarça os quilinhos a mais. E se o seu rosto for um tanto miúdo, pequeno, certamente é o melhor corte para destacá-lo da forma que acha que merece.

Considerações finais

View this post on Instagram

#hairpunk #colorrocks #jaune #blue 🤘🏻🎨

A post shared by AMADRIADI (@amadriadisoffietti) on

No post de hoje, falamos sobre cabelo punk feminino, de como é um estilo perfeito para as mulheres que buscam um visual que reflita qualidades que lhe são caras, como o de ter atitude, ter personalidade forte, destemor em quebrar convenções enraizadas e seguir os caminhos estéticos que lhes convêm.

Apresentamos três dos tipos de cabelo punk femininos mais populares atualmente, que são:

  • Undercut – raspagem somente da nuca;
  • Sidecut – raspagem de ao menos uma das laterais da cabeça;
  • Raspagem total – aparar os fios da cabeça inteira, laterais, nuca e miolo.

Gostou do conteúdo?

Então curta, compartilhe, avalie.

Sua opinião é muito importante para nós.

Leia mais de nossa sessão de cabelos.

/* ]]> */