Doenças Saúde

Câncer de pele: conheça os tratamentos

Tratamentos para câncer de pele

O câncer de pele é uma doença cada vez mais comum. Desenvolve-se a partir de uma reprodução anormal e desordenada das células da pele, gerando um tumor.

Felizmente, o câncer de pele tem prognósticos bastante positivos, como regra geral. Ou seja, há muita chance de cura desta doença se houver um diagnóstico precoce aliado a um tratamento adequado.

No entanto, considerando que existem diferentes tipos de tumores de pele, há também diferentes tipos de tratamento, para melhor adequar-se a cada tipo da doença.

Antes de adentrar nos tratamentos, então, vale a pena conhecer os tipos mais comuns de câncer de pele:

  1. a) Não melanoma carcinoma basocelular: é o mais comum e o menos agressivo. Se desenvolve a partir das células basais do tecido da pele. Tem uma progressão bastante lenta, o que aumenta consideravelmente as chances de cura.
  2. b) Não melanoma carcinoma espinocelular: Menos frequente que o basocelular, porém mais agressivo e com desenvolvimento mais rápido. Pode atingir outros órgãos com um pouco mais de facilidade, merecendo uma atenção especial. Forma-se a partir do desenvolvimento desordenado das células epiteliais e células do tegumento (presentes na mucosa). O diagnóstico rápido é bastante importante para um tratamento com êxito.
  3. c) Melanoma: este tipo é mais raro, e com agressividade muito maior. Seu desenvolvimento é veloz e espalha-se facilmente para outros órgãos do corpo. Assim, o diagnóstico precoce é fundamental para que o tratamento tenha êxito.

Tratamentos

O tratamento mais comum é realmente a retirada do tumor. No entanto, a definição da estratégia a ser utilizada e de quais tratamentos utilizar dependerá do tipo de câncer e de sua extensão.

Os tratamentos mais usuais são:

Curetagem e eletrocauterização

Normalmente este tipo de tratamento é utilizado para os casos de tumores menores e mais superficiais. É feita a raspagem do tumor com a cureta, e um bisturi eletrônico é utilizado para destruir as células cancerígenas.

Cirurgia excisional

É um pouco mais invasivo, mas ainda bastante comum e também para tumores pequenos. O tumor é retirado cm um bisturi, e além disso retira-se uma borda a mais de pele saudável, para se ter uma margem de segurança, e tentar certificar-se de que nenhuma célula cancerígena foi deixada no local.

Criocirurgia

É a destruição do câncer com a utilização de nitrogênio líquido, em temperatura de -50º C. A aplicação congela o tumor e o destrói.

A taxa de cura é um pouco menor do que a cirurgia excisional, mas ainda bastante efetiva para tumores pequenos.

Cirurgia Micrográfica de Mohs

Nesta técnica o tumor é removido em mais de uma etapa. A cada retirada, o fragmento é analisado imediatamente no microscópio, até que seja retirada parte da pele que não apresente nenhum vestígio de célula cancerígena. A intenção é preservar o máximo de pele saudável possível, e é muito utilizada para tumores mal delimitados ou em áreas muito delicadas.

Terapia Fotodinâmica (PDT)

Também para tumores superficiais, esta técnica utiliza agentes fotossensibilizantes na área do tumor. Em seguida, expõe-se a área a luz intensa, por longas horas, para ativar o fotossensibilizante a destruir as células cancerígenas, causando mínimos danos à pele saudável.

Além destas técnicas, consideradas cirúrgicas, tem-se a radioterapia, a quimioterapia, a imunoterapia e as medicações tópicas.

Os especialistas analisam cada tumor especificamente, e prescrevem o tratamento mais adequado a cada caso. Todos os tipos de tumor podem utilizar quaisquer destes tratamentos. NO entanto, para os tipos melanoma, as modalidades mais utilizadas são as cirurgias excisional e a micrográfica de Mohs. Isto porque o melanoma é um tipo mais perigoso e agressivo, e exige medidas mais fortes.

O fundamental é diagnosticar com rapidez, para garantir que os tratamentos existentes sejam eficazes no tumor, independentemente de seu tipo.

Último Vídeo do Nosso Canal


LISTA VIP!
Nossas Dicas no seu Email
Seja a primeira a saber das nossas últimas dicas. Coloque seu email abaixo e receba nossos posts:
Cadastrar!
Apenas 1 email por semana. Conteúdo Exclusivo!
close-link
/* ]]> */