Chás Infográficos Saúde

Chá de cana-do-brejo, seus principais usos e propriedades medicinais

Chá de cana-do-brejo

O chá de cana-do-brejo é uma excelente alternativa para acessar os benefícios dessa planta altamente valorizada por suas propriedades medicinais. Além de aliviar infecções e inflamações que afetam o sistema renal, consumi-lo aumenta a produção de urina e reduz febres.

Para conhecer mais sobre o chá de cana-do-brejo, basta continuar a leitura! Vamos lá?

O que é cana-do-brejo?

O nome científico da cana-do-brejo é Costus spicatus. Popularmente conhecida, também, como jacuacanga, cana-do-macaco e cana-roxa, além do chá de cana-do-brejo, seu caule vem sendo tradicionalmente empregado para a produção de medicamentos naturais.

Veja também – Chá de rooibos auxilia no emagrecimento e ainda traz outros benefícios

Essa planta, que pode alcançar os 2 metros de altura, cresce nas margens de rios e em lugares frios e lamacentos.

Seu caule possui folhas lanceoladas, espessas e dispostas helicoidalmente (ou seja, em forma de hélice). Suas flores apresentam coloração lilás e pontas cônicas.

Como preparar o chá de cana-do-brejo?

Você deve ferver, por 15 minutos, cerca de 5 colheres de sopa do caule cortado em pequenos pedaços em um litro de água. Recomenda-se consumir de três a quatro xícaras por dia.



Para preparar o chá de cana-do-brejo a partir das folhas e das flores, são utilizados 50g por litro de água. Assim como o caule, elas devem ser fervidas por 15 minutos. Após esfriar, adoce com açúcar ou mel e sirva em seguida.

Veja também – 3 receitas de chás para espinhas: livre-se de vez da acne!

A cana-do-brejo tem um caule muito carnoso do qual se extrai um sumo que é empregado para tratar várias condições de saúde. A seguir, apresentamos os seus principais usos e propriedades medicinais. Confira!

Chá de Cana-do-Brejo: benefícios para a saúde [Infográfico]

Chá de Cana-do-Brejo: 10 benefícios para a saúde [Infográfico]

Para o sistema renal

O chá de cana-do-brejo é consumido para aliviar condições e inflamações do trato urinário e facilitar a eliminação de cálculos renais. Recomenda-se, também, para o tratamento da nefrite, inflamação da bexiga e cálculos urinários.

Chá de cana-do-brejo

Para a febre

A mistura do sumo diretamente com água é usada para reduzir a febre, podendo tratar bronquites e aliviar os sintomas da gripe.

Para os ossos

O chá de cana-do-brejo contribui para aliviar dores nos ossos que compõem as costelas, a coluna dorsal, as vértebras e o esterno.

Para a mulher

O chá de cana-do-brejo pode aumentar o fluxo menstrual e diminuir a intensidade de dores a ele associadas. O suco das flores serve para aliviar infecções vaginais e eliminar parasitas intestinais.

Para emagrecer

O chá de cana-do-brejo auxilia na eliminação de toxinas do fígado e estimula a produção de urina. Ambos os benefícios atuam acelerando o metabolismo das gorduras e combatendo a retenção de líquidos, facilitando a perda de peso.

O fígado, quando não se encontra carregado de toxinas, pode metabolizar tanto os nutrientes quanto as gorduras com mais eficiência, ao passo que a retenção de líquidos nos faz sentir ou parecer obesos ou com excesso de peso.

Para o diabetes

A partir da cana-do-brejo é possível preparar um vinagre que concorre para controlar o diabetes, a epilepsia, as doenças ósseas e a hipertensão.

Esse líquido apresenta, também, propriedades benéficas para aliviar os sintomas do diabetes, uma vez que sua ingestão ocasiona a redução dos níveis de glicose no sangue.

Para o sistema digestivo

Além do chá de cana-do-brejo, a decocção da raiz dessa planta é muito útil para aliviar a gastrite e tratar distúrbios hepáticos, como o excesso de gordura no fígado.

Picadas ou mordeduras de animais peçonhentos

A utilização da decocção da raiz da cana-do-brejo para tratar picadas de cobras é um recurso tradicional de muitos povos indígenas do Brasil e de outras regiões da América do Sul.

Para desintoxicar o organismo

O chá de cana-do-brejo é rico em antioxidantes e contribui para eliminar substâncias prejudiciais ao organismo e capazes de causar a inflamação de certos órgãos. É especialmente eficaz na limpeza do sangue e do fígado.

Para curar a acne

Para curar a acne, você deve ferver 2 litros de água com 50g de tanchagem, dois talos de cana-do-brejo e 50g de rabo-de-cavalo (planta também conhecida como “cavalinha”) e deixar o conteúdo evaporar metade do líquido, ou seja, até que reste apenas um litro.

Esse tipo específico de chá de cana-do-brejo deve ser consumido ao longo de todo o dia, pois trata-se de um esterilizante natural que elimina as substâncias tóxicas que causam a acne.

Chá de cana-do-brejo

Para a retenção de fluídos

Para utilizar o chá de cana-do-brejo como um aliado no combate à retenção de fluídos no organismo, ferva, em dos litros de água, o equivalente a 3 colheres de sopa com as folhas picadas dessa planta junto a uma colher de sopa de linhaça e 3 colheres de raiz de alfarroba.

Assim como na receita anterior, deixe o líquido evaporar pela metade e consuma o litro resultante em diferentes horas do dia.

Quais são as contraindicações relacionadas ao consumo de chá de cana-do-brejo?

Tanto o chá de cana-do-brejo quanto os demais remédios naturais preparados a partir dessa planta não devem ser administrados em crianças.

Além disso, seu uso deve ser evitado, também, por grávidas e lactantes.

Outras formas de utilizar a cana-do-brejo para beneficiar a saúde

Conheça agora alguns dos usos adicionais da cana-do-brejo para beneficiar a sua saúde:

  • Com água fresca para tratar a inflamação dos rins e do trato urinário: as folhas são liquefeitas, coadas e inseridas em uma garrafa de água. O ideal, nesse caso, é manter uma garrafa na geladeira para tomar sempre que tiver sede. Se preferir, você pode adoçar com um pouco de mel ou açúcar mascavo. Essa preparação pode ser tomada diariamente;
  • Infusão para tratar a infecção das vias urinárias: três pequenos caules de cana-do-brejo misturados, em um litro de água, com um pedaço do caule de aloe vera;
  • Colírio para combater as infeções oculares: uma pequena parte da haste é cortada, espremida para extrair algumas gotas que devem ser diretamente colocadas nos olhos. Por se tratar de uma região extremamente sensível, é altamente recomendável consultar um médico antes, inclusive, para verificar se as dores ou irritações nos olhos estão sendo causadas, de fato, por uma infecção;
  • Cortar um pedaço do caule e mastigá-lo para tratar lesões bucais e aftas;
  • Banho para baixar a febre: descasque o caule e extraia seu suco, a fim de misturá-lo com água morna para banhar o paciente.

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Redação Tudo Ela

Site focado em publicar conteúdo atual e interessante sobre o universo feminino. Fazemos curadoria e pesquisamos dicas úteis para o dia-a-dia da mulher moderna. Saiba mais sobre nós.

/* ]]> */