Chás Saúde

Tomar chá de confrei é bom em quais situações? Descubra aqui

O chá de confrei tem uma longa história na medicina natural europeia e asiática. Só chegou à América do Sul, especialmente no Brasil, em meados de 1980 e por ser uma planta de fácil cultivo e adaptação, logo se espalhou. Usado para tratar diversas enfermidades, ele foi largamente utilizado por civilizações antigas e, mesmo com alguns contras, continua bastante popular na cultura atual.

Mas você sabe quais são as situações corretas para se consumir o chá de confrei? Continue acompanhando nosso texto e confira mais informações a respeito do confrei e quais podem ser seus efeitos positivos e negativos.

Para que serve o chá de confrei?

Conhecida por nomes como erva do cardeal, orelha de asno e língua de vaca, o confrei é uma planta de folhas verde-escuras largas e flores diminutas, frequentemente arroxeadas, que tem um uso bastante versátil.

Ao longo dos anos, diversas partes da planta foram usadas como o principal ingrediente para o mais diversos fins. Raízes, folhas e hastes são consumidas tanto em forma de chá quanto em compressas. Entre os tratamentos mais comuns que usaram e ainda usam o confrei, estão:

  • Disenterias;
  • Hidratações cutâneas;
  • Anemias;
  • Problemas gastrointestinais;
  • Cicatrizes;
  • Reumatismo;
  • Inflamações;
  • Queimaduras;
  • Hemorroida;
  • Gripes;
  • Assaduras;
  • Resfriados;
  • Acne;
  • Expectoração;
  • Varizes.

Em um estudo britânico, o confrei foi selecionado como a quarta planta que mais produz néctar no país não apenas diariamente, como também durante todo o período anual. Este néctar é adocicado e é uma da maiores fontes deste composto para os insetos que dele necessitam.

Uma planta de confrei raramente ultrapassa a marca de um metro e trinta, mas mesmo assim, produz muitas flores e folhas. E ela pode ser aproveitada quase completamente, já que as receitas de óleo, compressa e chá de confrei podem usar partes diferentes dela.

Por muito tempo as folhas da planta eram utilizadas inclusive para a alimentação. Até meados da década de 1970 o confrei era um elemento comum nas saladas caseiras. Nesta época, porém, diversos estudos mostraram que a planta, especialmente as folhas mais  novas, poderia ser tóxica e causar diversos problemas de saúde se fosse consumida com frequência.

Desde então, a planta foi quase completamente banida da alimentação e apenas o chá de confrei continuou sendo indicado em algumas situações, desde com ajuda de um médico e de um fitoterapeuta. O uso tópico, porém, apresenta mais resultados positivos pelas propriedades adstringentes, anti inflamatórias e analgésicas, principalmente no tratamento de cicatrizes e queimaduras. Mas mesmo nestes últimos é muito importante consultar os médicos sobre a interação com outros medicamentos e se o confrei é indicado para o seu caso.

Receita de chá de confrei

Ao preparar o chá de confrei, você poderá utilizá-lo para os mais diversos fins. No entanto, fique alerta: a forma mais indicada é a aplicação de compressas ou banhos, eficientes no tratamento de cicatrizes e queimaduras. A alta concentração de ácido úrico da planta tem excelente efeito ao ajudar a produzir e renovar a pele do paciente.

Lembre-se que o Ministério da saúde do Brasil inclusive proíbe o confrei como alimento ou bebida. Para preparar o chá para sua infusão você vai precisar de:

  • ½ litro de água;
  • Folhas secas de confrei.

Modo de preparo

  1. Deixe a água no fogo até ferver.
  2. Assim que as bolhas começarem a surgir no fundo da panela, desligue a fonte de calor.
  3. Acrescente duas colheres rasas de sopa de confrei seco e picado.
  4. Tampe e deixe descansar por cerca de 10 minutos.
  5. Coe.

Como já alertamos  o consumo do confrei pode ser tóxico e não é recomendado pelo Ministério da Saúde. Se houver consulta com especialistas e estes recomendarem o uso, nunca tome mais de três xícaras ao dia e jamais por mais de dois dias seguidos. Apenas consuma o confrei como chá a longos intervalos e com o aval de profissionais.

Para o uso de compressas, como recomendamos, você pode acrescentar mais uma colher de sopa de confrei se desejar que a infusão fique mais concentrada. Deixe as sobras coadas dentro de um pano, que usará para embeber no líquido. Essa compressa é ótima para ajudar a melhorar a produção de células em áreas com assaduras, queimaduras ou cicatrizes. Neste caso, faça as compressas com o líquido morno ou frio, já que quente ele pode ser prejudicial para os seus ferimentos.

Cuidados essenciais

O chá de confrei pode trazer alguns benefícios, mas seu uso deve ser feito com muita cautela e apenas ocasionalmente. Seu consumo não é recomendado pelo Ministério da Saúde do Brasil.

Consulte sempre médicos e fitoterapeutas e nunca tente colher a planta sem supervisão de especialistas. Ela pode irritar a pele e folhas mais novas são altamente tóxicas. Além disso, há uma época correta do ano para retirar as raízes e as folhas só devem ser colhidas antes do aparecimento de flores. Como há muitos pormenores envolvidos, opte por adquirir a versão seca em lojas de produtos naturais.

Não use o chá de confrei se você já foi diagnosticado ou tiver suspeita de hepatite ou alguma outra doença do fígado. Estudos apontam que o consumo contínuo deste chá pode provocar danos irreversíveis a ele e até mesmo favorecer tumores neste órgão, assim como nos brônquios e na bexiga.

Evite administrar este chá para pacientes com câncer, idosos, grávidas, lactantes, bebês, crianças, portadores de doenças crônicas, portadores de doenças autoimunes ou se utilizar algum medicamento continuamente. Procure utilizar apenas se for um adulto saudável e houver um longo período de tempo entre as doses.

O confrei não é recomendado para pacientes com gastrite. Seu consumo pode provocar irritação ao estômago, incluindo dores, náusea e vômito.

É altamente recomendável que se consulte um médico e analise a possibilidade de alergias ou doenças de fígado preexistentes antes do consumo do chá de confrei.

Por conter nicotina, ex-fumantes ou pessoas que estão tentando parar de fumar também não devem consumir o confrei.

Considerações finais

Embora alguns efeitos positivos possam ser apresentados, tome muito cuidado com o consumo deste chá, especialmente se você já apresentou algum problema no fígado. Consulte sempre o seu médico e busque pesar os prós e contras ao consumir o chá de confrei.

Último Vídeo do Nosso Canal


/* ]]> */