Chás Saúde

Chá de cravo-da-índia: benefícios e propriedades

O cravo-da-índia já é bastante popular na culinária brasileira e passou a ser ingrediente indispensável até mesmo de pratos fortemente tradicionais da nossa cultura. Essa especiaria chegou aqui há muito tempo, ainda na época da colonização, e tem um cheiro e sabor levemente ardido, bastante característico. Este aroma e efeito no paladar que muitos podem considerar o principal forte desta florzinha seca é justamente o que faz com que outros a detestem! Por sua popularidade, é bem possível que você já conheça ou ao menos tenha ouvido falar de chá de cravo-da-índia, mas sabe quais são seus benefícios?




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% EM TODO O SITE

Acompanhe nosso texto e tire todas as suas dúvidas sobre o chá de cravo-da-índia, seus benefícios, propriedades e como preparar um chá maravilhoso!

As maravilhas do chá de cravo-da-índia

O cravo-da-índia é bastante popular na gastronomia e na medicina natural de diversos países. Principalmente aqueles que têm fama por apreciar especiarias: México e Peru, nas Américas, e áreas da Ásia, Oriente Médio e África do Sul.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

Parte dessa popularidade é devida ao sabor forte e característico que um único cravo pode proporcionar. Mas é claro que a facilidade de colhê-lo o ano inteiro também foi um grande incentivo para a popularização no mundo todo.

O cravo também é um ingrediente muito importante para a confecção de diversos remédios para dor na ortodontia e isso não é à toa. Desde a antiguidade são usados contra o mau hálito e para evitar o gosto amargo na boca.

Mais tarde, descobriu-se que eles têm componentes anti-inflamatórios e eram usados nas cavidades de dentes doloridos para amenizar a dor. Para dores nas gengivas, curandeiros frequentemente indicavam que os pacientes mascassem o cravo-da-índia.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

E as civilizações antigas estavam tão certas que a medicina contemporânea continuou a usar o cravo na composição de medicamentos.

Entre seus benefícios mais conhecidos estão a prevenção de ejaculação precoce, melhora do sistema gastrointestinal, diminuição da taxa de açúcar no sangue, além de efeitos repelentes para mosquitos e pernilongos.

Quem está com gripe forte, tosse ou sofre com a sinusite pode encontrar alívio no chá de cravo-da-índia, principalmente se consumi-lo durante as manhãs. Além da ação anti-inflamatória, ele também é um ótimo expectorante e ajuda o corpo a eliminar a infecção ao longo do dia. A aspiração do vapor durante o consumo também ajuda a liberar as vias respiratórias.

Seus componentes ajudam o seu corpo com diversas propriedades, inclusive antioxidantes e anti-inflamatórias. Entre eles, podemos citar:




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

Por ser rico em magnésio e vitaminas como a C, K e E, o chá de cravo-da-índia é efetivo em melhorar seu sistema imunológico.  Estes mesmos componentes também ajudam a diminuir a temperatura do corpo, o que pode ser ótimo contra a febre.

Além disso, febres são frequentemente o resultado de algum tipo de inflamação e as propriedades anti-inflamatórias do chá já estarão ao mesmo tempo combatendo este problema. Portanto, ele ajuda seu corpo de diversas formas de uma única vez.

Não se esqueça, porém, de consultar um médico se houver febre e inflamação. Ele pode identificar exatamente o problema e medicar corretamente. O chá deve ser um aliado e jamais usado como único medicamento.

Como preparar um chá de cravo-da-índia delicioso

Além do ingrediente principal, você pode incrementar seus chás com elementos que combinem com ele. Entre eles podemos citar as raspas de cascas de frutas cítricas, anis estrelado, baunilha, manjericão, cebola e até pimenta do reino.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

Para preparar seu chá você vai precisar de:

  • 1 litro de água;
  • Cravos-da-índia;
  • Mel ou açúcar para adoçar (opcional).

Modo de preparo

  1. Deixe a água ferver;
  2. Ao levantar fervura, desligue;
  3. Acrescente duas colheres de sopa não muito cheias de cravo-da-índia secos, daqueles que compramos em qualquer mercado. Se preferir um sabor mais denso, use os cravos moídos. Do contrário, não há nenhum problema em colocá-los inteiros;
  4. Deixe tampado por entre 10 e 20 minutos. O tempo também influi no sabor. Quanto mais longo, mais forte será o seu chá;
  5. Coe;
  6. Adoce, se desejar;
  7. Beba ainda quente.

Você também pode usar o cravo-da-índia como complemento para outros chás de sua preferência ou mesmo em comidas.

Cuidados essenciais

Assim como alguns remédios, o uso prolongado da grande maioria dos chás não é recomendado. Os componentes químicos que existem naturalmente nestas bebidas podem ser muito efetivos se usados em pequenas dosagens, mas passam a ter os efeitos anulados ou até mesmo negativos se forem consumidos por um período prolongado.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

Se você é alérgico a flores ou já apresentou reações adversas a algum tipo de especiaria, também é altamente recomendável que consulte seu médico antes de tomar o chá de cravo-da-índia.

Embora ele já esteja a venda seco nos mercados e casas de chá aqui no Brasil, não deixa de ser uma flor e seu efeito no organismo de alérgicos deve ser estudado por um profissional.

Mulheres grávidas, especialmente nos primeiros meses, devem evitar o uso deste chá. Como muitos outros, ele pode ser prejudicial ao feto.

Idosos, lactantes, pessoas com doenças crônicas ou que consomem algum tipo de remédio contínuo também devem consultar um especialista. 

O uso contínuo e excessivo do chá de cravo-da-índia pode provocar estomatite e, inclusive, ser tóxico. Sintomas comuns são:

  • Tontura;
  • Palpitação;
  • Náusea;
  • Diarreia;
  • Sangue na urina;
  • Convulsões;
  • Inconsciência.

Por isso, jamais utilize o cravo-da-índia mais de três vezes ao dia ou em períodos prolongados de quatro dias seguidos ou mais. Também não exagere na proporção de cravos em relação à quantidade de água, uma vez que chás muito concentrados podem ser tóxicos.

O cravo não é indicado para quem fez recentemente algum tipo de cirurgia ou toma remédios que afinam o sangue. Da mesma forma, quem tem problemas nos rins ou fígado deve evitar o consumo.

Conclusões finais

A natureza é muito rica em flores e alimentos que podem ajudar a nossa saúde de inúmeras formas. Uma das maneiras mais populares de aproveitar estes benefícios é, justamente, através dos chás.

O chá de cravo-da-índia pode ser um poderoso aliado contra inflamações e outros problemas, mas você jamais deve se esquecer de utilizá-lo com cuidado e nunca por um período muito extenso.

Último Vídeo do Nosso Canal


/* ]]> */