Infográficos Plantas Medicinais Saúde

Como consumir e para que serve o chá de espinheira-santa?

Chá de espinheira-santa

Planta originária aqui da América do Sul e bastante utilizada de forma medicinal, a espinheira-santa recebe esse nome por ser um remédio bem forte (o “santo remédio”) no alívio de dores e tratamento do organismo. Assim sendo, o chá de espinheira-santa só tem benefícios a oferecer para as pessoas.

Tendo em mente que a medicina naturalista pode te ajudar e muito a tratar seu organismo, não deixe de consultar um médico e juntar essas duas ações no tratamento de enfermidades. Além disso, o uso do chá, junto com uma boa prática de exercícios e alimentação saudável com base em frutas e verduras, só tem a oferecer um excelente tratamento ao seu organismo.

Quais são os benefícios do chá de espinheira-santa?

De forma bastante direta, a matéria já vai te dar de cara todos os benefícios do chá de espinheira-santa, porque eles são muitos e não é necessário enrolação para apresentar essa planta. Ela é um tipo de planta que se apresenta por si só e os benefícios falam mais alto que qualquer outra coisa em relação aos nutrientes.

Veja também – Chá de capim-santo: benefícios, propriedades, preparo e usos

Sendo assim, conheça neste momento tudo de melhor que esta planta tem a oferecer para sua saúde. Sem prejudicar, de forma alguma a maneira como você vive, portanto, não confunda essa planta com a falsa espinheira-santa, a Zornellia ilicifolia, porque esta sim pode causar danos a sua saúde de forma bastante negativa.

Dentre os principais tratamentos que o chá de espinheira-santa pode oferecer, estão:

Chá de Espinheira-Santa



Estômago

Por conta de um nutriente em específico chamado de taninos e que tem uma boa concentração na planta, ela é muito eficaz em ações cicatrizantes, paralisação da fermentação e diminuição da secreção de ácido clorídrico. Dessa forma, ela é especialmente utilizada para algumas enfermidades relacionadas ao estômago, tais como:

  1. Úlceras;
  2. Diminuição e alívio dos gases intestinais;
  3. Gastrite;
  4. Dores no estômago;
  5. Combate infecções na região.

Além disso, ela também pode ser bastante útil para o nosso intestino, uma vez que devido a mucilagem presente nesta pequena planta, o trato intestinal e a eliminação de toxinas acontece de forma mais eficaz e saudável.

Chá de espinheira-santa

Rins

Os rins são os órgãos mais importantes do nosso corpo, exatamente por isso que um paciente em estado crítico tem sua urina observada a todo momento, pois uma vez que os rins falham, todo o resto do corpo tende a falhar. Isto porque ele limpa o sangue, elimina o que não faz bem para o corpo e deixa tudo aquilo que é essencial para nossa sobrevivência. Por isso mesmo que o chá de espinheira-santa pode ser um santo remédio para os rins com problemas, já que tem forte ação diurética por conta de um composto bioativo bastante eficaz na composição nutricional da planta.

Assim sendo, a ação dos rins é melhorada, mais toxinas são eliminadas, combate o excesso de água no organismo, combatendo o inchaço e sendo útil no emagrecimento. Limpa mais o nosso sangue, o que mantém bons níveis de açúcar, lipídeos e sais. O funcionamento do corpo como um todo melhora, o coração se acalma e a mente tende a ficar menos agitada com a quantidade ideal de água circulando pelo corpo e menos sais e gorduras.

Câncer de pele

O chá de espinheira-santa também é bastante eficaz na prevenção do câncer de pele, principalmente se for hereditário e você tiver grandes chances de obter a doença. Por outro lado, se você tiver um tipo de tumor, seja ele maligno ou benigno, converse muito com seu médico a respeito do tratamento com este chá. Afinal, essa mistura pode acabar trazendo muitos malefícios, apesar de se querer apenas o bem do seu organismo. Não se automedique nesse caso e ouça tudo que seu médico tem a dizer, até porque ele estudou muito para estar ali e te auxiliar neste momento tão delicado.

Como consumir?

A espinheira-santa por ser uma planta tão qualificada e que oferece muitos tratamentos e prevenções para o organismo, tem uma forma ideal de se consumir. Portanto, para um chá de espinheira-santa muito mais eficaz e bem preparado, deve-se estar atento a alguns modos de se aproveitar completamente da planta sem sofrer danos.

A quantidade recomendada de chá é de duas a três vezes ao longo do dia, ou seja, não pode ser tomada de uma vez só antes de dormir ou assim que acordar, é preciso ter um intervalo de tempo. É uma planta forte e precisa ser manejada com este cuidado, não exagere na dose, isto pode causar muitos problemas.

Veja também – 7 receitas de chás para gastrite

O chá pode ser ingerido sem problemas após as três alimentações principais, isto irá ajudar nos efeitos digestivos positivos que ela oferece. Essa diferença de tempo é ideal para quem resolver tomar as três xícaras recomendadas no tratamento.

As partes mais utilizadas da planta são as folhas, raízes e cascas, podendo ser ingeridas ou usadas como pasta, mas isto para o caso de cicatrizes que não está sumindo com tanta facilidade e é uma ação pouco utilizada com relação a outras ações oferecidas.

Chá de espinheira-santa

Por que não exagerar?

Além do fato de nada que é feito com exagero ser bom, o uso exagerado e desenfreado do chá de espinheira-santa pode causar cefaleia, náuseas, boca seca, tremor. sonolência e dor nas articulações. Nenhum caso de morte foi registrado por conta do uso de espinheira-santa em excesso.

Contraindicações

Apesar de oferecer benefícios inúmeros quando usada de forma adequada e saudável, até mesmo este chá não é indicado para todos os tipos de pessoas. Portanto, não dê esse chá para crianças, pois pode atrapalhar seu crescimentos e causar danos irreversíveis para a saúde.

Também é importante não fazer seu uso se estiver grávida ou amamentando. Isto porque entre os nutrientes da planta, há substâncias abortivas que atravessam a placenta e prejudicam o bebê, dessa forma, também não beba o chá se estiver em tratamento fértil para se ter filhos.

Com relação a amamentação, o chá de espinheira-santa também é recomendado porque pode diminuir a quantidade de leite produzido e afetar a dieta que o bebê precisa por conta de suas substâncias presentes.

Receita de chá de espinheira-santa

Para finalizar, segue uma boa receita desse chá de espinheira-santa para que possa ser utilizado por você de maneira bastante eficaz. Para tanto, coloque em 500 mL de água três colheres de sopa da erva e deixe ferver por 10 minutos. Depois disso, desligue o fogo e abafe por mais 15 minutos antes de coar.

Espere ficar morno e delicie-se com este chá, use adoçantes naturais se achar o gosto muito forte. Mas nada de exagerar ou a ação não será totalmente efetiva.

Veja também:

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Giovanna Cóppola

Trabalha com web, design, criação, conteúdo, SEO e fotografia. Em 2011 criou a Pandartt e hoje assume a direção da agência, além de colocar a mão na massa em todos os projetos. Paralelamente, tem outros três projetos: Viva com Felicidade, BlogGeek e Mapa dos Bichos. Ama música, cinema, jogos, arte, tecnologia, tatuagens e pandas.

/* ]]> */