Chás Saúde

Benefícios e propriedades do chá de folha de graviola

Chá de folha de graviola

Conhecido de longa data dos adeptos da medicina alternativa, o chá de folha de graviola vem ganhando fama cada vez maior ao longo dos últimos anos, o que se deve principalmente às suas possíveis propriedades medicinais.

Isso porque, como é derivado de folhas que possuem grande variedade de nutrientes, é apontado como uma importante ferramenta da medicina popular na prevenção e combate a diferentes tipos de doenças, sobre as quais falaremos mais detalhadamente ao longo do texto.

As propriedades do chá de folha de graviola

Para quem não conhece, começamos falando a respeito da graviola enquanto fruta. Trata-se de um alimento que teve origem na América Central e que ao longo do tempo passou a ser cultivada também na floresta Amazônica. A fruta é uma importante fonte de nutrientes como cálcio, potássio, sódio e fósforo, além de vitaminas como a B e a C, por exemplo.

Conhecendo as muitas propriedades da graviola, portanto, não é difícil imaginar o motivo pelo qual muitos povos indígenas da América do Sul passaram a utilizar ao longo dos anos as folhas da árvore para a produção de chás e sumos. O objetivo era naturalmente o de tratar diversos tipos de problemas relacionados à saúde.



Com o passar do tempo, esse pensamento acabou adotado por outros povos e países, de modo que o chá de folha de graviola se tornou parte da vasta medicina popular.

Os benefícios do chá de folha de graviola

A linha de raciocínio que defende os benefícios do chá de folha de graviola prega que a bebida pode trazer benefícios em diversas frentes, incluindo aquelas relacionadas à pele ou até mesmo à prevenção do câncer.



Para um entendimento mais amplo sobre esse ponto em particular, separamos esses possíveis benefícios em sub-tópicos, os quais você confere a partir de agora.

Chá de folha de graviola ajudando na digestão

Um dos principais benefícios que podem ser experimentados por quem consome o chá de folha de graviola é o do auxílio na digestão. Além disso, há a teoria de que, por ser rico em fibras, ele pode ajudar no equilíbrio da flora e consequentemente ser útil a quem tem problemas intestinais. Como consequência desses benefícios, ele também pode contribuir com a perda de peso.

Chá de folha de graviola

Chá de folha de graviola contra toxinas no organismo

A limpeza das toxinas do organismo também é um benefício frequentemente creditado ao chá de folha de graviola. Não obstante, ele também pode contribuir em função de suas propriedades antioxidantes, que ajudam combater os radicais livres. Tudo isso tende a contribuir naturalmente com a redução no inchaço do corpo.

Chá de folha de graviola contra dores

A medicina alternativa acredita também que até mesmo as cólicas podem ser amenizadas com o chá de folha de graviola. A lista de dores que em tese também são minimizadas com a bebida inclui ainda crises de enxaqueca e até dor de dente.

Chá de folha de graviola ajudando o coração

Outro benefício frequentemente creditado ao chá de graviola está associado à saúde do coração. A linha de raciocínio que defende essa tese acredita que a bebida pode evitar doenças cardíacas e reduzir o alto colesterol, contribuindo por consequência com o controle da hipertensão. Como se não bastasse, acredita-se também que ela possa ajudar na regularização do nível de açúcar no sangue, o que reduz as chances de diabetes.

Chá de folha de graviola ajuda contra insônia

O chá de folha de graviola também pode ser um importante aliado contra problemas ligados ao sono, o que inclui não só a insônia, mas também a depressão.

Chá de folha de graviola contra a gripe

O trato respiratório também pode experimentar os benefícios do chá de folha de graviola. A tese que defende essa ideia se ampara nas propriedades expectorantes creditadas à bebida, o que naturalmente contribui com a eliminação do catarro. Graças a isso, o chá também é visto como um aliado contra a gripe e até mesmo um importante auxílio para quem busca melhorar a imunidade do organismo.

Chá de folha de graviola contra a gonorreia

A temida gonorreia também pode ser combatida com o chá de folha de graviola, segundo as crenças da medicina popular. Seguindo esse raciocínio, suas propriedades seriam capazes de não só ajudar no tratamento, mas também de ajudar evitar esta e outras doenças sexualmente transmissíveis menos agressivas.

Chá de graviola contra o câncer

Os defensores mais ferrenhos do chá de folha de graviola acreditam que a bebida pode ajudar até mesmo no combate ao câncer. Embora não exista qualquer estudo científico capaz de respaldar essa filosofia, a teoria é a de que a bebida pode agir nas células malignas e atuar incisivamente de modo a impedir o desenvolvimento de tais células.

Chá de folha de graviola

Como fazer chá de graviola?

Entre as receitas mais comuns para o chá de folha de graviola, está aquela em que o preparo é feito a partir da infusão das folhas com descanso de 10 minutos em recipiente com 100 ml de água.

Já em relação às recomendações populares, está a de não ingerir mais de 3 xícaras de chá por dia e o de não consumir a bebida guardada de um dia para o outro, já que isso implicaria na perda de suas propriedades.

Possíveis contraindicações para o chá de folha de graviola

Até onde se sabe, o chá de folha de graviola, mesmo sendo uma bebida natural, deve ser evitado por determinadas classes de pessoas, como por exemplo, as grávidas e lactantes, que em hipótese alguma devem recorrer ao consumo da mesma.

Além disso, acredita-se que quem possui pressão baixa também deve evitar a ingestão, uma vez que a bebida pode agir reduzindo ainda mais a pressão arterial. Não obstante, por se tratar de uma bebida ácida, ela também deve ser evitada por quem tem ou é propenso ao surgimento de aftas.

Considerações sobre o conteúdo

Gostaríamos de esclarecer que este é um texto de caráter informativo e que, portanto, deve ser encarado unicamente como tal.

Este site e seus colaboradores não têm qualquer pretensão de induzir ou incentivar o consumo de chá de folha de graviola ou qualquer bebida, ainda que de caráter natural, sem a devida recomendação de um profissional da saúde.

Veja também:

Sobre o autor

Giovanna Cóppola

Trabalha com web, design, criação, conteúdo, SEO e fotografia. Em 2011 criou a Pandartt e hoje assume a direção da agência, além de colocar a mão na massa em todos os projetos. Paralelamente, tem outros três projetos: Viva com Felicidade, BlogGeek e Mapa dos Bichos. Ama música, cinema, jogos, arte, tecnologia, tatuagens e pandas.