Recomendados para você
Chás Doenças Nutrição Plantas Medicinais Saúde

Saiba o que é o chá de jurubeba e como ela auxilia na saúde

O assunto deste post será sobre como o chá de jurubeba pode te ajudar a se livrar ou amenizar alguns “perrengues” que esteja passando ou possa vir a passar.

Se você sofre com problemas relacionados ao dia seguinte depois daquela noitada regada a bastante álcool, a famosa ressaca, ou sofre com problemas estomacais, como azia, dores no estômago e úlcera, conhecer mais das qualidades medicinais dessa erva pode ser bem interessante para você.

E além dos problemas citados, o chá de jurubeba também é conhecido por ser útil para tratar de outras moléstias, os nutrientes medicinais que compõe o plantio são riquíssimos. Por isso, vale a pena dar uma conferida sobre a sua utilidade mesmo que não esteja lidando com os incômodos listados acima, talvez descubra que a erva possa lhe ajudar para combater outra adversidade que esteja passando e sem contar que nunca é demais obter informação. Poderá ser útil no futuro.

Saiba mais sobre o chá de jurubeba a seguir.

Sobre a jurubeba

Antes de falarmos sobre os benefícios do chá de jurubeba é importante detalhar informações sobre a planta, porque ela pertence a uma classe de erva, família, cujos membros são bem parecidos, mas com efeitos bem distintos – e mortais. Sim, algumas espécies são tóxicas e impróprias para consumo humano ou animal.

Por isso, é fundamental que tenha convicção sobre a idoneidade da fonte que fornece o vegetal e tenha conhecimento mínimo sobre o aspecto da folha do chá de jurubeba.

Portanto, não custa muito ler algumas linhas de informações técnicas a respeito da planta em questão.

Analisando a planta

A jurubeba de que estamos tratando nesse post e que pode quebrar o seu galho para se livrar da ressaca, de problemas estomacais e outros males é a Solanum paniculatum, nome científico, e recebe tal alcunha por sua folhagem ser inflorescente, acúmulo de um conjunto de flores na base da árvore, que pode chegar a 2 metros, que se afunila conforme se aproxima do topo, algo parecido com uma pirâmide. O termo “paniculatum” vem do latim e significa “paniculado”, referente a panícula.

O aspecto de sua folhagem lembra o formato de um coração (a versão romântica), são lisas, de cores lilás ou branca e tem espinhos de ambos os lados. Seus frutos são pequenos e amarelos. Ela é nativa da região norte e nordeste do Brasil e também pode ser encontrada na Argentina e no Paraguai.

Algumas das plantas parecidas, mas que devem ser evitadas são as:

  • Solanum fastigiatum. Também conhecida como “velame” e “jurubeba-do-sul”. Tóxica.
  • Solanum grandiflorum ou Solanum lycocarpum. Conhecidas como “fruta-de-lobo”, “guarambá” e “lobeira”. Como os nomes sugerem, recomendadas apenas para consumo animal.
  • Solanum variable. Conhecida como “jurubeba-falsa” e “jurubeba-velame”. Também tem uso medicinal, mas isso é assunto para outro post.

A nossa Solanum paniculatum é conhecida também como:

  • Jubebe;
  • Jupeba;
  • Juribeba;
  • Jurupeba;
  • Jurubeba-verdadeira.

O chá de jurubeba e você

Com o vegetal devidamente identificado, vamos tratar de como o chá de jurubeba pode aliviar a sua barra e te livrar de incômodos pra lá de indigestos.

Quando exagerar na comida e encher o latão

O chá de jurubeba é famoso e recomendado para aliviar os sintomas da ressaca, porque contêm nutrientes conhecidos como saponinas e os alcaloides solanidina e solasodina, propriedades que ajudam a tonificar, fortalecer e equilibrar o fígado, atuando como ótimos diuréticos que mantêm o bom desempenho da função digestiva.

Modo de preparo

Saiba que diferentes partes da planta contêm propriedades específicas recomendadas para tratar determinados problemas, por isso é importante que utilize os elementos corretos para a preparação do chá de jurubeba.

Para tratamento no fígado:

  • Ferva 1 litro de água;
  • Adicione 2 colheres de sopa da erva picada;
  • Vede o recipiente por 10 minutos;
  • Beba 3 xícaras do chá de jurubeba por dia.

Quando a ferida estiver aberta

O chá de jurubeba é também indicado para tratar e lavar feridas, para aplicar em úlceras externas e em erupções de erisipela, por conter componentes anti-inflamatórios, analgésicos e cicatrizantes.

Modo de preparo

Para esses casos é necessário aplicar no local da lesão:

  • Prepare 1 litro de água;
  • Na iminência da ebulição do líquido, adicione 1 colher de sopa com as folhas cortadas em pequenos pedaços;
  • Aguarde ferver por 10 minutos;
  • Coe;
  • Aplique no local.

Quando o termômetro estiver explodindo

O chá de jurubeba é febrífugo, antipirético. Traduzindo: quando as pessoas estiverem sentido uma onda de calor só em chegar perto de você em razão de um estado febril avançado, o chazinho vai reforçar a equipe de combate do seu sistema imunológico e aliviar a temperatura do termômetro.

Modo de preparo

É um “control c” e “control v” do que já viu, mas é importante salientar que deve utilizar as folhas para fazer o chá de jurubeba com o propósito de lidar com febre alta:

  • Se optar por colocar mais de 1 litro de água, recomenda-se que calcule 30g para cada litro;
  • Ferva;
  • Deixe de molho por 10 minutos;
  • Coe;
  • Beba 3 vezes ao dia.

Outras indicações

O chá de jurubeba também é usado nos casos de:

  • Abcessos internos;
  • Acidez da secreção gástrica,
  • Anemia;
  • Anorexia;
  • Atonia gástrica;
  • Azia;
  • Bronquite;
  • Catarro na bexiga;
  • Cicatrização de mucosa;
  • Cistite;
  • Cólicas hepáticas;
  • Contusão;
  • Debilidade;
  • Diabete;
  • Dispepsia;
  • Hepatite;
  • Hepatoesplenomegalia;
  • Hepatopatia crônica;
  • Icterícia;
  • Impaludismo;
  • Malária;
  • Náusea;
  • Redução de acidez da secreção gástrica;
  • Síndrome pós-hepatite;
  • Tosse;
  • Tumores abdominais e uterinos.

Contraindicações

O chá de jurubeba tem que ser evitando por gestantes ou por mulheres em fase de amamentação.

Dose excessiva do chá proporciona efeitos colaterais que podem levar a óbito. Lembre-se: apenas 3 xícaras por dia.

Efeitos colaterais de dose excessiva do chá de jurubeba:

  • Cólicas abdominais;
  • Confusão mental;
  • Diarreias;
  • Edema cerebral;
  • Intoxicação;
  • Náuseas;
  • Vômitos.

Considerações finais

O chá de jurubeba é uma planta nativa da América do Sul e pode ser encontrada no Brasil, Argentina e Paraguai. Ela pertence a família das solanáceas cujos integrantes são semelhantes, mas provocam efeitos diversos.

A jurubeba de uso medicinal é indicada para tratar dos seguintes problemas de saúde:

  • Abcessos internos;
  • Acidez da secreção gástrica,
  • Anemia;
  • Anorexia;
  • Atonia gástrica;
  • Azia;
  • Bronquite;
  • Catarro na bexiga;
  • Cicatrização de mucosa;
  • Cistite;
  • Cólicas hepáticas;
  • Contusão;
  • Debilidade;
  • Diabete;
  • Dispepsia;
  • Erisipela;
  • Falta de apetite;
  • Febre;
  • Feridas;
  • Gripe;
  • Hepatite;
  • Hepatoesplenomegalia;
  • Hepatopatia crônica;
  • Icterícia;
  • Impaludismo;
  • Malária;
  • Náusea;
  • Redução de acidez da secreção gástrica;
  • Ressaca;
  • Síndrome pós-hepatite;
  • Tosse;
  • Tumores abdominais e uterinos;
  • Úlcera.

Se gostou do conteúdo, curta, compartilhe, avalie. Aproveite o espaço. Sua opinião é muito importante para nós.

Último Vídeo do Nosso Canal


/* ]]> */