Chás Saúde

O chá de louro e seus benefícios para a saúde

É possível associar o poder que o louro já exercia sobre nossas primeiras civilizações com duas simbologias básicas: na Roma antiga, os Césares recebiam coroas de louros como símbolo de seu poder; na Grécia antiga, eram os atletas vitoriosos que recebiam coroas de louros. O chá de louro existe desde antes desses povos.

Há registros de que tanto gregos quanto romanos já herdaram de povos ainda mais antigos esse conhecimento do poder do louro sobre o corpo humano. Seu poder medicinal já era praticado na Mesopotâmia e seu aroma especial já encantava cozinheiras de boa parte das civilizações conhecidas antes de Grécia e Roma.

Vitaminas e ações benéficas

A folha de louro, portanto, como erva medicinal ou apreciado ingrediente da culinária, já tinha seus adeptos há alguns milênios. E isso vem do conhecimento empírico dos velhos mestres da antiguidade que, sem o saberem, utilizavam ou já recomendavam um vegetal riquíssimo em ingredientes úteis à saúde do corpo.

Ao tomar o chá de louro, você está enriquecendo seu organismo como fibras, potássio, hidrato de carbono, magnésio, vitaminas B6, B9 (ácido fólico / folato) e C, só para citar alguns.

Esses importantes ingredientes possuem ação antirreumáticas, digestivas, diuréticas, anti-inflamatórias, expectorantes e hepáticas, além de ótimos estimulantes.

Contra cólicas e a favor dos rins

Quem sofre de úlcera, inflamações no fígado, gases ou problemas digestivos, incluindo a gastrite, passa a usufruir dos efeitos positivos desses ingredientes com a simples ingestão do chá de louro.

Seus efeitos medicinais também exercem funções positivas sobre aquelas pessoas que sofrem com inflamação ou problemas de fígado.



Para a mulher, alivia cólicas menstruais, ao atuar como regulador do fluxo e do ciclo menstrual. Também regula o organismo atuando contra dores de cabeça e infecções em geral.

Serve também como verdadeira “limpeza” nos rins, trabalhando para eliminar o líquido que o organismo acumula em excesso. Isso faz com que, ao eliminar o líquido do corpo, você sinta-se mais leve e menos inchado. Na verdade, estimula o emagrecimento.

Efeitos gerais do chá de louro

  • Auxiliar do sistema digestivo;
  • É relaxante para o organismo;
  • Possui efeito antioxidante;
  • Trabalha contra a retenção de líquido;
  • Anti-inflamatório poderoso;
  • Previne resfriados e gripes;
  • Previne casos de câncer;
  • Atua como repelente natural a insetos;
  • Auxiliar para a saúde da pele, cabelos e olhos.

Propriedades e nutrientes principais

A folha de louro é rica em:

  1. Ácido fólico;
  2. Niacina (vitamina do complexo B);
  3. Riboflavina (vitamina B2, para o sangue e o metabolismo);
  4. Vitamina A;
  5. Vitamina C;
  6. Minerais (potássio, zinco, selênio);
  7. Ácido pantotênico (contra estresse e ansiedade).

Libera toxinas do organismo

Além daqueles empregos lá na antiguidade, há um bem recente – e brasileiríssimo – que você, com certeza, conhece bem. Já percebeu aquelas folhas de louro na feijoada? É utilizada para melhorar a digestão desse alimento, considerado “pesado”.

Você não deve, entretanto, comer a folha de louro, mas, separá-la no prato. Ela também é utilizada na premiada culinária francesa, como aromatizante natural. É mesmo no chá de louro, entretanto, que podemos obter os melhores benefícios dessa planta.

No sistema gastrointestinal, ao liberar mais facilmente a urina, o chá de louro atua liberando toxinas do organismo.

Isso graças a compostos orgânicos que estão na folha do louro e trazem enzimas que combatem perturbações no estômago e, com isso, aliviam a síndrome do intestino irritável. Reduz o inchaço e combate o acúmulo de gases.

Combate aos radicais livres

Tudo isso é altamente estimulante ao bom funcionamento do organismo. Essa ação da eliminação do líquido no organismo é tão importante que há a necessidade de que alguns cuidados sejam tomados. Por exemplo, não abusar do chá de louro, pois a liberação de muita urina pode levar à desidratação.

Outro efeito considerado de grande importância sobre o organismo é sua ação antioxidante. O chá de louro é um combatente feroz aos radicais livres que provocam ação danosa ao organismo.

Estes radicais livres agem provocando o envelhecimento precoce e até mesmo o aparecimento de doenças graves, como algumas que afetam o coração, e até mesmo o câncer.

Sozinho ou bem acompanhado

Você pode preparar o chá de louro sozinho ou com acompanhamentos, como canela em pau ou o limão. Ambos são coadjuvantes importantes para a defesa da sua saúde.

Se for sozinho, você deve usar de 3 a 5 folhas de louro. Vamos ver:

  • Um litro de água;
  • De 3 a 5 folhas de louro;
  • Água fervente e açúcar ou adoçante.

Como preparar:

  1. Na água fervente, adicione as folhas de louro;
  2. Deixe descansar por uns dez minutos, com o recipiente tampado;
  3. Adoce ao seu gosto e beba até três vezes ao dia.

No caso da canela em pau ou do limão, o procedimento é o mesmo, apenas que adicionado destes dois elementos. Pode ser bebido morno ou frio, ao seu gosto.

Alertas com o chá de louro

Mesmo tratando-se de produtos naturais, é sempre importante tomar cuidados com o exagero no consumo, incluindo o chá de louro. Este, se tomado em excesso, provoca sonolência na maioria das pessoas. Cuidado, portanto, se vai dirigir.

Mulheres grávidas ou que se encontram na fase da amamentação precisam beber este chá com cuidados e sem nenhum excesso. O nível de açúcar no sangue também precisa ser monitorado em todos os casos e, especialmente, por quem tem diabetes.

Antes de cirurgias, é bom evitar o consumo do chá de louro duas semanas antes do procedimento. Isso devido ao uso da anestesia num organismo que pode ter sido levado à desaceleração excessiva pelo louro.

Outros cuidados importantes

Há a necessidade de outro cuidado muito especial: a origem do louro com o qual você vai fazer o seu chá. É preciso valer-se de estabelecimentos de confiança se o louro for comprado no comércio em geral.

É preciso verificar com certeza de que se trata do Laurus nobilis, o verdadeiro louro. Existem algumas folhas que aparentam similaridade ao louro e, além de não trazerem os mesmos benefícios ao organismo, ainda podem ser tóxicas.

A utilização do chá de louro por crianças e pessoas idosas também precisa ser precedida de consulta ao seu médico.

Por fim, jamais coma ou mastigue a folha do louro inteira. Por exemplo, aquela que foi colocada no feijão. Esta folha não é digerida corretamente pelo organismo e, ao permanecer intacta, pode furar o revestimento do intestino ou de outros membros do aparelho digestivo.

Por isso, o bom mesmo é o consumo do seu chá de louro, sozinho ou bem acompanhado.

Veja também:

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Giovanna Cóppola

Trabalha com web, design, criação, conteúdo, SEO e fotografia. Em 2011 criou a Pandartt e hoje assume a direção da agência, além de colocar a mão na massa em todos os projetos. Paralelamente, tem outros três projetos: Viva com Felicidade, BlogGeek e Mapa dos Bichos. Ama música, cinema, jogos, arte, tecnologia, tatuagens e pandas.

/* ]]> */