Chás Nutrição

Como tomar e para que serve o chá de nogueira?

Se você é uma das pessoas que preferem chá no lugar de um cafezinho, é a hora perfeita para entender melhor sobre o chá de nogueira. Mas, se você é uma pessoa que prefere o famoso café, talvez seja o momento de dar uma chance para este chá. Somente assim você poderá conhecer todos os inúmeros benefícios que uma única planta pode proporcionar nesta deliciosa bebida.

Pronto para conhecer um pouco melhor sobre a cura pela natureza?

Então, vamos lá!

Lenda bastante antiga

Antes de entender melhor para que serve o chá de nogueira nos dias atuais, é importante compreender as lendas que rondam essa planta. Afinal, somente assim você consegue saber o que é verdade ou não.

Para início de conversa, tenha em mente que nada do que será apresentado neste tópico define a verdade absoluta. Serve apenas de alerta para que você saiba que seu uso não serve mais para isso e não acabe caindo em contos fantasioso dizendo que esta planta pode curar qualquer coisa relacionada às doenças citadas.

Portanto, não caia em qualquer coisa que te digam e saiba exatamente aquilo que está ingerindo. Até porque ninguém aqui quer que você acabe indo ao hospital por conta de um artigo na internet mal escrito, certo?

Na Roma Antiga

Os romanos utilizavam muito a noz dessa planta para tratar dores de cabeça ou ferimentos que pudessem estar relacionados ao crânio. Isto porque o próprio formato dessa planta parece um pequeno crânio e eles faziam relação entre as duas coisas como algo a se curar.

Pensando dessa forma, até que faz sentido o modo como eles viam as coisas, sempre relacionando situações. Mesmo que, como nesse caso, sejam apenas coincidências da vida, os romanos acreditavam bastante na hipótese de cura pela natureza e que a planta curava dores de cabeça.

Acontece que hoje sabemos que a planta e nem o chá de nogueira são capazes de tratar as dores relacionadas a mente, por outro lado, ela apresenta outros bons benefícios que parecem não ter fim, como você verá ainda nesta matéria.

Idade Média

Durante essa época, sabemos que por um bom tempo tudo que ia contra a Igreja era bruxaria, mesmo que a Medicina tenha começado a surgir mais ou menos com os estudos dessa época. De qualquer forma, o chá de nogueira feito com as cascas dessa planta era considerado perigoso para os cristãos.

Por quê?

Ora, bastante simples: ela era usada no tratamento da sífilis, prometendo até mesmo sua cura total. Hoje, conhecendo tudo sobre a sífilis, sabemos que não é dessa maneira que se cura a famosa doença.

É importante entender que este chá em específico não tem o poder de curar problemas relacionados ao ato sexual. Ela pode, sim, curar alguns tipos de tumores externos, mas isso já não se refere ao chá e sim a uma pasta específica que poucas pessoas sabem preparar.

Dessa forma, o mais adequado, no caso de sífilis, é procurar um médico especializado e consultar o tratamento solicitado por ele com atenção. Nenhum chá pode tratar esse problema. 

Benefícios do chá de nogueira

Agora que você já entende muito bem que a planta é bastante antiga e o hábito de usá-la para a cura é comum, está muito mais do que na hora de você conhecer os seus benefícios reais com base em ações existentes e comprovadas cientificamente.

A planta tem forte ação cicatrizante, adstringente, vermífuga, tonificante e hipoglicêmica, assim sendo, ela pode tratar inúmeras doenças. Elencamos as principais a seguir:

  • Icterícia;
  • Problemas no estômago, como feridas;
  • Gastrites;
  • Úlceras;
  • Dores no útero;
  • Inflamação dos ovários;
  • Inflamação e dores nas bexigas, bem como nos rins;
  • Combate às impurezas no sangue;
  • Diarreia;
  • Mau hálito e pele ressecada;
  • Transpiração em excesso;
  • Hemorroida;
  • Anemia.

O chá de nogueira atua principalmente no estômago e elimina tudo que não presta em nosso corpo. Você pode notar isto à medida em que toma o chá e sente seu estômago mais solto e a urina mais clara, ou seja, sem tantas impurezas, toxinas e sal em excesso.

Também ajuda a tratar vermes de vários tipos, sobretudo os parasitas, e os elimina de forma eficaz e pouco dolorida.

Apenas o chá já colabora bastante com o nosso corpo e é importante saber dosar as medidas, pois nada em exagero faz bem.

Tendo esse pequeno pensamento em mente, faça o chá de acordo com as medidas adequadas, sem tirar ou pôr. E, também, não ultrapasse o número de duas xícaras por dia.

Como já dito anteriormente, ninguém aqui quer parar em uma cama de hospital por conta de uma matéria mal escrita. Logo, fica o alerta quanto ao chá de nogueira e seu mal uso. Tenha consciência, cuide-se bem e não exagere jamais na quantidade.

É muito importante respeitar os limites do corpo e, acima de tudo, consultar um médico antes de aderir ao consumo de qualquer tipo de chá.

Contraindicações do chá

Percebe-se que o chá de nogueira atua bastante na região do estômago como um todo. Apesar de ajudar em outros problemas no corpo, as contraindicações existentes se referem apenas ao estômago.

Como assim?

Acontece que pessoas sensíveis do estômago não devem, de forma alguma, tomar este tipo de chá, uma vez que pode causar muitas dores, irritação, vômitos e até mesmo irritação dérmica e ocular. 

Nenhum caso de morte jamais foi registrado por conta do abuso e falta de precaução com relação ao uso do chá, mesmo assim, todo o cuidado deve ser tomado.

Não é recomendado também que se trate crianças com menos de sete anos com o chá, pois ainda estão crescendo e isto pode atrapalhar bastante o sistema urinário da criança.

Receita de chá de nogueira

Você não achou que a matéria iria acabar sem ao menos apresentar uma boa receita de chá de nogueira, certo? De forma alguma a receita mais adequada para tratar todos os problemas anteriormente citados deixaria de ser colocada aqui.

O chá pode ser preparado com as folhas e os talos. É importante saber disso para que não ocorra outros problemas por conta do mal uso da planta.

  1. Para cada litro de água, utilize duas colheres de mistura de folhas da nogueira e leve tudo ao fogo;
  2. Quando começar a ferver, deixe mais dez minutos e depois desligue o fogo;
  3. Tampe o seu recipiente por cerca de mais cinco minutos antes de coar as folhas;
  4. Espere ficar morno e saboreie a bebida, sem esquecer da dose indicada, que é de duas xícaras por dia (no máximo).

Como a bebida traz muitos benefícios ao estômago, para auxiliar ainda mais a digestão, tome as duas xícaras antes de duas das três grandes refeições que fazemos ao dia.

Veja também:

Último Vídeo do Nosso Canal


/* ]]> */