Chás

Cha de quebra pedra: benefícios e como preparar

A Quebra Pedra tem sido utilizada para diversos fins desde a época dos antigos Incas e inúmeras outras tribos sul-americanas. Sem surpresa, as pedras nos rins foram tratadas com ele naquela época também. Além disso, é usada para tratar dores de estômago, infecções UT e febres mais baixas da malária.

Seu chá é bastante utilizado para tratamentos alternativos e caseiros, mas nem por isso deixa de ser eficaz no tratamento de várias doenças.

Essa planta traz inúmeros benefícios para nossa saúde, e se você quer saber todos os detalhes sobre o chá de quebra pedra, continue a leitura deste artigo, pois fizemos um guia sobre a história do chá e como utilizá-lo.

Sobre a quebra pedra

Trata-se de uma erva extremamente potente conhecida também como chanca piedra, que é pequena e parecida com um arbusto, cresce nas profundezas da floresta amazônica. Os cálculos biliares e os cálculos renais têm sido tradicionalmente tratados com quebra pedra na floresta amazônica e no Peru (daí seu nome em espanhol). Pesquisas recentes demonstram que também oferece vantagens significativas para doenças como hepatite B e úlceras.

As folhas secas da planta quebra pedra, Phyllanthus niruri, são usadas para fazer o chá de ervas conhecido como chá de quebra pedra. Sendo um nativo da Amazônia, as potentes habilidades desintoxicantes desta planta são o que a tornam um componente tão popular em produtos naturais de saúde, especialmente na América do Sul.

Embora, este chá ainda não esteja prontamente disponível em todo o mundo, seus benefícios específicos para a saúde o tornaram popular entre aqueles que praticam medicina natural na América, Europa e Ásia. Há muito tempo é um componente dos procedimentos médicos fitoterápicos convencionais.

Veja também: 

Benefícios do chá de quebra pedra

Veja agora quais são alguns dos benefícios que este chá pode trazer para você ao ser consumido.

Pedra nos rins

Ao diminuir os níveis de oxalato e ácido úrico na urina, a quebra pedra reduz a incidência de cálculos renais. Em um dos primeiros estudos sobre a quebra pedra, descobriu-se que as pedras nos rins eram consideravelmente menos comuns naqueles que bebiam chá tradicionalmente preparado por 1 a 3 meses.

Em contraste com o chá, um estudo diferente descobriu que uma forma de extrato impedia eficientemente a produção de cristais de oxalato de cálcio, os ingredientes que causam pedras nos rins. Outras pesquisas demonstram que diferentes tipos de quebra pedra promovem a passagem de pedras existentes enquanto inibem o crescimento e a quantidade de pedras nos rins.

Úlcera e outros problemas no estômago

O chá de quebra pedra pode efetivamente tratar infecções gástricas (estômago), particularmente aquelas causadas pela bactéria Helicobacter pylori (H. pylori), que está ligada ao desenvolvimento de úlceras, de acordo com várias pesquisas recentes. Mais importante ainda, ao contrário de antibióticos e outras drogas comumente usadas para tratar a infecção por H. pylori, a quebra pedra não afeta o Lactobacillus acidophilus e outras bactérias úteis no intestino.

Balanço de açúcar no sangue

Estudos mostraram que os extratos da planta previnem o aumento da glicose no sangue após uma refeição com alto teor de açúcar e que alguns produtos químicos na quebra pedra mantêm o açúcar no sangue equilibrado. A quebra pedra pode ser usada para tratar diabetes tipo 2, de acordo com pesquisas que descobriram que tomar o chá de quebra pedra por 10 dias reduziu drasticamente os níveis de açúcar no sangue dos participantes.

Alívio da dor

Por milhares de anos, a quebra pedra tem sido usada para aliviar a dor, diminuir os espasmos musculares e interromper a inflamação.

Estudos revelam que a geraniina, um dos ingredientes ativos da quebra pedra, é sete vezes mais eficaz que a aspirina ou o acetaminofeno no alívio da dor. Parece interromper os neurotransmissores que enviam sinais de dor.

Saúde cardiovascular

Geraniin, uma substância encontrada no chá de quebra pedra, tem sido associada a uma diminuição da pressão arterial elevada. Um estudo mais antigo descobriu que o uso de pó de folha de quebra pedra reduz significativamente a pressão arterial e aumenta a excreção de sal em pessoas com pressão alta. Estudos recentes também mostraram que a quebra pedra possui propriedades cardioprotetoras diminuindo os triglicerídeos e o colesterol LDL.

Outros benefícios

Veja mais chás:

Além de tudo isso que foi citado, mais pesquisas recentes estão sendo feitas para identificar novos usos para o chá de quebra pedra.

Recentemente, estão se concentrando na capacidade da quebra pedra de tratar com segurança e sucesso o vírus da hepatite B, uma condição que as culturas tradicionais a empregavam para proteger e reparar o fígado (HBV).

O chá de quebra pedra também pode tornar os portadores do vírus soronegativos, impedindo-os de transmitir a doença a outras pessoas. De acordo com pesquisas adicionais, também pode tratar com sucesso o vírus da hepatite C e prevenir o crescimento da doença hepática gordurosa.

Como preparar o chá de quebra pedra

Para preparar seu chá você irá necessitar de:

  • 1 colher de sopa de folhas de chá de chanca piedra secas;
  • três copos de água.

Opcional: 1 colher de chá de mel.

  • um limão

Instruções

3 xícaras de água devem ser fervidas no fogão para preparar o chá de quebra pedra em uma panela de água quente. Em um bule ou infusor, adicione 1 colher de sopa de folhas de chá de chanca piedra.

As folhas do chá devem ser cobertas com água quente e embebidas por 15 minutos. O chá deve ser coado e servido quente. Se desejar, você pode adicionar mel ou limão para dar sabor. Aproveite sua xícara de chá fumegante.

Atenção: Para tratar pedras nos rins que são urgentes, você deve beber 1 xícara 2-3 vezes ao dia.

Precauções

  • O chá de quebra Pedra não deve ser usado por mulheres grávidas ou amamentando;
  • Evite usar Quebra Pedra com medicamentos de lítio, pois pode prejudicar a capacidade do corpo de eliminar o lítio;
  • Antes de tomar Quebra Pedra, converse com seu médico se estiver tomando medicamentos para diabetes.

E você, já tomou chá de quebra pedra? Conte aqui nos comentários.

Veja também: