Chás Saúde

Benefícios e propriedades do chá de salsa

A salsa é um condimento muito utilizado no preparo de vários pratos. Mas você conhece suas propriedades medicinais? E os benefícios do chá de salsa para o organismo? Confira!

Salsa, de condimento a medicamento

A salsa, conhecida popularmente como cheiro-verde ou salsinha é uma erva condimentar e medicinal, originária da África, Tunísia, Grécia, Itália, Mediterrâneo, Argélia e Europa e que se adapta bem aos climas tropical, subtropical e temperado, podendo facilmente ser cultivada em casa.

É uma planta herbácea e seu nome científico é Petroselinum crispum. Muito aromática, com sabor pungente e refrescante, sendo o condimento mais utilizado na culinária mundial nos mais variados pratos como sopas, cozidos, assados, guizados, saladas, molhos e no preparo de pestos e sucos de tomate. Rica em sais minerais e vitaminas, principalmente a vitamina C, é muito utilizada por seu valor medicinal.

Valores nutricionais

O chá de salsa possui propriedades diurética, antitérmica, estimulante, antidepressiva, antialérgica, cicatrizante, antioxidante, antiescorbútico, tônica, digestiva, hepato-protetora e anti-flatulência. A salsa é rica em vários nutrientes. Veja só!

  • Fibras;
  • Proteínas;
  • Cálcio;
  • Fósforo;
  • Vitamina C e A, B3 e K;
  • Ferro;
  • Ácido ascórbico;
  • Manganês;
  • Magnésio;
  • Potássio;
  • Cobre;
  • Zinco;
  • Lipídeos;
  • Sódio;
  • Miristicina;
  • Tiamina B1;
  • Riboflavina B2;
  • Piridoxina B6.

Benefícios do chá de salsa

O chá de salsa é indicado para o combate e a prevenção de várias doenças. Conheça algumas delas.

Combate a hipertensão e a retenção hídrica

A salsa possui propriedades diuréticas o que proporciona uma maior eliminação de líquidos pelo organismo sendo muito eficiente no controle da pressão arterial. É excelente para prevenir e combater os cálculos renais, eliminar a ureia e os edemas.

É anti-cancerígeno e anti-inflamatório

O chá de salsa possui miristicina, substância poderosa contra o câncer, principalmente o hepático. O ácido ascórbico encontrado na salsa combate as inflamações como a cistite, artrite e outras doenças como a osteoporose.

Previne o envelhecimento precoce

A salsa possui antioxidantes naturais como a vitamina C e flavonoides, presentes nas folhas, raízes e talos, que combatem os radicais livres prevenindo o envelhecimento precoce. O chá de salsa também é benéfico contra alergias da pele, acne, picadas de insetos e urticária. Atua, também, como um excelente cicatrizante de feridas e abcessos.

Fortalece o sistema imunológico

O chá de salsa é rico em vitaminas C e A, responsáveis por aumentar a imunidade do organismo, prevenindo gripes e resfriados.

Combate à anemia

Um dos minerais encontrados na salsa é o ferro, substância capaz de prevenir e combater a anemia e seus sintomas como a fadiga excessiva, a falta de disposição, tonturas e vertigens, por repor os índices normais do mineral no organismo.

Auxilia no processo de emagrecimento

O chá de salsa é um auxiliar poderoso no combate à obesidade por sua propriedade diurética. Com isso, ele ajuda a prevenir ou combater a retenção de líquidos e toxinas acumulados no organismo, evita o acúmulo de sódio, estimulando o metabolismo na queima de gordura. Lembrando que o chá de salsa não é milagroso e deve ser associado a uma dieta saudável e a prática de atividades físicas para que se possam conseguir os objetivos almejados.

Combate a halitose

A salsa possui grande quantidade de clorofila em sua composição, substância que previne o mau hálito por combater a proliferação de bactérias na boca e garganta.

Combate a TPM e as cólicas

Por suas propriedades anti-inflamatória e relaxante muscular, o chá de salsa regula o fluxo menstrual, combate a dismenorreia e as cólicas.

Auxilia nos problemas respiratórios

A salsa possui propriedades expectorantes que auxiliam no tratamento de doenças respiratórias como asma, bronquite crônica e combate a tosse.

Combate problemas digestivos

O consumo do chá de salsa auxilia na digestão e no bom funcionamento do intestino, combatendo os gases, as cólicas abdominais e a má digestão.

Receitas de chá de salsa

Agora que já conhece as propriedades do chá de salsa quer aprender algumas receitas simples e usufruir o quanto antes de seus benefícios? Vale ressaltar que são necessários no mínimo 400 ml do chá diariamente para alcançar os objetivos desejados. Tome nota!

Chá de salsa com gengibre

Ingredientes

  • 1 colher de sobremesa de salsa picada;
  • 200 ml de água;
  • ½ colher de chá de gengibre ralado.

Modo de preparo

Ferva a água com a salsa e o gengibre. Abafe por 3 minutos, coe e sirva.

Chá de salsa

Ingredientes

  • 1 litro de água;
  • 6 ramos de salsa fresca.

Modo de preparo

  • Ferva a água com os ramos de salsa por 5 minutos;
  • Deixe repousar tampado por cerca de 1 hora;
  • Coe, e mantenha na geladeira;
  • O chá deve ser consumido no mesmo dia e é recomendado tomar uma xícara em jejum, para potencializar o efeito diurético e auxiliar a controlar o apetite ao longo do dia.

Chá de salsa com limão siciliano

Ingredientes

  • 250 ml de água;
  • 1 colher de sobremesa de salsa fresca picada;
  • 1 colher de café de suco de limão siciliano;
  • 1 rodela de limão siciliano.

Modo de preparo

  • Ferva a água com a salsa;
  • Abafe e aguarde por e minutos;
  • Coe a adicione o suco de limão e a rodela.

Aprenda como plantar salsa em casa em vasos ou jardineiras

Embora seja fácil encontrar a salsa em feiras livres e supermercados, também é bastante simples cultivá-la em casa livre de agrotóxicos, o que só agrega benefícios no preparo do chá de salsa, como também em sua utilização como condimento. Com um vaso ou uma jardineira, um pouco de terra, sementes, rega e um pouco de sol, podemos ter a salsa fresquinha diariamente. Veja como é simples!

Materiais

Você irá precisar de:

  • Um vaso alto ou uma jardineira;
  • Terra;
  • Sementes de salsa que podem ser adquiridas em supermercados e casas para jardinagem.

Como plantar

  1. Escolha um local da casa onde bata a luz do sol de 4 a 6hrs por dia para colocar o vaso ou a jardineira. Se optar por deixar o vaso dentro de casa, escolha um local com bastante luminosidade;
  2. Encha o vaso com terra, espalhe as sementes e cubra-as com mais um centímetro de terra;
  3. Regue o vaso com frequência e em poucas quantidades, porém sem encharca-lo;
  4. A germinação da salsa é lenta, podendo demorar até um mês, mas pode ser plantada em qualquer época do ano;
  5. Para obter ramos altos e compactos, quando as flores começarem a aparecer prepare outro vaso e deixe cair as sementes das flores sobre ele. Assim, terá salsa fresca o ano todo.
  6. Procure cortar os talos de salsa pela manhã, antes da planta receber o calor do sol.

Contraindicações do chá de salsa

O chá de salsa não é recomendado para mulheres grávidas. No caso de dúvidas devem consultar o médico para orientações e maiores informações.

Veja também:

Sobre o autor

Giovanna Cóppola

Trabalha com web, design, criação, conteúdo, SEO e fotografia. Em 2011 criou a Pandartt e hoje assume a direção da agência, além de colocar a mão na massa em todos os projetos. Paralelamente, tem outros três projetos: Viva com Felicidade, BlogGeek e Mapa dos Bichos. Ama música, cinema, jogos, arte, tecnologia, tatuagens e pandas.