Chás Saúde

Chá de sucupira serve para quê? Como fazer? Veja aqui!

Sofre com dores crônicas, artrite, artrose e reumatismo? Não sabe mais o que fazer para aliviar as dores? Então conheça tudo sobre o chá de sucupira utilizado há décadas para aliviar as dores crônicas!

Sucupira-branca

A sucupira-branca, nome científico Pterodon pubescens Benth, é uma árvore nativa aromática, de porte médio, de 5 a 10 metros, com flores rosadas, e podem ser encontradas em toda região central do Brasil, Goías, Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Mato Grosso e ao longo da bacia do Rio Paraná.

Conhecida também como faveiro, sucupira branca, fava de sucupira, fava-de-santo-inácio, ou sucupira lisa, a árvore é usada na construção naval e civil, por fornecer madeira maciça e de alta durabilidade, própria para a construção de móveis, estruturas, pilares de pontes e assoalhos. Porém, devido à exploração descontrolada e sem nenhuma fiscalização ou projeto de plantio e manejo, a espécie sucupira está na lista de plantas ameaçadas de extinção.

Seus frutos medem cerca de 5 a 6 cm de comprimento, por aproximadamente 3 a 4 cm de largura, com formado ovalado, nas laterais possui uma margem fibrosa e ao centro, onde armazena a semente de cor clara, uma rede de veios cheios de um óleo bem resinoso, com o qual se prepara o chá de sucupira. Em 1 kg de sementes encontramos 1.200 unidades.

O chá de sucupira é indicado para o tratamento de reumatismo, artrite, artrose, dores crônicas, debilidade e fraqueza, em virtude de sua propriedade anti-inflamatória. Possui, também, ação antipirética, depurativa, antisséptica e expectorante. Auxilia no tratamento da laringite, faringite, amigdalites e coadjuvante no tratamento de pneumonias. O chá, quando associado a outras plantas como a Alfavaca, Sálvia, Menta e Guaco, possui ação antigripal.

Sucupira-preta

A sucupira-preta, nome científico Bowdichia virgilioides Kunth, popularmente conhecida como bowdiquia, cutiúba, sapupira-do-campo, sicupira, sicupira-do-cerrado, sucupira-açu, sucupira-do-campo, sucupira-parda ou sucupiruçu, com flores azuladas ou arroxeadas, nativa do norte do Brasil, e encontrada em estados como o Piauí, Roraima, Acre, Amapá e Amazonas entre outros.

Suas sementes são vermelhas com pintas pretas e suas propriedades medicinais similares a da sucupira-branca. O chá de sucupira preta tem propriedade adstringente, antidiabética, antirreumática, depurativa e tônica. É indicado para o tratamento do ácido úrico, amidalite, artrite, asma, dermatoses, blenorragia, dor espasmódica, diabete, eczema, erupções cutâneas, infecções bucais, manchas de pele, reumatismo crônico, gotoso e deformante, rouquidão e sífilis.

O chá de sucupira pode ser preparado com as suas sementes, que são mais fáceis de serem encontradas em lojas de produtos naturais e casas especializadas em produtos nortistas e nordestinos, bem como com a casca da árvore e a batata da raiz. As sementes de sucupira podem ser armazenadas durante anos sem perderem as suas propriedades medicinais.

Atualmente são encontrados no mercado cápsulas com óleo da semente de sucupira amplamente utilizado para as dores crônicas e reumáticas, bem como tinturas líquidas, xarope e as sementes que são utilizadas para o preparo do chá.

Propriedades medicinais do chá de sucupira

Conheça algumas propriedades medicinais do chá de sucupira e como prepará-lo.

  • Auxilia no tratamento de amigdalite, laringite, faringite e rouquidão por possuir propriedades antibacterianas, antisséptica e analgésica;
  • É eficaz no tratamento de reumatismo, artrite, artrose, dores crônicas nas articulações, inflamações como bursite e tendinite, artrite reumatoide, gota, e doenças ósseas;
  • Auxilia na diminuição do nível do ácido úrico no sangue;
  • Diminui a inflamação muscular ocasionada por esforços físicos, em especial nos atletas de alto rendimento, bem como auxilia no tratamento de entorses, torcicolos e torções;
  • Auxilia no tratamento de doenças sexualmente transmissíveis como a sífilis, blenorragia e a gonorreia;
  • Possui ação antioxidante, colaborando na prevenção de alguns tipos de câncer, amenizando, também, os efeitos causados pelo tratamento quimioterápico;
  • Previne as doenças cardiovasculares como AVC;
  • Auxilia no tratamento de cistos ovarianos e uterinos em virtude de sua propriedade anti-inflamatória;
  • Auxilia no processo de digestão;
  • É eficaz na cicatrização de úlceras de pele, bem como para atenuar manchas;
  • Por sua propriedade diurética e depurativa, ajuda a eliminar as toxinas do organismo, previne a retenção de líquidos, auxiliando no combate à obesidade;
  • Auxilia no tratamento de infecções bucais como as aftas;
  • Atua como tônico combatendo a debilidade e a fraqueza geral;
  • Possui propriedades adstringentes;
  • O óleo da semente de sucupira inibe a penetração da cercaria da esquistossomose através da pele, doença parasitária crônica que mata milhares de pessoas todos os anos pelo mundo;
  • Auxilia no controle do diabetes.

Receita de chá de sucupira

As sementes de sucupira são um pouco difíceis de serem quebradas. Então, utilize um martelo com cuidado para quebra-las. Seu sabor também não é dos melhores, e seu amargor chega a dar arrepios. Mas nem todo o remédio deve ser gostoso, certo? Tome nota da receita de chá de sucupira e experimente!

Ingredientes

  • 6 sementes de sucupira quebradas;
  • 1,5 litros de água.

Modo de preparo

  • Ferva as sementes de sucupira na água durante 10 minutos;
  • Desligue o fogo, abafe por 20 minutos;
  • Coe e está pronto para o consumo.

Para combater a febre, a gota, a obesidade, o reumatismo, a artrose, úlceras dermatológicas, sífilis, blenorragia, eczema e para ação depuradora, ingira o chá de sucupira ao longo do dia.

Receita de chá com as cascas da sucupira

Ingredientes

  • 10 gramas de casca de sucupira;
  • 1 litro de água.

Modo de preparo

  • Ferva a água com as cascas durante 5 minutos;
  • Deixe repousar por 15 minutos e coe.

Para combater o diabetes, as inflamações da garganta, laringe e faringe, para atuar como tônico, antitérmico, digestivo, aperiente e como auxiliar no combate aos efeitos quimioterápicos, ingerir 3 xícaras de chá ao longo do dia.

Receita de chá de sucupira com guaco e mel

Ingredientes

  • 6 folhas de guaco;
  • 1 colher de chá de casca de sucupira;
  • 1 colher de sopa de mel;
  • 400 ml de água.

Modo de preparo

  • Ferva a água;
  • Adicione as folhas de guaco e a casca de sucupira;
  • Abafe por 20 minutos;
  • Coe e adoce com o mel.

Para combater gripes, resfriados, tosse e como coadjuvante no tratamento de pneumonia e como expectorante, tomar o 1 xícara de chá 4 vezes ao dia.

Veja também:

Sobre o autor

Giovanna Cóppola

Trabalha com web, design, criação, conteúdo, SEO e fotografia. Em 2011 criou a Pandartt e hoje assume a direção da agência, além de colocar a mão na massa em todos os projetos. Paralelamente, tem outros três projetos: Viva com Felicidade, BlogGeek e Mapa dos Bichos. Ama música, cinema, jogos, arte, tecnologia, tatuagens e pandas.