Chás Doenças Plantas Medicinais

Tudo o que você precisa saber sobre os chás para ácido úrico alto

Como qualquer doença, o ácido úrico é daquelas que perturba muito. Mas, esta provoca dores horríveis e deformações nas articulações, de forma especial nos pés. A boa notícia é que existem tratamentos preventivos através dos chás para ácido úrico alto.

Esta substância do nosso organismo, o ácido úrico, é gerado no processo metabólico do fígado, a partir dos alimentos que consumimos. Um dos ingredientes que vem nos alimentos são as purinas, das quais se originam a guanina e a adenina, que vão resultar no ácido úrico.

Para combater essa doença, é preciso conhecê-la bem. E é bom esclarecer: todos nós temos o ácido úrico no corpo. Uma parte vem dos alimentos (cerca de 40%) e o restante nós fabricamos.

Doenças oriundas do ácido úrico

A questão está no nosso organismo, na forma como ele trata e decompõe esse elemento, eliminando-o ou não para fora. Como já foi dito, o ácido úrico é ‘fabricado’ pelo fígado em seu metabolismo e cabe aos rins expulsá-lo para fora via urina.

Mas, se há algum problema com os rins, essa expulsão não ocorre na mesma proporção em que é fabricado no fígado e, então, parte dele – algumas vezes em proporções grandes – acaba no sangue.

Aí surgem doenças como a gota, aquela dolorida que provoca inchaço nas articulações, ou até outras perturbações, como cálculo renal, também chamada de pedra nos rins.

Comida e chás para ácido úrico alto

Os chás para ácido úrico alto entram nesse processo exatamente em auxílio aos rins, na sua tarefa de expulsar o ácido úrico para fora do corpo ou evitar as pedras, ou em auxílio ao fígado, fazendo uma limpeza nele e melhorando o seu funcionamento.



Quando há excesso de ácido úrico no sangue é que começam as complicações. Para iniciar o combate a este problema, é preciso saber o que comer e o que não comer, pois há alimentos que possuem purina demais e é esta que vai resultar no ácido úrico.

Além de controlar a alimentação – não precisa parar de comer alguma coisa, mas, controlar a quantidade ingerida -, bons chás para ácido úrico alto ajudam nesse controle.

Como as doenças começam a aparecer

Alimentação é a origem de tudo – de onde vem a purina -, enquanto os chás para ácido úrico alto ajudam no funcionamento de fígado, rins e intestinos, deixando nosso sangue mais puro e com menor quantidade de toxinas e, também, purina.

A vida moderna tem agido a favor do ácido úrico, especialmente nos grandes centros urbanos. Com o modo de vida de alimentações rápidas – e vida sedentária -, o organismo acaba carregado exatamente com o que mais fabrica ácido úrico – os hambúrguer e sua carne moída, salsichas, salames, queijos.

A carne e a cerveja são os dois principais inimigos de quem possui ácido úrico além dos 7mg/dL de sangue para os homens e 6mg/dL para mulheres, a concentração considerada limite pela medicina. Com estas porções para cima, surgem as doenças.

O sofrimento nas articulações

Esta quantidade de ácido úrico vai ser revelada por exames de sangue solicitados pelo médico e exige o início imediato de tratamento e, neste caso, chás para ácido úrico alto são aliados importantes.

Como o ácido úrico não é solúvel, ele cristaliza-se facilmente. E isto ocorre de forma especial nas articulações, pois ali a temperatura do corpo é menor.

Em média, a temperatura do corpo humano gira em torno dos 36ºC, mas, nas articulações, mal chega aos 32ºC. Assim ele começa a cristalizar-se nestas regiões, formando aquelas bolas conhecidas de quem tem a gota.

Problema piora com passar dos anos

Para quem está gordinho, o problema acentua-se. O que exige exercícios físicos, caminhadas e, claro, chás para ácido úrico alto como auxílio ao funcionamento orgânico e controle da gordura corporal.

Idosos estão mais propensos à doença, mas a gota pode começar a manifestar-se bem antes, ainda na juventude. Por isso é necessário ficar atento aos sintomas. Inchaços podem ser um dos primeiros, de forma especial no dedão.

Se você não iniciar o tratamento já nos primeiros sintomas, a tendência é de piorar com o passar dos anos. O inchaço vai para a pele e inicia-se a deformação de articulações e das mãos, com dores muito fortes.

Ao primeiro sintoma, tratamento

Pedras nos rins é o problema seguinte, doença sempre citada como extremamente dolorida. Algumas pedras são pequenas o bastante para passarem pelo ureter e, da bexiga, são expelidas pela urina, causando dores insuportáveis.

Antes disso, claro, e para não chegar a este estágio, você já deve ter começado o tratamento – iniciando exatamente pelo controle da alimentação e ingestão dos chás para ácido úrico alto que vão ajudar no funcionamento de fígado, rins e intestinos.

O que você deve reduzir na comida

  1. Carnes vermelhas e seus derivados – não só carne de boi, mas, também, bacon, carneiro e cabritos, porco e todos os miúdos, como fígado, rim, língua, coração
  2. Entre peixes e demais oriundos do mar, estão a deliciosa sardinha, salmão, truta, ovas de peixe e até delícias mais sofisticadas, como camarão, ostra, bacalhau e caviar
  3. Também reduza frango e seus primos peru e ganso, além de cogumelos
  4. Entre os vegetais, evite trigo e seus derivados, feijão, amendoim e castanhas em geral, ervilha e avelã
  5. E, finalmente, cervejinha. Por ser fermentada, a cerveja tem mais purina que as demais bebidas alcoólicas, mas, todas são prejudiciais

O que é permitido comer à vontade

A alimentação tem que ser aquela que não possui purina. Vejamos quais:

  1. Arroz e batatas
  2. Verduras, frutas, legumes
  3. Entre estes, abusar da maçã, melancia e alcachofra
  4. Óleos vegetais, leite e seus derivados
  5. O pão integral também é um aliado
  6. E beber muita água, dois litros no mínimo por dia, para eliminar o ácido úrico pela urina

Principais chás para ácido úrico alto

A alcachofra, citada acima, é um dos chás mais recomendados. Mas, existem outros, como o chapéu de couro, cavalinha e dente de leão. Estes atuam fortemente na expulsão de líquidos do organismo e limpeza e depuração do sangue.

A preparação destes chás é simples, como quase todos os demais. Ferver a água e colocar uma porção de alguma destas ervas. Deixar em infusão por dez minutos, coar e beber, após chegar à temperatura ideal do corpo.

Em geral, tomar uns três chás por dia. Além dos chás para ácido úrico alto, beba água e muita caminhada e exercícios físicos todo dia. Assim você pode manter seu organismo bem e controlar a gordura corporal e as impurezas que lhe fazem mal.

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Redação Tudo Ela

Site focado em publicar conteúdo atual e interessante sobre o universo feminino. Fazemos curadoria e pesquisamos dicas úteis para o dia-a-dia da mulher moderna. Saiba mais sobre nós.

/* ]]> */