Chás Saúde

10 receitas de chás para diarreia

A diarreia é algo a que todos nós estamos sujeitos, por mais que cuidemos de nossa saúde, afinal, ela pode se manifestar a partir de diferentes causas (virais, bacterianas, parasitárias, alérgicas, medicamentosas, inflamatórias). Por outro lado, chás para diarreia são ótimos no alívio e tratamento desse desconfortável e inconveniente mal estar. A facilidade no preparo e a eficiência do resultado os tornam essenciais nesses momentos.

Diarreia: causas e efeitos

Podemos agrupar as diferentes causas da diarreia em duas formas distintas de ocorrência:

  • Diarreia infecciosa: tem como principal via de contágio a intoxicação alimentar. Através dela vírus, bactérias e parasitas se instalam no sistema digestivo, alcançando o intestino e provocando crises de diarreia que em geral se manifestam por alguns dias..
  • Diarreia crônica: aqui a diarreia se manifesta por um período mais prolongado e provavelmente está relacionada a um quadro mais grave, que pode incluir doenças inflamatórias do intestino, Aids, infecção por amebas ou outros parasitas, tumores, hipertireoidismo,etc.

Em relação aos efeitos provocados pela diarreia, o principal e mais grave é a desidratação, que pode se manifestar de diversas formas, desde boca seca ou lábios rachados até letargia e confusão mental.

Plantas que dão excelentes chás para diarreia

O preparo de chás para diarreia requer o uso de plantas medicinais que apresentem algumas propriedades específicas, como: combater bactérias que atacam o sistema digestivo, facilitar a absorção de água pelo nosso organismo, inibir as contrações do sistema disgestivo e ajudar a  conter inflamações no intestino, entre outras.

Várias plantas preenchem estes requisitos. Eis algumas delas:

  • o oxicoco (ou arando, ou ainda cranberry), que atua no combate a bactérias que agem no estômago, evitando que estas cheguem ao intestino
  • a goiabeira, cujas folhas combatem bactérias causadoras da diarreia
  • a canela, cujas propriedades anti-inflamatórias, antiespasmódicas e antibacterianas agem diretamente sobre o sistema digestivo
  • a camomila, que apresenta uma gama de propriedades que atua em todo o processo digestivo, combatendo muitos distúrbios gastrointestinais
  • o milefólio, cujas propriedades antiespasmódicas atuam no combate a diversos problemas gastrointestinais
  • a hortelã, cujas propriedades antiespasmódicas, anti-inflamatórias e digestivas atuam em diversos momentos do processo digestivo
  • o tomilho, que combate diretamente algumas bactérias causadoras da diarreia
  • a maçã, cujas fibras ajudam a promover o equilíbrio do intestino
  • o gengibre, cujas propriedades aliviam as náuseas e diminuem as inflamações no intestino
  • a romã, que combate doenças do estômago em geral e atua na absorção de água no intestino

Algumas receitas de chás para diarreia

Chás para diarreia



1. Chá de oxicoco

Ingredientes:

  • Duas colheres (de chá) de oxicoco fresco
  • 150 ml de água

Modo de preparar:

  • Ferva a água em um recipiente à parte
  • Coloque o oxicoco em uma xícara e esmague-os ligeiramente com um pilão
  • Na sequência, acrescente a água fervente à xícara e tampe-a
  • Deixe a bebida em repouso por dez minutos

2. Chá de folhas de goiabeira

Ingredientes:

  • Três folhas de goiabeira
  • 100 ml de água

Modo de preparar:

  • Coloque as folhas e a água em uma xícara e aqueça até ferver
  • Desligue o fogo e deixe a mistura em repouso por dez minutos

3. Chá de canela

Ingredientes:

  • Uma canela em pau inteira ou esmagada
  • uma xícara de água

Modo de preparar:

  • Aqueça a água até ferver
  • Coloque a canela em pau na água fervente e deixe essa mistura ferver por mais cinco minutos
  • Desligue o fogo e deixe a mistura em repouso durante um intervalo de dez a quinze minutos

4. Chá de camomila

Ingredientes:

  • Duas folhas de camomila
  • 200 ml de água

Modo de preparar:

  • Aqueça a água até ferver
  • Apague o fogo e coloque a camomila na água fervente
  • Deixe a mistura em repouso por dez minutos

5. Chá de milefólio

Ingredientes:

  • Duas a quatro colheres (de chá) de flores e folhas de milefólio seco
  • 150 ml de água

Modo de preparar:

  • Ferva a água em um recipiente à parte
  • Coloque as flores e folhas de milefólio em uma xícara e adicione a água fervente
  • Deixe o chá tampado e em repouso por dez minutos
  • Coe antes de beber

6. Chá de hortelã

Ingredientes:

  • Sete folhas de hortelã
  • 200 ml de água

Modo de preparar:

  • Aqueça a água até ferver
  • Apague o fogo e coloque as folhas de hortelã na água fervente
  • Deixe o chá tampado e em repouso por dez minutos
  • Coe antes de beber

7. Chá de tomilho

Ingredientes:

  • Um ou dois ramos de tomilho
  • Um litro de água

Modo de preparar:

  • Ferva a água
  • Coloque os ramos de tomilho na água fervente
  • Deixe o chá tampado e em repouso até atingir uma temperatura agradável para o consumo
  • Opcionalmente, adoce-o

8. Chá de maçã

Ingredientes:

  • Cascas de duas maçãs higienizadas, ou uma xícara de lascas da polpa da fruta
  • Um litro de água

Modo de preparar:

  • Coloque a maçã na água e aqueça a mistura até ferver
  • Apague o fogo e mantenha a mistura tampada por dez minutos
  • Coe antes de beber

9. Chá de gengibre

Ingredientes:

  • Dois a três cm de gengibre fresco, ou cinco colheres de raiz de gengibre ralada
  • Um litro de de água

Modo de preparar:

  • Aqueça a água em fogo alto, até ferver
  • Reduza para fogo baixo, adicione o gengibre, tampe a panela e deixe por mais dez minutos
  • Apague o fogo e deixe a temperatura do chá baixar
  • Coe antes de beber

10. Chá de romã

Ingredientes:

  • 10g de casca de romã
  • Uma xícara de água

Modo de preparar:

  • Aqueça a água até ferver
  • Apague o fogo e adicione a romã na xícara com a água fervente
  • Mantenha a mistura fechada por dez minutos
  • Coe antes de beber

Além dos chás para diarreia

Caso a diarreia apresente sintomas aparentemente mais graves que os de uma ocorrência leve ou moderada, é essencial agendar uma consulta médica o quanto antes. Entre esses sintomas, podemos citar:

  • continuidade das evacuações após dois dias;
  • desidratação (fraqueza, mãos geladas e tontura ao se levantar são indícios de desidratação);
  • presença de sangue nas fezes;
  • fezes com coloração muito escura;
  • presença de muco, pus ou gordura nas fezes;
  • quantidade excessiva de evacuações diárias;
  • evacuações alternadas com prisões de ventre;
  • ocorrência de febre.

No mais, diarreias leves e moderadas tendem a desaparecer naturalmente, sem a necessidade de se procurar um médico. Durante esses dias, os chás para diarreia são providenciais para atenuar ou eliminar os transtornos decorrentes dessa pequena porém incômoda e constrangedora disfunção orgânica.

Veja também:

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Giovanna Cóppola

Trabalha com web, design, criação, conteúdo, SEO e fotografia. Em 2011 criou a Pandartt e hoje assume a direção da agência, além de colocar a mão na massa em todos os projetos. Paralelamente, tem outros três projetos: Viva com Felicidade, BlogGeek e Mapa dos Bichos. Ama música, cinema, jogos, arte, tecnologia, tatuagens e pandas.

/* ]]> */