Doenças Saúde

Cisto de Baker: causas, sintomas e tratamentos

Você sabe o que é um cisto de Baker? Talvez não, mas existe uma possibilidade de você mesmo ter sem nem saber.

Se você não tiver, muito provavelmente você conhece uma pessoa que tenha e até já deve ter visto um cisto desses mas sem notar o que aquilo era.

Mas não se preocupe, vamos explicar tudo aqui para você. Continue lendo.

O que é o cisto de Baker?

Em muitos casos o cisto de Baker pode ser assintomático, ou seja, a pessoa tem, mas isso não faz diferença nenhuma em sua vida e na maioria desses casos ela nem percebe que tem.

Esse cisto é formado em sua grande maioria atrás dos joelhos devido ao acumulo excessivo de líquido sinovial da articulação do joelho.

Pense no líquido sinovial como um lubrificante presente em todas as articulações do corpo, alguns fatores levam a ele ser produzido em excesso.

Esse excesso se acumula atrás dos joelhos e com o tempo o cisto de Baker se forma.



Causas do cisto de Baker

Esse cisto se forma normalmente em pessoas já de mais idade, sendo pouco provável seu surgimento em crianças, adolescentes e jovens adultos.

Porém, apesar de ser pouco provável, não é impossível de acontecer devido a causas externas.

Esse cisto, em grande maioria das vezes é uma resposta do corpo a algum outro problema articular.

Em outras palavras, a formação desse cisto seria mais um sintoma de algum outro problema, do que um problema em si.

As principais causas para o cisto de Baker são:

  • Artrite nos joelhos;
  • Desgaste parcial da cartilagem das articulações;
  • Dano das articulações devido a alguma causa externa, como uma pancada ou tombo;
  • Lesão nos ligamentos;
  • Lesão no menisco.

O cisto se forma na chamada ‘bursa poplítea’ que fica localizada entre os tendões e o músculo da panturrilha.

Ele é comum em pessoas de mais idade, pois com o passar do tempo o desgaste natural das cartilagens dos joelhos ocorrem, podendo até resultar em artrites ou em outros problemas articulares.

Porém, como visto, embora não tão comum em crianças e pessoas jovens, o cisto de Baker também pode ocorrer nesses casos.

Uma lesão nas articulações ou nos tecidos a sua volta, como tendões e musculatura, podem resultar na maior produção de líquido sinovial e consequentemente no aparecimento do cisto.

Como dito, o líquido sinovial é o responsável pela lubrificação das articulações. Quando algo está errado com a articulação, como, por exemplo, em uma artrite, onde existe mais atrito entre os ossos da articulação do que deveria existir o corpo ‘manda’ produzir mais líquido sinovial.

Produzindo mais líquido sinovial para aumentar a lubrificação da articulação na tentativa de sanar o problema do ‘atrito’ a consequência pode ser em sobrar ‘resíduos’ desse lubrificante.

Ou seja, o corpo produz mais líquido sinovial do que gasta. A consequência é no acumulo desse líquido atrás do joelho, criando assim o cisto de Baker.

Sintomas do cisto de Baker

Como dito, na maioria dos casos o cisto de Baker é assintomático, ou seja, você tem mas ele não causa problemas para você e em uma parte desses casos você nem nota que tem.

Esse cisto pode em algumas vezes ser confundido até com uma ‘dobra’ natural da parte de trás do joelho.

Mas, em alguns casos ele pode apresentar alguns sintomas. Alguns deles são:

  • Redução da mobilidade;
  • Dores no local;
  • Inchaço na parte de trás do joelho.

A redução da mobilidade é causada em grande parte pelo inchaço do próprio cisto.

O cisto é de forma arredondada e pequeno, mas que pode limitar os movimentos, principalmente os de extensão completa do joelho.

Já a dor no joelho é causada em sua maioria quando a pessoa fica em uma mesma posição por determinado tempo.

Ficar em pé e parado por longos períodos podem causar dores nos joelhos devido ao cisto.

Da mesma forma, ficar muito tempo sentado, como nos casos de quem trabalha nessa posição, também causam dores nos joelhos e também pode ocasionar em limitação dos movimentos.

Lembrando também que independente do fator que levou a pessoa a ter um cisto de Baker isso não significa que ela terá o cisto em ambos os joelhos.

Na verdade na grande maioria dos casos o cisto só aparece em um dos joelhos.

Tratamento do cisto de Baker

Quando surgirem alguns dos sintomas acima, o ideal é procurar já no primeiro momento um médico para ver do que se trata.

Lembre-se que em boa parte das vezes o cisto de Baker é apenas um sintoma de algum outro problema na articulação do seu joelho.

No caso, o médico precisa tratar o cisto e também a causa do problema que originou ele.

Você pode fazer uma consulta inicial com um clínico geral, que achando necessário te encaminha para um médico especialista para uma maior averiguação do seu caso.

Esse cisto pode ser diagnosticado com um simples exame físico, onde o médico tocará e visualizar o local para ter um prognostico.

Porém, o cisto de Baker tem semelhanças físicas com outros problemas mais graves, como início de trombases ou mesmo tumor.

Por esses motivos, e para um diagnostico correto que o clínico geral pode encaminhar o paciente para um especialista.

Caso confirmado o cisto de Baker, os tratamentos são:

  • Medicamentos;
  • Drenagem;
  • Fisioterapia.

Os medicamentos normalmente são injetáveis e diretamente no cisto, causando assim a sua diminuição ou até mesmo o desaparecimento do mesmo.

Já a drenagem é feita quando o cisto está muito grande e causa incomodo ou dor no paciente. Nesse caso é feita a drenagem do fluido do cisto.

No caso da fisioterapia ela é utilizada para devolver a amplitude do movimento da articulação e está mais ligada a causa do problema que trouxe o surgimento do cisto de Baker do que ao cisto em si.

Considerações finais

Como dito, quem tem cisto de Baker em quase todos os casos é causado por outro problema nas articulações, como por exemplo a artrite.

Como a artrite, bem como esses outros problemas, não tem uma cura a probabilidade do cisto de Baker retornar é quase certa.

Infelizmente a pessoa que tem um desses cisto tem que aprender a conviver com ele ao mesmo tempo que convive com o problema que o causa.

Gostou das informações? Não esqueça de compartilhar em suas redes sociais.

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Redação Tudo Ela

Site focado em publicar conteúdo atual e interessante sobre o universo feminino. Fazemos curadoria e pesquisamos dicas úteis para o dia-a-dia da mulher moderna. Saiba mais sobre nós.

/* ]]> */