Nutrição Saúde

Cogumelo Reishi é ótimo para desintoxicar o fígado e muito mais!

Não, não é o cogumelo do sol que atazanava a vida dos telespectadores nos programas de começo da tarde com merchandisings constantes e longos com um cara lendo o mesmo texto todo dia. É o cogumelo Reishi, que também é conhecido por outros nomes:

  • Erva de Deus;
  • Linghzi;
  • Cogumelo da imortalidade;
  • Cogumelo da longevidade;
  • Cogumelo Ganoderma lucidum (nome científico);
  • Planta do espírito;
  • Mannentake;
  • Elixir da vida.

A história do cogumelo Reishi fascina devido a sua longevidade. Faz parte da medicina tradicional chinesa e japonesa há mais de 4.000 anos. Na cultura taoista é conhecido como receptor espiritual e símbolo de sexualidade feminina. Era usado por monges para acalmar a mente e o espírito.

No entanto, seu uso mais corrente se deve ao modo como passou a ser consumido na cultura chinesa e japonesa, como uma erva medicinal que promove a longevidade, trata da asma, tosse, fadiga e distúrbios do fígado.

E é sobre esses benefícios a saúde que o cogumelo Reishi proporciona aos seus consumidores que este post do Tudo Ela irá tratar.

Saiba mais a respeito do cogumelo Reishi a seguir.

Continue na leitura!



O cogumelo Reishi

É um fungo medicinal brilhante que cresce na madeira podre. Pertence a família da Polyporaceae, é rico em proteínas que fortalece o sistema imunológico e que combate doenças no fígado, como a hepatite B. Foi usado por gerações na Ásia onde se proclamava supostos benefícios a saúde e aparentemente sem efeitos colaterais.

Apenas recentemente o cogumelo Reishi passou a ser alvo de análises científicas para verificar se os antigos de fato tinham razão. Até o momento, os resultados se mostraram favoráveis ao fungo e a sabedoria popular.

Seu aspecto é de formato achatado e ao contrário do cogumelo do sol tem gosto amargo. Problema que é remediado devido as formas em que é distribuído em lojas de produtos naturais e mercados orientais: em pó ou em cápsulas.

Os benefícios do cogumelo Reishi

São vários os benefícios que o cogumelo Reichi pode proporcionar. Vamos listar cada um deles e comentar a respeito dos principais, especialmente no que se refere ao fígado.

Por que é bom para o fígado?

De acordo com pesquisas, como a desenvolvida pelo International Journal of Medicine, o cogumelo Reishi é repleto de propriedades anti-inflamatórias, regenerativas que podem cumprir função de desintoxicar o fígado e combater os radicais livres. Incursões que tem como efeito acelerar, contribuir para a regeneração celular.

A gandosterona presente neste cogumelo de aspecto roxo-marrom age como importante agente anti-hepatotóxico, que auxilia em recuperação mais célere em casos de hepatite crônica.

E para o sistema imunológico?

Como expresso anteriormente, o cogumelo Reishi é muito saudável para o fígado e também para o fortalecimento do sistema imunológico. E isso se deve por contar com polissacarídeos raros que têm como uma das principais funções no organismo aumentar o DNA e o RNA presentes na medula óssea. Efeito que desencadeia o aumento de produção de células B, que, junto com a T, é essencial para o funcionamento do sistema imunológico, pois se trata de célula de defesa.

Ajuda contra o envelhecimento?

Apesar do cogumelo Reishi ser conhecido como “elixir da vida”, claro que não deve levar a sério o papo de imortalidade, as pessoas adoram elevar as expectativas, caprichar no marketing, dá aquela exagerada, mas o fato que a erva medicinal contém sim propriedades antienvelhecimento e tem a ver com os benefícios que gera no sistema imunológico.

Os ácidos ganodericos identificáveis no cogumelo são repletos de substâncias anti-inflamatórias e antialérgicas, que além de fortalecer o sistema imunológico promovem melhora na circulação sanguínea. Sangue circulando com mais facilidade tem como boa consequência provocar maior elasticidade da pele e conferir aspecto saudável ao tom da mesma. Acresce que um sistema imunológico campeão reduz as incidências de rugas, marcas de expressão e inflamações.

O cogumelo Reishi é anticancerígeno?

Segundo o estudo mencionado acima, as substâncias analisadas no cogumelo Reishi são capazes de impedir a multiplicação de células cancerígenas e também induzir que essas células, quando localizadas na próstata, morram.

De acordo com outro estudo, esse desenvolvido pelo Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine, tornado público em 2012, o pó extraído dos fungos pode aliviar a fadiga de mulheres em tratamento de câncer de mama que precisam se submeter a terapia endócrina.

Ou seja, o cogumelo Reishi pode atuar tanto como medida preventiva como recurso para auxiliar no tratamento de câncer.

Os monges tomavam para quê mesmo?

Lembra sobre os monges taoistas que consumiam o cogumelo Reishi? Lembra o que motivava os recatados, reclusos e pobremente vestidos monges a meterem cogumelo goela abaixo? Era para “acalmar a mente e o espírito”.

E a turma da ciência resolveu pesquisar sobre para saber se esse papo tem perna e cabeça e descobriram que não se tratava de viaje dos monges, não. Há elementos no fungo medicinal que de fato reduzem o estresse – por normaliza a taxa de metabolismo.

Logo não foi muito difícil deduzir que se é uma substância que ajuda a aliviar o estresse, pode ser útil para tratamento de depressão. Dito e feito. Foi notado que além de acalmar e melhorar o humor dos pacientes em condição depressiva, o cogumelo atua como relaxante muscular, diminui o estado irritadiço e acalma a mente.

Outros benefícios do cogumelo Reichi

  • Preveni aterosclerose;
  • Ajuda a controlar a pressão arterial;
  • Ajuda no crescimento de cabelo;
  • Retarda perda precoce de cabelo;
  • Alivia alergias;
  • Beneficia o sistema respiratório.

Contraindicações

São raros efeitos colaterais adversos nos consumidores de cogumelo Reishi, mas os que apresentam relatam (atente-se que não de forma múltipla, muitas vezes isoladas e apresentando apenas um dos sintomas a serem listados a seguir):

  • Tonturas;
  • Nariz seco;
  • Garganta seca;
  • Dor de cabeça;
  • Irritação de pele;
  • Desconforto gastrointestinal;
  • Náuseas;
  • Vômitos;
  • Diarreia.

Considerações finais

Neste artigo, discorremos um pouco da história do cogumelo Reishi, de seus principais benefícios a saúde e os efeitos colaterais que ocasionalmente provoca nos consumidores. Os benefícios que proporciona a saúde são:

  • Desintoxica e regenera o fígado (útil para tratar de hepatite B);
  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Reduz o estresse;
  • Alivia asma;
  • Alivia tosse;
  • Alivia a depressão;
  • Preveni casos de câncer;
  • Auxilia no tratamento de câncer;
  • Tem propriedades antienvelhecimento;
  • Preveni aterosclerose;
  • Ajuda a controlar a pressão arterial;
  • Ajuda no crescimento de cabelo;
  • Retarda perda precoce de cabelo;
  • Alivia alergias;
  • Beneficia o sistema respiratório.

Gostou do conteúdo? Então curta, compartilhe, Opine. Sua opinião é muito importante para nós.

Leia mais de nossa sessão de saúde.

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Redação Tudo Ela

Site focado em publicar conteúdo atual e interessante sobre o universo feminino. Fazemos curadoria e pesquisamos dicas úteis para o dia-a-dia da mulher moderna. Saiba mais sobre nós.

/* ]]> */