Maternidade

Cólica na gravidez: saiba as causas e como aliviar as dores

A cólica na gravidez é normal, principalmente no início da gravidez, quando a mulher ainda está se adaptando ao crescimento do bebê e, também, no final, quando dá indícios de que está na hora do parto.

Apesar de desconfortáveis, são necessárias. O que não se pode considerar normal é quando há em outras fases da gravidez ou de uma maneira recorrente.

Se você sentir fortes cólicas persistentes, você deve ser avaliada pelo médico ginecologista. Se houver sangramento vaginal, corrimento ou febre durante a gestação, é sempre importante realizar a consulta.

Quais as causas da cólica na gravidez?

  1. Gravidez tubária: Ocorre quando o embrião não se desenvolve no útero, e sim nas trompas uterinas, o que leva geralmente ao sangramento e, consequentemente, ao aborto. Essa gravidez também é conhecida como gravidez ectópica.
  2. Descolamento ovular: O descolamento do saco gestacional antes da vigésima semana é causado pelo acúmulo de sangue entre o útero e o saco gestacional. Esse descolamento pode levar a um parto prematuro, devido ao tamanho do hematoma. Quanto maior, há mais risco de isso acontecer.
  3. Descolamento da placenta: Esta é, sem dúvida, uma das mais perigosas para a grávida. Devido ao alto risco, o imediato auxílio de um especialista é fundamental. O descolamento acontece quando a placenta é separada da parede do útero e, por consequência, gera inflamações que causam sangramento vaginal e dores intensas.
  4. Aborto espontâneo: O aborto espontâneo pode ter várias causas, desde o uso de medicamento indevido, esforço físico, queda, infecções, traumatismos, dentre outros.
  5. Trabalho de parto: As cólicas surgem normalmente na penúltima semana do parto e tendem a ser mais constantes até o parto propriamente dito, dando indicativos do momento certo do bebê nascer.

Existem outras diversas causas da cólica na gravidez, vamos enumerar mais algumas:

Como é a cólica no início da gravidez?

Dizem que no início tudo são flores. Essa frase não pode ser usada no início da gravidez. A sensações, enjoos e cólicas são alguns fatores indesejáveis, mas que acontecem.

As cólicas acontecem devido ao crescimento do útero e a adaptação do embrião. É um sinal de gravidez. E durante a gravidez, o acúmulo de gases no intestino podem causar cólicas pela ingestão de alimentos. Melhor dizendo, pela má digestão de determinados alimentos, como feijão, por exemplo.



E no final?

No final da gravidez, as cólicas acontecem devido à pressão que o bebê faz dentro da barriga. O seu peso vai pressionando os músculos e, por consequência, acontecem as cólicas, causando dor e desconforto.

Como faço para aliviar?

O ideal é que realize uma consulta com o seu médico para que ele possa prescrever qual o medicamento ideal. Um dos medicamentos que os obstetras mais indicam é o Buscopan. Medicamento eficiente nesse caso.

É aconselhável que faça repouso para que os músculos possam relaxar. O relaxamento combinado com o medicamento vai aliviando aos poucos a cólica.

Fique atenta

  • Sempre verificar quantas vezes por dia há o surgimento da cólica.
  • Quando você está em repouso e, mesmo assim, as cólicas continuam.
  • Sangramentos, febre, calafrios, vômitos, dor ao urinar.
  • Cólicas no final da gravidez.

Em todos esses sintomas ditos acima, é necessário procurar o seu médico para saber exatamente o que ocorre.

Dor abdominal e cólicas durante a gravidez

É normal ter dor abdominal durante a gravidez? A dor abdominal ocasional durante a gravidez é uma queixa comum e muitas vezes inofensiva, mas também pode ser um sinal de um problema sério.

Nunca ignore a dor abdominal grave ou persistente. Ligue para o seu médico se a sua dor não desaparecer depois de vários minutos de descanso, ou se você também tiver um dos seguintes procedimentos:

  • Mancha vaginal ou sangramento
  • Corrimento vaginal incomum
  • Calafrios ou febre
  • Tontura
  • Dor ou desconforto ao urinar
  • Náusea e vômito

É normal ter cólicas leves com câimbras na gravidez?

Sim, um pouco de dor com câimbra no início da gravidez é comum. Mais tarde na gravidez, câimbras podem ser contrações de Braxton-Hicks inofensivas ou dor ligamentar. E ocasionais câimbras leves durante a gravidez sem quaisquer outros sintomas geralmente não são nada para se preocupar.

Quando não é normal ter esse tipo de dor durante a gestação?

Não é normal ter câimbras durante a gravidez com dores graves, persistentes ou acompanhadas por outros sintomas, como náuseas, vômitos, sangramento vaginal, dor de cabeça ou febre. Dor com câimbras e sangramento vaginal no início da gravidez pode ser um sinal de gravidez ectópica ou aborto espontâneo.

Também não é normal sentir dor no abdômen superior. E se o seu abdômen é incomumente sensível ao toque, especialmente quando a pressão é liberada, uma infecção abdominal grave (peritonite) pode ser o culpada.

O que causa dor abdominal inofensiva durante a gravidez?

Nem toda dor abdominal durante a gravidez é um sinal de um problema sério. Causas comuns de dor abdominal menor incluem:

Gases e inchaço: É muito mais provável que você tenha dores de gases e inchaço durante a gravidez por causa de hormônios, que diminuem a digestão e a pressão do útero em crescimento no estômago e nos intestinos.

Constipação: Os hormônios da gravidez que retardam a digestão e a pressão do útero em crescimento no reto podem levar à constipação.

Esse artigo foi útil para você? Compartilhe-o! Um grande abraço e até o próximo artigo.

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Raiane

/* ]]> */