Casa Curiosidades Flores Organização

Aprenda como cuidar de samambaia com essas 8 dicas

Se você sempre se encantou por esta planta e cultiva o desejo de tê-la em casa ou decorando algum ambiente que frequenta com constância é bom, antes de realizar o desejo, saber como cuidar de samambaia.

É uma espécie de vegetal diferente em vários aspectos e preservá-la de maneira saudável também não deixaria de sê-lo.

Diferente como?

Vejamos: a sua história é antiquíssima. Junto com musgos, líquens e fungos, é uma das plantas mais antigas do planeta. Mas um detalhe que a diferencia da maioria de seus parentes: não produz sementes e nem flores. Outra característica inusitada: se reproduz apenas por esporos e pedaços de rizoma.

Já deu para perceber que é uma planta especial e que requer cuidados especiais, mas não fique com receio de adquirir um exemplar da espécie. Os cuidados não te levarão a falência e é menos exigente do que cuidar de filhos, mas sem dúvida necessitará dispensar mais atenção, ou orientar que alguém o faça, para cuidar da samambaia do que necessitaria com outros tipos de vegetais.

E para evitar que sofra transtornos financeiros e até de ordem emocional por não saber como cuidar de samambaia, o Tudo Ela preparou essas dicas essenciais para você cuidar de forma correta de uma samambaia.

Siga na leitura!

Como cuidar de samambaia?

Tenha ciência que a samambaia é uma planta tropical, cresce nas florestas, principalmente nas regiões úmidas.



Isso significa que não é recomendável criá-las dentro de casa? Nada disso, porém deve se atentar nas palavras chaves da frase acima: “tropical”, “úmida”. Ou seja, temperatura, no mínimo, ambiente e em local que tenha umidade. Reunindo esses dois fatores, já atenderá um dos grandes requisitos de como cuidar de samambaia.

Mas como fazer isso?

Não esquente quanto à luz, pois samambaias se adaptam facilmente a ambientes com pouca iluminação. O que deve fazer é garantir de que receba raios solares, mas de forma branda, suave. O ideal é que a iluminação do lugar em que pretende instalar a samambaia seja um meio termo entre sombras e luz: nem muito iluminado, nem as escuras. O local deve ter sombra, mas também ser acessível a luz indireta do sol.

Quanto à temperatura, o recinto precisa ficar entre 15º e 21º C. No inverno rigoroso, uma dica é protegê-la do vento gélido a colocando no banheiro, o lugar mais úmido da casa e que provavelmente, a não ser que seja uma maluca, contará com temperaturas mais elevadas  em razão das duchas quentes.

Agora, o tópico umidade deste post de como cuidar de samambaia. É simples: você pode plantá-la em vaso duplo, sendo que o segundo fique mantido sempre com água e revestido por musgo, pela própria samambaia ou areia umedecida.

Uma solução mais fácil ainda é colocar sob a planta um recipiente com água. No entanto, tenha o cuidado de não molhar as raízes, apenas deixe que o líquido evapore.

Outra necessidade para manter a samambaia úmida é regá-la frequentemente, isto é, todos os dias, mas faça de modo a não encharcá-la, pois isso pode provocar o apodrecimento dos rizomas e o advento de fungos. Encharque somente a terra por baixo da planta.

O posicionamento

Um aspecto importante sobre como cuidar de samambaia é a escolha do local exato, do posicionamento do vegetal no espaço em que foi designado.

  • Pode ser colocado debaixo de um arvoredo;
  • Na varanda, mas em uma parte que tenha sombra;
  • No meio do cômodo, desde que não receba luz intensa;
  • Em uma janela voltada para a direção norte (neste caso, procure afastar dos raios solares que acessem o cômodo diretamente);
  • A entrada ideal é a que estiver voltada para o sul, pois propicia iluminação indireta, branda.

O adubo

Já anotou até ágora as recomendações de como cuidar de samambaia? Temperatura ambiente, regar todo dia, encharcar a areia, mas também precisa fazer o adubo.

Com que frequência?

A boa notícia é que deverá fazê-lo somente após o sexto mês em que colocou a samambaia no vaso. Entretanto, depois desse período, precisará adubar ao menos uma vez por mês para que receba os nutrientes necessários para se manter saudável.

Recomendamos que se dirija a locais que trabalhem com artigos de jardinagem para escolher os melhores adubos e os mais indicados. Frise que procure adubo não para uma planta qualquer, mas para uma samambaia.

A poda

Neste caso de como cuidar de samambaia a poda é uma intervenção cirúrgica, uma ação drástica para evitar o pior: a morte do vegetal e a contaminação de outras plantas.

Se surgir áreas danificadas, ramos é sinal de que não foi tão bem cuidada. Use a tesoura para cortar as partes que apresentam sinais de doença.

Se constatar que toda a samambaia está enferma, não tem jeito. É melhor descartá-las antes que perca as outras plantas que tiver em casa (a perda total da espécie por doença ocorre somente com as que são criadas dentro de ambientes fechados, ou seja, em casa).

A mudança de vaso

Samambaias podem ficar gigantes e crescem rapidamente. Não demorará muito para que fiquem maiores que o recipiente em que estão acomodadas. Você pode dividi-la em vários vasos.

O tempo indicado para fazer a mudança para um vaso maior é de 1 ano.

Na hora da troca, avalie cuidadosamente o vegetal. Exclua todas as raízes quebradas e apodrecidas e abasteça o recipiente com musgo e terra.

Ação contra as pragas

Como toda planta, samambaia está sujeita a ações de agentes nocivos externos, como lagartas, pulgões, ácaros e fungos.

Uma medida salutar de como cuidar de samambaia é utilizar calda de fumo e de bordalesa.

Contudo, no caso de lagartos a solução é mais rústica e primitiva mesmo: tem que tirar um a um com a mão.

Considerações finais

Explicamos como cuidar de samambaia com as seguintes dicas:

  • Deixá-la em temperatura ambiente com contato indireto com os raios solares;
  • Deixá-la em ambiente com luz e sombra;
  • Deixá-la sempre úmida regando as folhas e areia;
  • Adubá-la ao menos uma vez por mês;
  • Podar as partes danificadas para evitar seu definhamento e alastramento de enfermidades;
  • Mudar de vaso a cada ano, cuidando em retirar as raízes quebradas e apodrecidas;
  • Usar caldas de fumo e de bordalesa para erradicar fungos, pulgões e ácaros;
  • Lagartos devem ser retirados um a um.

Gostou do conteúdo?

Então curta, compartilhe, opine. Sua interação é muito importante para nós. Leia mais de nossa sessão de casa.

Sobre o autor

Redação Tudo Ela

Site focado em publicar conteúdo atual e interessante sobre o universo feminino. Fazemos curadoria e pesquisamos dicas úteis para o dia-a-dia da mulher moderna. Saiba mais sobre nós.

/* ]]> */