Maternidade

Como dar remédio para bebês de forma segura e sem traumas

Como dar remédio para bebês provavelmente é um dos grandes desafios da maternidade. Se você já precisou passar por esse desafio, sabe do que a gente está falando!

Circula na internet aquele meme “terminar um relacionamento é difícil, mas fazer tal coisa é muito mais”. A gente acredita que poucas coisas são mais difíceis do que saber como dar remédio para bebês!

Aliás, todo o processo de ter um bebezinho que por algum motivo precise de remédios é muito sofrido para o bebê e todos que convivem com ele.

Por isso, reunimos algumas dicas que podem te ajudar a passar por esse momento de como dar remédio para bebês de uma forma mais tranquila, segura e sem traumas – nem para você e nem para o bebê.

É mesmo necessário?

Da mesma forma que você nunca deve se auto medicar, você nunca deve pensar em como dar remédio para bebês sem ter consultado antes um pediatra.

Mesmo sabendo que é errado, muitas vezes nós cedemos à tentação de evitar salas de espera lotadas e acabamos nos medicando com o que “já estamos acostumadas”.

Nessa hora é importante você não esquecer que um bebê não está acostumado a praticamente nada ainda!

Consultar um pediatra antes de qualquer coisa é a primeira e mais importante orientação que podemos te dar sobre como dar remédio para bebês.

Foi ao pediatra e ele receitou um medicamento? Hora de colocar nossas dicas de como dar remédio para bebês em prática.

Mantenha a calma

Antes de mais nada, é muito importante você manter a calma e a tranquilidade. A gente sabe que é muito difícil conseguir se controlar em algumas situações, mas os bebês são muito sensíveis e acabam seguindo o estado de espírito de seu cuidador.

Principalmente se o cuidador for a própria mãe. O vínculo entre a mãe e seu bebê é extremamente forte e o estado emocional da mãe com certeza se reflete no bebê.

Portanto, a nossa primeira dica importante de como dar remédio para bebês é: mantenha a calma.

Se o caso é de urgência, você estará num pronto socorro e haverá uma equipe pronta e treinada sobre como dar remédio para bebês.

Do contrário, tire cinco minutinhos antes e se prepare para a tarefa. Tome um copo de água ou uma xícara de seu chá predileto bem morninho. Respire fundo, se preencha com segurança e serenidade e só então comece.

Prepare o seu emocional para a tarefa. Porque a gente morre de pena, acha que está judiando, mas sabe que é necessário. E vale relembrar a máxima: mãe bem, bebê bem.

Cante

A voz da pessoa que cuida do bebê tem um poder imenso na hora de acalmá-lo. Especialmente, claro, se essa pessoa for a mãe.

Não se importe se você acha sua voz feia ou se você acredita que canta desafinado ou fora do ritmo. Para o seu bebê, a sua voz é a música mais linda do mundo.

Explique para ele a necessidade

Não, não acredite quando algumas pessoas te dizem que os bebês demoram muito tempo para entender o que se passa ao redor deles.

Bebês são pequenos seres surpreendentes e sua capacidade de compreensão é muito maior do que costumamos imaginar.

Claro que isso não fará o seu bebê deixar você dar o remédio necessário sem protestos só porque você explicou que precisa.

Mas quando você explica algo ao seu bebê uma, duas, três, infinitas vezes, você mostra a ele que se importa em deixar claro o que está fazendo com ele e por quê.

Dever ser muito assustador alguém fazer algo contigo sem que você saiba por que e para que está fazendo – mesmo que esse alguém seja a mamãe.

Como dar remédio para bebês muito pequenos

Tente acalmar o bebê o máximo possível. Então talvez você precise de ajuda, vai ficar mais fácil. Mas você também consegue sozinha!

Com o auxílio de uma colher ou seringa, deposite o remédio na boca do bebê, preferencialmente próximo à bochecha. Jamais jogue o remédio no fundo da garganta.

Se você perceber que o bebê está demorando para engolir o remédio, assoprar de leve o rosto do bebê irá provocar um sustinho e levar ao reflexo de engolir.

Use outros truques

Converse com o pediatra sobre a possibilidade de misturar o remédio a coisas que o bebê goste.

Se ele já come, colocar as gotinhas junto com um purê da fruta predileta ou num pouquinho de suco – pouquinho mesmo, para não correr risco de dar uma dose menor do que a necessária caso o bebê recuse o suco – podem ser excelentes saídas de como dar remédio para bebês.

É legal incentivar o bebê a mamar após o remédio, especialmente se ele ainda mamar no peito. Mas lembre de questionar o pediatra se isso não vai atrapalhar a ação do remédio.

Vitaminas e probióticos

Muitas vezes – felizmente e a gente torce para que você só precise das nossas dicas para esses casos – os pediatras receitam vitaminas, ferro e probióticos para ajudar o bom funcionamento do intestino.

As vitaminas, o ferro e os probióticos acabam sendo uma forma de remédio também. Principalmente aos olhos do seu bebê.

Nesses casos, siga também as nossas dicas de como dar remédio para bebês, especialmente a primeira, para facilitar a sua rotina de cuidados com o bebê.

Outros cuidados

Esteja sempre muito atenta com a dosagem da medicação. Bebês são muito sensíveis e reações a medicamentos podem ter desfechos trágicos.

Nunca dê uma dose maior do que a recomendada. Siga direitinho a recomendação do pediatra e use preferencialmente o dosador que vem junto com o remédio.

Dê preferência aos remédios líquidos. Eles são de ingestão mais fácil e minimizam o risco de asfixia.

Outro cuidado com relação à prevenção da asfixia é nunca dar a medicação com o bebê deitado. Cuide para que o bebê esteja inclinado pelo menos a um ângulo de quarenta e cinco graus.

E procure não se referir ao remédio como “bala” ou “doce”. Não é! Bala e doce também não devem ser consumidos indiscriminadamente, mas não oferecem riscos à vida do seu bebê caso aconteça um consumo inapropriado.

Esperamos que nossas dicas de como dar remédio para bebês te ajudem a tornar essa tarefa menos complicada. De coração, a gente te deseja boa sorte!

/* ]]> */