Saúde

7 dicas de como fazer a higiene íntima corretamente

Como fazer a higiene íntima corretamente

Existem algumas regras de como fazer a higiene íntima corretamente que precisamos seguir para manter a saúde da nossa vagina.

Até porque, afinal, o cuidado com a nossa região íntima não dizem respeito apenas questões relacionadas com prazer para si e para o outro. Muito mais do que isso: ter a higiene ideal da região vaginal é extremamente importante para manter o nosso corpo livre de fungos e bactérias.

Além, claro, de que um corpo limpo e perfumado é muito confortável e por si só já proporciona prazer, não é mesmo?

Entretanto, listamos a seguir as principais regras de como fazer a higiene íntima corretamente para que você comece hoje mesmo a cuidar da sua saúde vaginal. Confira:

7 dicas de como fazer a higiene íntima corretamente

1. Sabonetes íntimos: pode ou não pode?

Muita gente sempre se pergunta: afinal, pode ou não pode utilizar os sabonetes íntimos que encontramos no mercado?

A resposta mais plausível para isso, no entanto, é: pode e não pode!

Pode na medida em que este tipo de produto apresenta um ph mais neutro, sendo muito interessante para a manutenção da saúde de nossa região íntima.



Não pode porque assim como o excesso de qualquer produto, o sabonete pode desencadear disfunções desagradáveis em nossa vagina.

A dica que damos é, todavia, que você opte por utilizar pouca quantidade do sabonete. Experimente misturar a quantidade de uma moeda de um real com um pouco de água. Ou então, no caso de banho de banheira ou de acento, vá acrescentando o sabonete aos poucos, e assim, lave a sua região íntima.

Isso evitará o contato grosseiro do produto industrializado com essa pele tão delicada.

2. Lenços umedecidos e papel apenas sem perfume

Sabe aqueles lenços umedecidos e aqueles papéis higiênicos perfumados? Eles são realmente muito cheirosos, não é mesmo?

Entretanto, isto não significa que eles sejam a melhor opção para o cuidado íntimo da mulher.

Muito pelo contrário. Este tipo de produto normalmente pode desencadear problemas como irritações e alergias, uma vez que os mesmos alteram o ph vaginal.

Se você quer aprender a como fazer a higiene íntima corretamente, então se atente a isso: nada de usar papel com perfume! Eles devem ser descartados da suas listas de cuidados e higiene íntima.

3. Calcinha de algodão

A gente sabe que a indústria da moda nos apresenta dezenas de novidades, praticamente, todos os dias.

No caso da moda íntima não seria diferente. Temos a disposição uma variedade imensa de produtos que nos deixam mais sexys e com a autoestima elevada.

Porém, tenha cuidado com o excesso de calcinhas que não são feitas de algodão! Os demais tecidos tendem a abafar muito a nossa vagina. Como consequência, suamos mais – sem que este suor “saia” – e proliferamos mais fungos.

Obviamente, nossa região íntima estará mais “suja” e propensa a doenças e infecções.

Para evitar este problema, no entanto, utilize calcinhas de algodão o máximo de tempo possível.

4. Cuidado na hora de depilar

O que muita mulher não sabe é que a depilação – independente da forma que for – pode ser muito prejudicial para a nossa saúde e higiene íntima.

Se você quer aprender a como fazer a higiene íntima corretamente, primeiramente saiba que depilar-se não é uma obrigação! É uma escolha da mulher e cada uma faz o que mais lhe trazer conforto e bem estar.

Visto isso, vamos ao problema: a região da vagina da mulher é muito sensível. Por isso que na hora de higienizar e depilar, você precisa tomar cuidado para não machucar.

Além do mais, o atrito da lâmina, por exemplo, pode ressecar muito a região, desencadeando infecções e desconfortos como coceira, por exemplo.

Para evitar este problema, utilize sempre produtos específicos para a região íntima. Por exemplo, sabonetes com baixo ph.

Nunca, em hipótese alguma, ouse depilar a virilha “a seco” – no caso da lâmina. Isso apenas prejudicará o desenvolvimento saudável da sua flora vaginal.

Não precisamos nem mencionar que a lâmina deve ser devidamente higienizada para evitar danos maiores.

5. Absorvente diário faz mal

Muita gente ainda tem aquela ilusão de que usar absorvente diário é super importante e indispensável. Mas, como falamos, isso não passa de uma doce ilusão!

Todavia, o absorvente diário, quando utilizado de fato diariamente, apenas desencadeará uma maior proliferação de fungos e bactérias. Considerando que o mesmo irá “abafar” o local, impedindo a transpiração e a passagem de ar.

Contudo, o corpo suando também poderá provocar mau cheiro e até mesmo irritações como coceira.

Por estes motivos, só utilize o absorvente diário quando não houver nenhuma outra possibilidade, ok?

6. Dormir sem calcinha

Outro ponto que você deve começar a ser adepta hoje mesmo, no que tange ao assunto de higiene íntima: dormir sem calcinha.

Sim! Ao contrário do que muita gente pensa, que deixar “tudo aberto” pode ser perigoso, dormir sem calcinha pode ser muito mais higiênico do que dormir com.

Isso porque o corpo ficará mais livre para respirar, e a chance de bactérias e fungos se desenvolverem na região é quase zero.

Além disso, transpiramos enquanto dormimos, e por vezes, eliminamos gases. Dessa forma, acordar e passar o dia inteirinho com a mesma calcinha pode se tornar algo muito nojento, quando olhamos com esse ponto de vista, não é mesmo?

Então, parta para a liberdade e comece hoje mesmo a dormir sem calcinha e proporcionar um ambiente mais limpinho e “respirável” para a sua vagina.

7. Fazer xixi depois do sexo

Este é, sem dúvidas, um dos pontos mais importantes para quem quer manter a saúde e a higiene vaginal em dia.

Faça xixi depois do sexo! Isso porque a nossa urina irá limpar a nossa vagina, expulsando qualquer intruso que possa ter permanecido naquele local.

Mantendo-a, dessa maneira, mais limpa e saudável.

Afinal, a nossa saúde íntima é extremamente importante para garantir a qualidade de vida e os prazeres do sexo com nosso parceiro.

Sendo assim, temos certeza que seguindo estas dicas você não terá com o que se preocupar, quando o assunto for “não sei higienizar minha vagina”, não é mesmo?

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Redação Tudo Ela

Site focado em publicar conteúdo atual e interessante sobre o universo feminino. Fazemos curadoria e pesquisamos dicas úteis para o dia-a-dia da mulher moderna. Saiba mais sobre nós.

/* ]]> */