Nutrição

Alho negro: 4 benefícios incríveis e como fazê-lo

Embora o alho negro não pareça tão apetitoso, ele realmente oferece benefícios incríveis. Sem aditivos e conservantes, é basicamente um super alho.

Na mitologia do taoísmo, acredita-se que o alho negro pode conceder a imortalidade – e, embora obviamente não possamos garantir isso, não há dúvida que ele oferece diversos benefícios para a saúde.

Uma vez que você aprende a como fazer alho negro, você pode comê-lo sozinho, no pão ou usá-lo em qualquer um dos seus pratos favoritos, da mesma forma que você usaria o alho normal – a diferença é que você obterá maiores benefícios.

E se o nosso post sobre o alho negro não foi o suficiente para você considerar utilizá-lo em sua cozinha, o post de hoje certamente irá ajudá-lo a convencê-lo de vez.

 

4 razões para começar a utilizar o alho negro

1. É bom para tratar diabetes tipo 2

Aqueles que sofrem de diabetes tipo 2 sabem exatamente como esta condição pode causar grandes estragos. Quando descontrolada, a diabetes pode levar à condições mais graves, como doenças cardíacas, doenças renais e às vezes até mesmo cegueira.

Muitos estudos descobriram que os antioxidantes do alho negro podem diminuir o estresse oxidativo. Devido ao seu alto nível de antioxidantes (o dobro do alho comum), o alho preto é extremamente útil na prevenção de complicações da diabetes tipo 2.



 

2. Alivia alergias e muito mais

Se você sofre de alergias, seja nasal ou de pele, o alho negro pode lhe ajudar a controlá-las. Estudos descobriram que ele é capaz de desligar os genes que causam inflamação e irritações alérgicas. Além disso, ele também fortalece o sistema imunológico, novamente por conta da sua incrível quantidade de antioxidantes.

Além de aliviar alergias, o alho negro também pode ajudar a combater vírus e infecções. Em 2012, um estudo realizado em uma Universidade de Washington descobriu que o alho negro era 100 vezes mais eficaz que dois antibióticos famosos.

 

3. Melhora os níveis de colesterol

Enquanto o “bom” colesterol é essencial para a nossa sobrevivência, manter o colesterol “ruim” em dias é importante para reduzir o risco de desenvolver doenças cardíacas e AVC (acidente vascular cerebral). Embora o alho comum (branco) seja excelente quando se trata de benefícios para o coração, o alho negro oferece maiores benefícios ainda.

Um estudo de 2014 descobriu que os voluntários que aprenderam a como fazer alho negro e o consumiram por 12 semanas obtiveram um aumento do bom colesterol, bem como a diminuição do ruim.

 

4. Repara o fígado de danos causados pelo álcool

O fígado é um dos únicos órgãos que pode se recuperar de danos. No entanto, devido à tentativa de quebrar o álcool, suas células são danificadas, o que pode levar à inflamação. A boa notícia, principalmente para você que não consegue viver sem uma cervejinha nos finais de semana, é que o alho negro ajuda no processo de recuperação.

Cientistas descobriram que o alho preto ajuda a reduzir a inflamação do fígado e pode até mesmo reverter por completo o dano causado pelo álcool. Incrível, não é?

 

Mas então, como fazer alho negro?

Enquanto o alho negro pode ser comprado facilmente pela Internet ou em lojas de produtos naturais, você pode facilmente fazê-lo por conta própria na sua casa.

Modo de fazer:

  1. Cubra com papel alumínio toda a parte interna de uma panela elétrica de arroz. Em seguida, cubra novamente com papel manteiga – de forma que cubra todo o papel alumínio.
  2. Adicione no fundo da panela uma camada de cabeças de alho.
  3. Envolva a camada de alho com papel manteiga e alumínio.
  4. Certifique-se de vedar todas as saídas de vapor da panela com fita isolante.
  5. Feito isso, ligue a panela na tomada e deixa-a na função de aquecimento por longos 21 dias. Sim, 21 dias mesmo.
  6. No último dia (21), tire a fita isolante e deixe a panela ligada por mais 5 horas.

E pronto! Agora é só esperar o alho esfriar e depois disso, você já poderá usá-lo.

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Pedro Henrique Ferreira Mendes

/* ]]> */