Casa Limpeza

Como limpar porcelanato e prolongar sua vida útil

Porcelanato é versátil, bonito, resistente, mas não é impossível de estragar. Entre as dicas de manutenção do piso está o cuidado com os produtos que utilizamos sobre ele. Veja como preservar o material e deixar o revestimento sempre nos trinques:

• O conselho mais importante é aplicar sempre detergente neutro diluído em água (1 colher de detergente para 5 litros de água), além de pano macio. Assim, você limpa bem o porcelanato sem danificá-lo.

Uma regrinha, aliás, que vale para TO-DOS os tipos de porcelanatos (fosco, esmaltado, polido, estruturado, etc.). Falarei sobre isso mais adiante…

• Ao varrer o piso, use uma vassoura de pelos.

• Se preferir o aspirador de pó, opte pelo bico que inclui escova, para evitar arranhões no porcelanato.

• Evite as desagradáveis manchas de água finalizando a limpeza do porcelanato com um pano seco e um pouco de álcool.

As dicas acima servem tanto para limpezas diárias quanto semanais ou mensais.



No caso da higienização dos rejuntes, saponáceo líquido cremoso dá conta do recado sem correr o risco de arranhar o piso, como geralmente ocorre com o tipo granulado.

Agora, a primeira limpeza depois da obra de aplicação do porcelanato exige um arsenal mais pesado, digamos assim… O ideal é utilizar produtos específicos, que são vendidos em lojas especializadas.

E não demore muito a limpar a área! É preciso fazer isso em, no máximo, 14 dias após o serviço de rejunte. Caso contrário, não removerá todos os resíduos que normalmente ficam aderidos à superfície do piso.

O resultado poderá ser um porcelanato com aspecto encardido. Sabe aquele jeitão de algo que nunca está limpo realmente? Pois é… fuja dele!

Aqui está a “receita”: enxágue o piso para retirar todo o rejunte excedente e qualquer outra sujeira de obra; passe o produto próprio para limpeza pesada – sempre seguindo as orientações do fabricante.

Em seguida, retire o restante da sujeira com água e nunca deixe o produto secar sobre o porcelanato. Repita todo o processo se for necessário.

O que não usar na limpeza do porcelanato

• Acetona
• Ácidos
• Água sanitária
• Amoníaco
• Ceras
• Escovas
• Sabão em pó
• Saponáceo em pó
• Soda cáustica

Aprenda a cuidar do seu revestimento de porcelanato

limpando-porcelanato

O porcelanato tem dominado o mercado mundial no setor de revestimentos, sendo seus principais produtores países como a China, Itália, Espanha e Brasil.

A gama de opções é bastante variada e a escolha do tipo de porcelanato depende muito do ambiente no qual ele será instalado.

Os mais comuns são os porcelanatos polidos, que trazem superfície lisa e são perfeitos para áreas internas.

Os porcelanatos estruturados possuem leve abrasão e são recomendados para áreas com umidade; já os esmaltados recebem uma camada brilhante e são mais aplicados em ambientes internos.

Mas, existem ainda os porcelanatos acetinados, naturais, rústicos e antiderrapantes.

Porcelanato é um tipo de revestimento cerâmico, um dos queridinhos do momento.

É utilizado em áreas internas e externas; tem baixa absorção de água, oferece uniformidade de coloração, além de excelente resistência à abrasão física e química.

Mas, vamos combinar, não é indestrutível – por isso, precisa de cuidados especiais.

Com a ampla utilização dos revestimentos de porcelanato, surgiram também as dúvidas a respeito de sua manutenção e limpeza.

É bom lembrar que, apesar de altamente resistentes, os porcelanatos – e os rejuntes deles – podem sofrer danos quando são empregadas composições abrasivas ou substâncias químicas inadequadas.

Como limpar porcelanato e afastar imperfeições? Agora você já sabe!

Até o próximo post…

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Fatima

/* ]]> */