Relacionamento

8 dicas de como superar o fim do namoro

Como superar o fim do namoro

Se você é uma pessoa, em algum momento da vida terá que lidar com o fim de um relacionamento. E isto nem sempre é bom ou fácil, mas não é impossível, ok? Portanto, se você está procurando saber como superar o fim do namoro, veio à matéria certa.

Antes de mais nada, inclusive, é bom lembrar que isto é natural e faz parte da vida. Só não vai achando que é o fim do mundo, porque está tudo bem terminar uma relação em qualquer etapa da vida. É passageiro e há uma luz no fim do túnel.

A vida não é um mar de rosas

Para começar a entender como superar o fim do namoro, é importante que tenha em mente que a vida não é fácil. Nada dura para sempre. Nem mesmo você viverá para sempre. Em algum momento iremos nos deparar com essa dor, essa raiva, angústia e solidão. Só que, como já dito, nada dura para sempre, nem mesmo esses sentimentos tão ruins.

Sim, existe aquela pessoa que conheceu o amor da vida dela aos 14 anos, casou aos 25 e viveu junto até o fim da vida dela com 90 anos. Só que tenha em mente que temos 7 bilhões de pessoas no mundo e que só uma pequena parte vive esse sonho colocado nos filmes e séries, certo?

Somos humanos, vamos sofrer, nos decepcionar e sobreviver. Não é fácil passar por isso, mas não é o fim do mundo.

Comece entendendo seu relacionamento

Antes de darmos todas as dicas essenciais de como superar o fim do namoro, vamos refletir um pouco sobre o término?

Pergunte-se porque terminaram, reveja tudo que aconteceu. Foi algo repentino? Gradual? Na maior parte das vezes é gradual e você ou a pessoa só não percebeu ainda.

Como superar o fim do namoro

Também é provável que nem mesmo você estivesse mais feliz, só que ainda é um término. É uma parte da sua vida compartilhada com alguém que está sendo deixada para trás e isso não é fácil, mesmo que você tenha decidido terminar. A dor? Grande. A raiva? Enorme. A solidão? Constante.

Para saber como superar o fim do namoro é importante entender a complexidade e especificidade de seu relacionamento. É um processo árduo e contínuo, o sentimento não desaparecerá de um dia para o outro. Haverá lágrimas, soluços e esperneios. É uma coisa feia, chata, decepcionante… Natural, comum e possível de se passar sem danos maiores.

Aceite o fim do namoro

Sempre devemos estar preparados. Portanto, antes de saber as dicas valiosas para superar o fim do seu relacionamento, são necessárias algumas atitudes para que você saiba que está preparada para começar esse processo de cura emocional.

Antes mesmo de entender como superar o fim do namoro, você deve aceitar que ele acabou. Fim. Agora você pode começar a sair do seu casulo e viver novamente. O mundo não vai parar porque você está decepcionada. Aceite o fim para começar a superar.

Para tanto, deve-se ter em mente que apenas você saberá como lidar com isso.

Então, para te ajudar neste momento, aqui vai algumas pequenas dicas de como você pode começar a aceitar o fim do seu relacionamento:

  1. Chore;
  2. Aceite seus sentimentos;
  3. Evite contato com o ex;
  4. Aceite que as coisas mudam;
  5. Pense em você.

Com esses cinco passos iniciais, você irá compreender que o seu namoro realmente acabou e, agora, é o momento de você se reconstruir.

Dicas de como superar o fim do namoro

Agora que você sabe que relações acabam e que a sua realmente acabou, é o momento de você receber as melhores dicas do que fazer para superar o fim desse relacionamento que foi tão bom durante tanto tempo.

Não guarde rancor

Para começo de conversa, esqueça todos os sentimentos ruins. É sim importante ficar brava, principalmente se a relação acabou com uma traição. Entretanto, o ódio nunca deve predominar na sua vida.

É ruim que tenha terminado? É sim. É a pior coisa no momento. Só que isso não é motivo para que você fique desejando o mal do outro e guardando sentimentos ruins dentro de si. Lembre-se: ele não está sentindo essa coisa amarga chamada rancor. Logo, isso só está fazendo mal para você.

É óbvio que isso dói. Afinal, é o fim de algo realmente importante. Só que se você realmente quer melhorar, não guarde coisas ruins para si. Tire isso de você o mais rápido possível.

Conversa é a base de tudo

Para saber como superar o fim do namoro da melhor forma possível, converse. Somos humanos, somos motivados pela conversa. Temos a linguagem justamente para isso. Então, depois de tanto chorar no seu quarto ouvindo todas as músicas tristes da Lana Del Rey, procure amigos ou um profissional e converse.

As pessoas querem sim saber como você está, principalmente aquelas que se dizem seus amigos. É o momento de rever seu círculo de amizades e externar aquilo que está sentindo.

Só vai com calma, ok? As pessoas sabem que você está sofrendo e que isso dói, porém, não faça dessa conversa algo negativo. Seu ex não faz mais parte da sua rotina e, portanto, não deve ser o assunto central das suas conversas.

Converse sobre isso com seus amigos e sobre coisas banais também. Isso te fará rir e perceber que a vida tem outros ângulos.

Como superar o fim do namoro

Arranje um novo hobby

Seu namoro terminou, uma porta se fechou. Outras mil acabaram de se abrir para você. Você pode tricotar, se quiser. Fazer trabalho voluntário, aulas de cerâmica, escrever um blog. Você pode fazer aulas de natação, preparar bolos, estudar e entrar em um novo curso.

Suponhamos que você sempre quis saber desenhar, por que não começar um curso livre de desenhos? Começar uma graduação? Ou uma pós?

Estude, corra, converse, escreva e monte novas coisas na sua vida. Você está começando a crescer de novo e precisa ocupar sua mente. Isso te fará esquecer seu ex momentaneamente e, de quebra, fará com que você se descubra melhor.

Lembre-se das coisas boas do seu relacionamento

Não importa como seu relacionamento acabou. Para saber exatamente como superar o fim do namoro é essencial que você reviva suas memórias. Não fique presa ao fim ou a tudo de ruim que envolvia a relação a dois.

Você estava com aquela pessoa por algum motivo, você riu, você foi feliz e viveu ótimos momentos inesquecíveis. Procure lembrar dos bons aspectos do seu relacionamento, pois isto te ajudará a seguir em frente e eliminar o rancor que ainda pode estar guardado.

Claro que isso não significa colocar a relação antiga em um pedestal. Saiba que coisas ruins aconteceram. Tenha em mente que nem tudo foi perfeito. Só não tente focar tanto nas coisas negativas para te ajudar nesse processo de recuperação.

Não fique esperando pelo outro

Sua relação acabou, você sabe disso. Seus amigos sabem disso. Sua família sabe disso. Não fique esperando que o outro volte, não aguarde por uma ligação ou tenha a esperança de um pedido sincero de desculpas.

Por que digo isso? Porque a esperança é uma droga alucinógena. Ela te engana, te faz esperar por algo que pode nunca acontecer. Mate essa esperança, esmague essa esperança, destrua-a.

Não fique esperando pelas coisas e comece sua vida por você mesma. Pode ser que o outro se desculpe em um ano ou cinco, ou pode ser que ele nunca venha a falar com você novamente.

Viva sua vida por você e, se for para cultivar a esperança, espere por um futuro melhor e mais sorridente.

Apague as fotos, bloqueie das redes sociais, livre-se dos presentes… Ou não

Ninguém, jamais, saberá o que você sente por tudo que envolvia o seu namoro. Portanto, se as memórias forem dolorosas demais e você não conseguir se sentir bem pelo outro estar seguindo a vida, se não há relação de amizade entre os dois e você se sente muito para baixo rodeada de coisas do outro, livre-se! Não prenda essas coisas na sua vida, siga em frente.

As pessoas podem dizer que é infantilidade, que é inútil e que não adianta de nada. Só que pode sim. As pessoas não sabem como você se sente. Elas não vivem a sua vida e, logo, elas não têm nada de opinar quanto a isso.

Por outro lado, pode ser que você não se sinta mal de forma alguma e conviver com as coisas do outro não te machuca. Neste caso, não há motivos para eliminar tudo isso da sua vida. Se não te faz mal, pode ficar sem problemas.

Encontre novos gostos

Pare de se prender ao passado. Escute novas músicas (alegres, de preferência), assista novos filmes e passeie por novos lugares. Leia mais, pratique esportes, vá para a academia ou adote um cachorro.

Encontre apoio em coisas novas, descubra o que você gosta ou não gosta. Comece a reviver. Como uma criança descobrindo o mundo, você deve começar a se conhecer de todas as maneiras possíveis.

Pense em você

Em todas as situações da vida, você deve ter em mente uma coisa, principalmente para entender como superar o fim do namoro de forma efetiva: só você convive com você. Portanto, pare de pensar com o que os outros vão pensar. O que importa mesmo é a sua felicidade.

Pense no que te faz bem. Faça o que te faz bem. Encontre o caminho que melhor te agrada. Todo esse processo de cura deve ser feito de forma que você se sinta completa e totalmente à vontade.

Gostou das dicas? Então não perca tempo para começar a seguir tudo isso! Aliás, se no meio do caminho encontrar uma nova forma de ajuda na superação, compartilhe!

/* ]]> */