Curiosidades Flores

Copo-de-leite: Curiosidades e Dicas de Cultivo

Copo-de-leite

No post “Os principais tipos de flores e suas características”, falei sobre como é fácil cultivar o copo-de-leite, uma planta normalmente encontrada perto de lagos e rios, e que é originária da África do Sul.

Ela já foi considerada uma planta selvagem – principalmente por crescer em lugares insalubres. Hoje, eu trago mais curiosidades e dicas de cultivo para você aproveitar a exuberância do copo-de-leite.

Tomados os devidos cuidados, pois o copo-de-leite é considerada uma flor tóxica, é possível desfrutar de todo o encanto da planta, uma das mais vendidas nas floriculturas.

Seu nome botânico é Zantedeschia Aethiopica, mas é conhecida ainda como “calla” ou “lírio do Nilo”.

E foi entre os anos de 1950 e 1970 que o copo-de-leite teve seu uso amplamente difundido.

Motivos para tanto sucesso não faltam! O copo-de-leite é versátil em suas cores, formas e texturas, além contar com linhas delicadas, pétalas firmes e robustas; uma espádice central e toque aveludado.

O que traz inúmeras possibilidades aos mais diversos projetos e ornamentações, entre casamentos e adornos para o lar.



O próprio buquê da noiva costuma ter copo-de-leite, não só pela beleza da flor, mas também por remeter à pureza.

E o “lírio do Nilo” é perfeito para presentear pessoas queridas, inclusive homens, uma vez que simboliza paz e transmite tranquilidade.

A flor possui contorno que lembra bastante o objeto que dá nome a ela. E sua essência é muito usada na produção de florais. Já o bulbo do copo-de-leite tem uso culinário, quando cozido adequadamente, é bom lembrar.

Outras curiosidades e dicas de cultivo do copo-de-leite

copo-de-leite

A espádice amarela do copo-de-leite representa também prosperidade, felicidade e elevação espiritual.

Mesmo quem não acredita em tais ideias acaba adquirindo a flor por sua elegância e sofisticação.

Muitas vezes, a planta faz parte de cenários de produções fotográficas ou artísticas em geral.

Um jeito simples e chic de dar destaque ao ambiente é colocar copo-de-leite em vasos ou solitários transparentes, deixando em evidência a encantadora e intensa folhagem verde.

Originalmente, a flor é branca, porém, técnicas de hibridismo e manipulações orgânicas permitem mesclar diversas espécies atualmente.

Resultado: cores novas e incrivelmente decorativas, tais como laranja, roxa, vermelha, rosa, amarela e verde, além da versão mini. Existe até uma conhecida como copo-de-leite negro, que tem um tom intenso de vinho.

Aliás, as “callas” vermelhas ou amarelas ficam incríveis em forma de arranjo para cachepô de tronco rústico. Enquanto os jardins podem ganhar ares mais alegres e originais com o copo-de-leite negro ou rosa.

O copo-de-leite mede cerca de 35 cm, mas pode alcançar 1,5m de altura.

O cultivo desta flor bela e forte não requer técnicas complicadas, mas muita atenção. Tudo para evitar ao máximo o contato com a tal substância tóxica que ela traz em seu pólen: o oxalato de cálcio.

O outono costuma ser o melhor período para iniciar a plantação de copo-de-leite. Se ela for feita em vaso, é recomendado um recipiente com 15 litros e terra preta.

Bulbos de boa procedência fazem uma boa diferença no resultado do plantio.

Depois de florescer, o copo-de-leite dura de 10 a 15 dias, e precisa de rega diária e meia-sombra. Ela não aguenta sol direto o dia inteiro. Então, se você plantar a flor em local com grande incidência de luz solar, é interessante ter uma proteção em algum momento.

O solo deve estar constantemente úmido, não importa se o copo-de-leite está sendo cultivado em vasos ou canteiros.

Seja o copo-de-leite branco ou outras versões dele obtidas em laboratório, a planta fica bem em diversos espaços, proporcionando leveza, charme e elegância.

7d7161456cffc8b7ef739136da3651e4

Espero que as dicas e curiosidades de cultivo do copo-de-leite sirvam para deixar sua decoração mais requintada e bonita. Como você merece!

Até breve com muito mais!

Veja também:

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Fatima

/* ]]> */