Curiosidades Flores

Cravo: Curiosidades e Dicas de Cultivo

Os cravos são originários da região mediterrânea, possuem flores grandes e muito perfumadas, geralmente nas cores branca, amarela, vermelha e rosa. Tem mais curiosidades no post de hoje, além de várias dicas de cultivo do cravo. É só conferir os próximos parágrafos…

Na maioria das culturas, o cravo representa boa sorte, isto é, a capacidade de atrair conquistas, vitórias.

Muitos países usam a flor como símbolo em suas bandeiras e eventos, especialmente na Europa.

Em Portugal, por exemplo, uma revolta na década de 1970 recebeu o nome de Revolução dos Cravos.

O cravo vermelho significa amor profundo, verdadeiro, ou sentimento de gratidão; já o branco simboliza a inocência, a pureza, mas, se tiver listras, é a dor e o lamento por um amor que não foi correspondido. Enquanto o cravo rosa quer dizer carinho e boas lembranças.

Outra simbologia bastante forte liga os cravos à figura materna, sendo que a flor branca quer dizer saudade, e é bastante utilizada em homenagens póstumas às mães. Os cravos vermelhos, por sua vez, servem para homenagear as que estão vivas.

Os brancos e vermelhos, além de representarem um amor profundo, simbolizam um sim a alguma proposta recebida.



cravo_branco

 

E tem mais: os cravos amarelos também indicam um certo conformismo, a não reciprocidade amorosa, ou ainda, recusa ou pedido de desculpas.

Portanto, se você precisar demonstrar desilusão, amor, respeito, admiração ou gratidão, ofereça um buquê de flores com cravos.

Estas são apenas algumas histórias e possibilidades ligadas à plantinha que tem forte apelo ornamental devido a sua leve coloração azulada.

Já deu para notar os motivos pelos quais a flor é uma das mais procuradas nas lojas especializadas, não é mesmo?

Dicas e outras informações sobre o cultivo do cravo

11231f662cf58886c418d3ba8d4da178

O cravo precisa de solo rico em matéria orgânica, sendo 1 parte de terra (comum, de jardim), 1 de terra vegetal e 2 partes de composto orgânico.

As sementes de cravo são facilmente achadas em casas de produtos agrícolas, floriculturas e até supermercados, entre outros lugares.

A flor pode ser plantada o ano todo, mas não germina em temperaturas muito baixas.

O solo deve estar entre 21°C e 24°C. Em condições ideais, ela é capaz de florir praticamente o ano inteiro.

O mais recomendado é o plantio no outono, e com boas condições de luminosidade, pois o cravo requer muita luz solar.

Quanto aos climas mais quentes, o cravo resiste bem a eles, desde que seja regado com regularidade.

É importante manter a umidade sempre alta até o cravo começar a germinar – algo em torno de 3 a 7 dias.

As sementes do cravo são relativamente grandes e, portanto, mais fáceis de manusear.

A primeira dica é molhar bem a terra e enterrar as sementes o suficiente para cobri-las. Não é preciso cavar fundo demais, ok?

No caso do transplante de mudas de cravo, é preciso diminuir a frequência das regas depois que a planta estiver estabilizada no novo ambiente, para que o solo consiga secar um pouco, principalmente no inverno. Umidade em excesso pode atrair fungos e fazer a raiz apodrecer.

Se as mudas são replantadas em locais muito frios, o ideal é movê-las aos poucos para que tenham contato com o Sol logo que surgirem as primeiras folhas. Assim, seus galhos não precisarão esticar em busca de luz.

Caso seus cravos estejam em vasos, é fundamental que eles contem com aberturas para escoar a água que as plantas não absorveram. E quando for regar, molhe apenas a terra, e não as folhas.

Existem variedades de cravo indicadas ao plantio por sementes e outras que conseguimos por meio de estacas. A semeadura é a maneira mais comum no Brasil, e deve ser feita preferencialmente de maio a julho. Porém, em regiões quentes, é melhor começar a plantação no outono.

Espero que o artigo de hoje possa ajudar você a começar a sua…

Boa sorte, e até breve!

Veja também:

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Fatima

/* ]]> */