Unhas

Principais cuidados com as unhas no inverno

Você já deve ter notado (ou talvez não) que, em época de frio, as unhas tendem a ficar mais quebradiças e sujeitas à descamação. Por isso, é preciso tomar certos cuidados com as unhas no inverno.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% EM TODO O SITE

Mudança de estação normalmente implica em mudança de hábitos. Da alimentação ao vestuário, passando por questões de saúde e estética, muita coisa precisa se adequar às novas condições. Com as unhas não é diferente.

Unhas saudáveis apresentam em sua composição 18% de água. O ressecamento no inverno faz esse percentual cair de forma drástica. Como consequência, as unhas ficam mais fracas e  quebradiças.

Essa perda de umidade se deve às bruscas mudanças de temperatura a que as mãos são submetidas, ora entrando em contato com o frio natural do ambiente, ora permanecendo em local artificialmente aquecido. Banhos muito quentes, removedores de esmalte à base de acetona e produtos de limpeza também afetam bastante a saúde das unhas.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

Cuidados simples que resolvem

Alguns simples cuidados com as unhas no inverno não só previnem como remediam os danos a estas partes tão peculiares do corpo. Entre as principais medidas, lembre-se sempre de:




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina
  • Beber muita água: essa é uma forma de prover uma hidratação de dentro para fora.
  • Manter uma alimentação saudável, rica em proteínas e cálcio.
  • Tomar sol: a ausência de vitamina D no organismo enfraquece as unhas. Quinze minutos de sol por dia ajudam a suprir essa deficiência.
  • Usar hidratantes específicos para as mãos, que nutrem a pele e a cutícula, além de agir diretamente sobre a queratina que compõe as unhas, tornando-as mais flexíveis e menos sujeitas a quebras.
  • Substituir a acetona por outros removedores de esmalte: a acetona contém substâncias que ressecam as unhas e a pele em torno delas. Atualmente existem removedores de esmalte em diferentes formatos e sem acetona em sua composição.
  • Evitar o uso de adesivos de unha e extensões acrílicas ou postiças.
  • Usar bases fortalecedoras, que contêm vitaminas e nutrientes.
  • Evitar esmaltes que contenham substâncias corrosivas, como o formaldeído ou o tolueno.
  • Fazer as unhas semanalmente.
  • Utilizar uma camada adicional de esmalte, para aumentar a proteção.
  • Duas vezes ao mês, fazer um detox nas unhas, que inclui um polimento com lixa, uma hidratação com creme para unhas e uma esfoliação com vinagre e açúcar.
  • Deixar as unhas sem esmalte por um ou dois dias antes de pintá-las novamente.
  • Evitar a retirada das cutículas, pois elas protegem naturalmente as unhas contra fungos, bactérias e vírus.
  • Usar luvas quando tiver que entrar em contato com produtos de limpeza.

Soluções caseiras para os cuidados com as unhas no inverno

Você certamente vai encontrar no comércio uma grande variedade de bons produtos para cuidar de suas unhas. Mas há também a alternativa de usar algumas soluções caseiras bastante acessíveis e eficientes, que auxiliam tanto na hidratação das unhas como no combate a agentes que as enfraquecem, como fungos, bactérias e vírus.

Conheça algumas dessas soluções:

  • Máscara de azeite de oliva: aplicar azeite de oliva sobre as unhas por pelo menos vinte minutos ajuda a mantê-las hidratadas.
  • Vinagre: assim como no caso do azeite, manter os dedos mergulhados em vinagre por vinte ou trinta minutos hidrata as unhas.
  • Massagem com cebola: mergulhe os dedos em um pote de cebolas picadas, ou então, faça perfurações em uma cebola para acomodar os dedos nelas. Mantenha esse contato por vinte minutos e depois deixe-os secar naturalmente. A cebola é rica em vitamina E, ferro e enxofre.
  • Óleo de rícino: com um algodão, aplique-o sobre as unhas. Também são excelentes os óleos de jojoba, amêndoas, alecrim e argan, todos ricos em vitamina E.
  • Esmalte-base com alho: triture dois dentes de alho e misture-os em um esmalte transparente. Aplique-o diariamente sobre as unhas durante uma semana.
  • Cremes ou extratos caseiros:
    • à base de cavalinha, manteiga de cacau e lanolina;
    • à base de cravo e azeite de oliva;
    • à base de amêndoas, jojoba, vitamina E e damasco;
    • à base de ovo, óleo de amêndoas e papaia;
    • à base de menta, camomila, azeite de oliva e farinha de trigo;
    • à base de vinagre de maçã, azeite de oliva e cerveja;
    • à base de óleo de jojoba, manteiga de cacau, cera de abelha, óleo essencial de sândalo e óleo essencial de limão;
    • à base de óleo de amêndoas, açúcar e laranja (ou limão).

Mitos e verdades sobre o cuidado com as unhas

#1. Lixar as unhas em lugar de cortá-las provoca o seu enfraquecimento?

Mito: Lixar ou cortar não causa qualquer efeito sobre a saúde das unhas.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

#2. Pintar as unhas semanalmente faz mal?

Mito: O que não é aconselhável é manter as unhas pintadas por mais de uma semana. É preciso dar um respiro de um a dois dias sem pintura.

#3. Esmaltes escuros protegem mais que os esmaltes claros?

Mito: Essa impressão é causada pelo fato de os esmaltes escuros serem normalmente mais espessos, mas não há nenhuma propriedade adicional neles.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

#4. Luvas de borracha prejudicam a saúde das unhas?

Mito: O calor e a umidade que se formam no interior das luvas até favorecem a proliferação de bactérias, mas só um uso prolongado torna isso possível.

#5. O polimento enfraquece as unhas?

Verdade: Polir com frequência a parte superior das unhas retira queratina, fazendo com que elas fiquem mais finas e quebradiças.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

#6. A alergia a esmaltes pode ser contornada pelo uso de uma base hipoalergênica?

Mito: Nesse caso, tanto a base quanto o esmalte precisam ser hipoalergênicos.

#7. Unhas postiças são prejudiciais às unhas?

Verdade: a colocação de unhas postiças facilita a entrada de umidade e a formação de fungos no pequeno espaço que se forma entre a unha postiça e a unha natural.

Cuidados com as unhas no inverno: soluções na ponta dos dedos

Como vimos, é preciso manter alguns cuidados com as unhas no inverno, mas nada que exija soluções difíceis de se adotar. Se você já cuida com frequência das unhas, provavelmente só precisa ajustar um ou outro hábito. Se não, vale a pena passar a olhar com mais cuidado para elas. As soluções estão na ponta dos dedos.

Último Vídeo do Nosso Canal


/* ]]> */