Receitas

Cuscuz: conheça a origem + 3 receitas deliciosas!

Cuscuz

Você provavelmente conhece o cuscuz. Caso não, provavelmente depois deste texto tentará se familiarizar com esse prato típico paulista que se espalhou pelo Brasil por causa dos bandeirantes paulistas. Por ser uma mistura que durava muito tempo na estrada, os bandeirantes costumavam levar em suas viagens.

A origem do Cuscuz

Como acabamos de mencionar acima, o Cuscuz é uma comida típica da cidade de São Paulo que acabou se espalhando pelo Brasil por causa dos bandeirantes paulistas que exploravam as terras em busca de ouro. Como era longas caminhadas e muitas noites dormindo ao relento, esses desbravadores sentiam a necessidade de parar e fazer aquele lanchinho básico.

Mas, pensa, naquela época não existia sequer geladeiras, imagine embalagens para manter os alimentos consumíveis? Para aguentar a pegada da estrada, somente um alimento que resistisse às intempéries do caminho e foi aí que surgiu a mistura: farinha de milho, feijão, mandioca e o torresmo.

O Cuscuz e suas variações

Como dissemos, o Cuscuz acabou se espalhando pelo Brasil por causa dos bandeirantes que buscavam por ouro, um deles é bem conhecido pela zona Sul e tem até uma grande estátua por lá, Borba Gato, já chegou a ver? Então, com esse vai e vem o cuscuz acabou ganhando alguns ingredientes diferentes distintos de cada região.

Por exemplo, os caiçaras acabaram adicionando camarão, peixe e palmito. Uma combinação que ficou tão boa que acabou se tornando mais tradicional que o original. No entanto, na região nordeste, onde as coisas são meio difíceis, o cuscuz conta apenas com a farinha de milho, um pouco de tapioca e uma pitadinha de sal.

Em algumas regiões do Brasil, o cuscuz é um alimento essencial para qualquer café da manhã completo, saboroso e saudável. E para você ter uma ideia da variedade que pode ser encontrado, abaixo, algumas receitas deliciosas utilizando esse alimento que fez história em nosso país.

Mas, antes de vermos algumas combinações deliciosas, lembrem-se, devido a outros ingredientes, o cuscuz pode não ser tão resistente ao tempo, por isso, atente-se para suas maneiras de conservação.



Cuscuz

Cuscuz de calabresa

Ingredientes:

  • Duas c. sopa azeite de oliva;
  • Meia cebola picada ou ralada;
  • Dois dentes de alho picado;
  • Um gomo e meio de calabresa bem picadinha mesmo;
  • Uma xíc. e meia de chá de farinha de milho;
  • Meia xíc. chá de ervilha fresca e outra de milho;
  • Duas c. sopa extrato de tomate;
  • Um terço de pimentão picado (vermelho);
  • Seis azeitonas picadinhas;
  • Duas xíc. chá de caldo de legumes (meio tablete dissolvido em caldo caseiro ou na água);
  • Pimenta-do-reino e sal a gosto.

Modo de preparo:

Vamos começar refogando o alho e a cebola em azeite de oliva, depois, pegue a calabresa bem picada com o pimentão e jogue na panela, siga misturando por alguns minutos, na sequência, coloque as ervilhas, o milho, azeitonas, o extrato e o caldo. Agora vamos deixar ferver.

Vamos colocar a farinha de milho, mas não de uma vez, vamos aos pouquinhos para não ficar tudo empelotado, e não esqueça de ir mexendo para que sua delícia não comece a grudar no fundo da panela, por último vamos colocar a pimenta e o sal. Por enquanto é só.

Agora vamos pegar uma daquelas formas com furo no centro, unte com o azeite e, antes de despejar o conteúdo da panela, vamos colocar alguns ingredientes no fundo da panela para ficar bonito e mais saboroso. Coloque um pouco de ervilha, milho, azeitonas. Depois disso, despeje a massa e de umas pressionadas para ficar bem firme.

Deixe esfriar, algo que pode girar em torno de uma hora, depois disso, pode desenformar, agora, se quiser comer um cuscuz geladinho, ele pode ser mantido na geladeira por até 24hs antes de desenformar.

Cuscuz nordestino

Ingredientes:

  • Duas xíc. chá flocos de milho;
  • Uma xíc. chá de água;
  • Uma c. café de sal.

Modo de preparo:

Pegue todos os ingredientes e misture muito bem até que toda farinha esteja umedecida. Agora vamos deixar descansar por no mínimo dez minutos. Se você tiver cuscuzeira, ótimo, caso não, pode usar qualquer panela que cozinhe a vapor.

Digamos que você conseguiu uma cuscuzeira. Coloque dois dedos de água na parte debaixo e na parte de cima, onde tem os furinhos, coloque a massa e pressione com cuidado. De uma olhada na água que está na panela, se estiver fervendo, deixe ali por cinco minutos, ao término do tempo, desenforme e mande ver.

Cuscuz

Cuscuz paulista de legumes

Ingredientes:

  • Dois tomates maduros;
  • Meia xíc. chá de água natural;
  • Quatro c. sopa óleo vegetal;
  • Três dentes de alho picados;
  • Uma cebola bem picadinha;
  • Meia xíc. chá de pimentões cortados (verdes);
  • Uma xíc. chá e meia de cenoura ralada;
  • Meia lata de milho;
  • 300gr de palmito picadinho;
  • Uma xíc. chá de azeitona picada;
  • Meia lata de ervilha;
  • Uma xíc. chá cheiro verde;
  • Meia xíc. chá de farinha mandioca (torrada);
  • Uma xíc. chá e mei de farinha de milho (grossa)
  • Um tomate lavado e fatiado para decorar;
  • Sal a gosto.

Modo de preparo:

Vamos picar todos os ingredientes conforme descritos acima. Vamos pegar o tomate e a água e bater no liquidificador até ficar bem misturado. Deixe de lado. Agora, pegue uma panela e ligue em fogo baixo, agora vamos refogar a cebola e o olho com o óleo vegetal até ficarem douradinhos.

Vamos colocar os pimentões picados, a cenoura ralada, milho, palmito e finalmente, as azeitonas. Coloque sal a gosto e refogue tudo até ficarem macios. Agora, pegue os tomates batidos, junte e misture tudo muito bem. Agora, coloque as ervilhas, o cheiro verde, misture, experimente o sal e caso necessário, corrija.

Agora vamos colocar a farinha de mandioca e misturar tudo de novo, agora a farinha de milho e continue misturando muito bem até estar tudo bem uniforme. Atente-se para não colocar farinha demais, caso isso aconteça, seu cuscuz ficará seco demais. Agora vamos untar a assadeira vazada com um fio de azeite, coloque as rodelas de tomate para decorar, algumas azeitonas e quiser, adicione a massa e vá apertando delicadamente.

Depois de três horas, desenforme e sirva, ou se preferir, leve a geladeira, ou esquente no micro-ondas, de qualquer forma que escolher, seu cuscuz, independente qual escolher, ficará uma delicia de lamber as pontas dos dedos.

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Redação Tudo Ela

Site focado em publicar conteúdo atual e interessante sobre o universo feminino. Fazemos curadoria e pesquisamos dicas úteis para o dia-a-dia da mulher moderna. Saiba mais sobre nós.

/* ]]> */