Decoração

Patchwork: decoração com tecidos cria ambientes únicos e lindos!

O colorido e o clima aconchegante já são motivos de sobra para apostar no patchwork. Além disso, a decoração com tecidos pode sair bem mais em conta. Veja hoje ideias para renovar ambientes com criatividade, bom gosto e economia.

Sugestões de decoração com patchwork

A variedade de trabalhos com tecidos é enorme. Dá para fazer pufe decorado com patchwork, cabeceira de cama em patchwork, almofadas, tapetes, colchas de cama, mantas, cortinas e até decoração de festas com tecidos coloridos que lembram os tempos da vovó.

Depois de encantar festas juninas e infantis por todo o Brasil, o artesanato foi aos poucos ganhando espaço e credibilidade, sendo adaptado às mais diferentes idades e eventos.

As cores irresistivelmente alegres deixam qualquer comemoração mais bonita e descontraída. O patchwork vai da mesa principal do bolo às dos convidados; das coberturas das cadeiras aos painéis incríveis para fotos exclusivas.

Nas residências, os patchworks vão além de pufes, poltronas e enfeites do quarto das crianças. A tendência vem ganhando tanto espaço que, hoje, existe uma linha grande de produtos inspirados na técnica. Entre eles, adesivos para azulejos e papeis de parede que imitam o artesanato.

Uma solução genial para quem não tem tempo ou não sabe confeccionar patchwork e deseja ter uma parede revestida de forma irreverente e acolhedora – que lembra bastante o tecido real.



Porém, o bom mesmo é usar as peças originais, que são mais bonitas e valorizadas no décor com tecidos.

Sem falar que o patchwork é uma ótima maneira de passar o tempo. Um hobby que estimula a criatividade, a imaginação, e ainda facilita a repaginada no lar com pouco dinheiro.

Os quartos infantis, por exemplo, são perfeitos para ter figuras como animais, personagens de desenhos animados, bonecos e muitos outros produzidos com retalhos.

Para não errar na decoração com tecido na parede, combine o material com o restante do décor, usando tons parecidos. Se existirem outras estampas no cômodo, tente harmonizá-las para não sobrecarregar visualmente o espaço.

O ideal é aplicar o patchwork em paredes específicas, chamando atenção para um determinado ponto. Hall de entrada, salas, quartos e outros ambientes secos são mais indicados.

Áreas úmidas (cozinha, banheiro, lavanderia) devem ser evitadas, pois o contato com a água pode estragar o tecido com o tempo.

Ao montar um patchwork na parede, você pode brincar à vontade com vários tipos de tecidos, criando um mix de estampas interessante e impossível de passar despercebido.

Outra dica é fazer moldura nas paredes. Incluir estas peças em uma superfície decorada com tecidos proporciona um ar mais requintado ao artesanato. Sobre a cabeceira da cama, por exemplo, fica um charme, e mantém aquele toque especial que só o patchwork tem.

Como é feito o artesanato patchwork

Funciona assim: são três camadas sobrepostas – tampo, enchimento e forro.

Na primeira, o tampo, os tecidos são costurados entre si; o enchimento serve para dar volume; já o forro é o tecido de acabamento final.

O patchwork é uma técnica que une as três camadas. Não é difícil. E, atualmente, estão disponíveis para compra inúmeros manuais sobre o trabalho. Eles podem ser adquiridos nas bancas de jornais, lojas especializadas ou na internet.

Vale a pena lembrar que, além de decorar seu cantinho, você pode investir profissionalmente em trabalhos manuais com o patchwork, uma tendência cada vez mais forte.

Boa parte do sucesso do patchwork está em sua capacidade de remeter a algo simples, familiar e puro, uma arte que vem sendo muito utilizada na decoração com tecidos. A emenda de cada pedacinho forma desenhos surpreendentes, só depende da imaginação de quem costura.

Então, quem diria que é possível fazer tanta coisa com singelos tecidos coloridos? Pois é… Tudo aqui é apenas uma mostra do universo de formas, texturas e soluções que o patchwork traz. A decoração com tecidos veio para ficar!

Até breve com mais dicas…

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Fatima

/* ]]> */