Decoração

Decoração com plantas artificiais pode ser mais bonita do que você imagina

Decoração plantas artificiais

Vegetação natural é encantadora, eu sei. Mas quem não tem tempo de cuidar como ela merece pode recorrer à decoração com plantas artificiais para enfeitar os ambientes. Algumas têm um acabamento tão perfeito que a gente jura que são de verdade.

Às vezes, é o espaço limitado ou a falta de incidência da luz solar que impede a pessoa de ter uma plantinha de verdade em casa ou no escritório. O que não quer dizer que a graciosidade que a natureza proporciona não possa ser obtida de alguma maneira, ainda que parcial.

Só que até mesmo as mais exuberantes plantas artificiais precisam ser utilizadas de forma adequada, para ter um visual refinado. Escolher o lugar para colocar cada uma é importante; qualquer erro pode causar uma impressão de decoração barata.

Decoração com plantas artificiais

Assim como acontece com as naturais, o uso das artificiais depende do tamanho do exemplar, da área disponível e da intenção pretendida ao decorar. No entanto, alguns pontos merecem atenção extra.

Veja ideias para usar da melhor forma possível buquês de flores, folhagens e várias outras alternativas fakes que dão cor e beleza aos mais diversos espaços:

  • Cuide delas – vegetação artificial também requer cuidados parecidos com os das plantas de verdade. Ao usar terra ou musgos no vaso, por exemplo, a decoração fica mais verdadeira, e o resultado é muito mais bonito.

É um jeito de aproveitar os encantos das folhagens e flores sem gastar demais e, ainda, sem ter que regar a planta. Porém, isso não significa que a peça não possa receber alguns mimos para ficar a decoração permanecer elegante, certo?

  • Fora de alcance – disponha suas plantas artificiais em locais que elas possam ser vistas, admiradas, mas não tocadas. Assim, você garante o melhor delas, valoriza a decoração e não deixa em evidência o material, por melhor que ele seja.

Dentro de casa, vale até colocar as plantas maiores, como as pequenas árvores, em vasos, nos cantos estratégicos. Se o vaso for decorado, melhor ainda. Ele chama atenção e deixa a planta artificial compor o ambiente mais discretamente.

Esta sugestão funciona principalmente em áreas grandes.

  • Limpeza – tudo bem que flores e arbustos artificiais não precisam de poda, adubagem, rega… Mas limpeza frequente é necessária para remover poeira e outras sujeirinhas que ficam grudadas.

Use produtos específicos, de preferência os que forem indicados pelo fabricante das plantas artificiais. Desse modo, elas ficarão vistosas e lindas por mais tempo.
Outro bom motivo para não descuidar da limpeza é que as impurezas acumuladas nelas podem provocar crises alérgicas.

  • Qualidade é tudo! Mesmo economizando, é preciso escolher modelos que cheguem o mais perto possível das plantas naturais. O tempo em que as artificiais eram consideradas “bregas” já passou, mas não dá para descuidar da qualidade do material.

As produzidas em silicone são boas opções para conseguir a decoração com plantas artificias chiques. O investimento nelas é um pouco maior. No entanto, lembre-se que você não terá os mesmos gastos futuros das plantas naturais. Pense no custo-benefício!

Nem sempre podemos colocar a planta que desejamos no banheiro porque o local é úmido demais. Então, as plantas artificiais são grandes aliadas na decoração do cômodo.

Aposte nas verticais, em vasos pequenos ou grandes, de preferência perto do espelho, para causar uma impressão de amplitude.

Tem um canto livre no seu escritório ou home office? O truque para deixar o lugar agradável sem ter que se preocupar muito com manutenção é usar plantas artificiais em vasos maiores. Ou, se preferir, deixar um belo arranjo ou vasinho na sua mesa de trabalho.

E no quarto, que é um espaço geralmente com vários itens compondo o décor, é recomendado pegar leve nas plantinhas, sejam elas naturais ou não. Pequenas flores artificiais na cabeceira da cama, janela ou nicho dão conta do recado com graça e leveza.

A decoração com plantas artificiais vai da varanda ao banheiro, ou seja, é facilmente incorporada a qualquer espaço. Uma forma prática, que requer poucos cuidados e acrescenta um pouco de cor. E o bom também é que elas estão cada vez mais parecidas com as plantas naturais!

Aproveite-as!
Até o próximo post…

Sobre o autor

Fatima