Decoração

Decoração com suportes de macramê

Sua casa pede novidades, a gente leva até você, claro! Agora é hora de falarmos de mais um artigo essencial para você decorar sua casa sempre que precisar. Chegou a vez da decoração com suportes de macramê!

Com o artesanato está em alta, o estilo macramê volta para aquecer sua ideia sobre itens decorativos para a área interna da sua casa.

Uma técnica muito tradicional e linda de se ver, ela permite criar diversos adereços e produtos dentro das opções de quem entrar o mundo caseiro do “faça você mesmo”.

Afinal, o artesanato para casa utilizando a decoração com suportes de macramê vão desde os detalhes para toalhas até os tradicionais suportes para plantas. O objetivo é dar aquele charme especial ao seu lar.

Para ajudar a inspirar você nessa missão de decorar sua casa com objeto feitos com a técnica, nosso artigo vai mostrar como surgiu a decoração com suportes de macramê, fotos e um passo-a-passo sobre como fazê-lo na sua casa. Confira com a gente!

A história do macramê

Datado da pré-história, o termo macramê tem origem na palavra turca “migramach”, significando ‘’nó’’ e pode traduzido como ‘’tramas ornamentais” ou “tecido com franjas”.

Ele surgiu quando o homem aprendeu a tecer e amarrar fios com as fibras feitas de vegetais e animais, ajudando-o a se abrigar dos climas mais frios e também para criar utensílios, armas e objetos de caça.

Com o passar dos tempos, a técnica começou a ser utilizada por marinheiros, principalmente ao fazer amarrações em barcos de trabalho. A partir daí, pelos mares, o macramê se expandiu para o mundo, onde era sempre aperfeiçoado com novas técnicas de nós.

Aqui no Brasil, antes da decoração com suportes de macramê, a técnica de nós veio junto à colonização portuguesa.

Entenda o macramê nos dias de hoje

Conforme nossa pesquisa, você viu que o macramê é uma variedade de artesanato pré-histórica, antiga. Nessa técnica os fios são trançados e depois atados por nós. Assim, sua criação não requer nem um tipo de máquina ou ferramenta. Apenas as mãos e fios!

Com essa praticidade, a decoração com suportes de macramê se tornou uma forma simples e econômica para você personalizar sua casa e até mesmo ganhar dinheiro extra.

Outra vantagem do macramê é que ele pode ser usado como atividade terapêutica. Isso porque, ao exercer a técnica, você manter sua mente focada na trama dos nós.

Tipos de macramê

Linha de macramê

Antigamente, a técnica do macramê ajudava na sobrevivência do homem e eram feitas de fibras vegetais e animais, sendo semelhantes às linhas de algodão, lã e até linho.

Hoje em dia, além desses tipos de fios, também podemos contar com o barbante, crochê e linhas de tricô e até linhas específicas para a criação do macramê.

Dependendo do estilo da decoração com suportes de macramê, o trabalho final depende da textura e pode fazer muita diferença na finalização do seu artesanato.

Nós de macramê

Antes de aprender a técnica e começar sua própria decoração com suportes de macramê, você precisa aprender dois dos principais nós que existem: o festonê e o macramê. Mas existem, também, variações e até mesmo influências deram origem a nós como:

  • Duplo diagonal;
  • Josefina;
  • Chato;
  • Meio-nó alternante;
  • Quadrado.

É válido aprender esses tipos, pois eles podem ser utilizados para você desenvolver objetos e acessórios utilizando materiais como:

  • Miçangas;
  • Sementes;
  • Pedras;
  • Madeiras.

Com tanta utilidade vista até os dias de hoje, o macramê chegou a cair no esquecimento. Mas, quando reapareceu há cerca de 40 anos, ele chegou a ser visto como algo inovador, sem conhecerem a história real.

Valorizado novamente, hoje a decoração com suportes de macramê tem utilidades diversas. Você mesma pode inovar ao utilizar a técnica de pontos e nós para elaborar e criar peças e produtos artesanais como:

  • Pulseiras;
  • Sandálias;
  • Cortinas;
  • Cestos;
  • Brincos;
  • Entre outros objetos artesanais.

É só misturar sua criatividade e imaginação com materiais certos para a execução.

O macramê festonê no passo-a-passo

Antes de aprender a fazer o festonê em casa, saiba que ele utiliza apenas dois fios e pode variar no formato do ponto. Tudo varia de acordo com o sentido que você dá à trama.

Confira nosso passo-a-passo e arrisque sem medo para fazer o festonê em casa! É simples, basta prestar atenção.

  1. Primeiro, separe um fio ou a estrutura guia;
  2. A seguir, deixe o projeto na vertical;
  3. Pegue outro fio;
  4. Dobre-o ao meio;
  5. Agora, amarre-o ao fio que usou como base;
  6. Separe apenas um dos fios que está amarrado à estrutura;
  7. Passe-o acima do fio usado como base;
  8. A seguir, passe por dentro da laçada que se formar;
  9. Depois, passe por baixo do fio base;
  10. Puxe, finalizando o nó;
  11. Repita todo o processo;
  12. Pegando o fio que você não utilizou ainda;
  13. Repita o mesmo passo acima;
  14. Passe o fio acima do fio base;
  15. Depois passe por dentro da laçada;
  16. Puxe e finalize o nó;
  17. Repita novamente esse processo;
  18. A seguir, volte lá ao primeiro fio;
  19. Repita os passos dando sempre dois nós em cada fio.

Faça um suporte para plantas com macramê

Entre as dicas sobre decoração com suportes de macramê mais conhecidas, uma das grandes tendências atuais é o modelo de suporte para plantas (hanger). Então, venha conferir nossos passo-a-passo de como fazer essa maravilha para enfeitar sua casa.

Materiais:

  • Barbante;
  • Tesoura;
  • Argola.

Passo-a-passo:

  1. Corte oito fios de barbante de 5 metros;
  2. Corte dois fios de 1 metro;
  3. Passe os fios pela argola;
  4. Então, dobre-os ao meio;
  5. Pendure a argola num ponto firme
  6. Enrole um dos fios menores abaixo dela
  7. Dê várias voltas nela;
  8. Feche bem firme com um nó no final;
  9. Separe outros 4 fios mais próximos;
  10. Deixe-os no meio desses separados soltos;
  11. A seguir, faça um nó duplo e firme;
  12. Então, faça nós duplos até conseguir um trançado de uns 20 cm;
  13. A seguir, repita todo esse processo nos demais 3 grupos que têm 4 fios;
  14. Deixe o espaço de um palmo com os fios mais lisos, sem trançar;
  15. Repita o processo até conseguir uns 10 cm já trançados;
  16. Repita o método em todos os grupos de fios;
  17. Deixe outro palmo de espaço
  18. Pegue mais 2 fios de um grupo, junte-os a 2 do outro
  19. Faça 3 nós duplos
  20. Repita isso em todos os grupos;
  21. Ao terminar, pegue o fio menor que sobrou e passe-o enrolando os fios maiores.

Lembre-se se escolher um vaso bonito e acertar no seu tamanho. A decoração com suportes de macramê também exige uma boa dose de criatividade e um certo dom artístico. Mas tudo vale a pena quando a alma não é pequena!

Sobre o autor

Redação Tudo Ela

Site focado em publicar conteúdo atual e interessante sobre o universo feminino. Fazemos curadoria e pesquisamos dicas úteis para o dia-a-dia da mulher moderna. Saiba mais sobre nós.