Beleza Estética

Depilação íntima feminina: dicas de ouro para você fazer

Depilação íntima feminina

Depilar pode ser um tanto quanto incômodo para algumas pessoas, enquanto para outras é apenas uma prática comum realizada de certo em certo tempo. O problema maior da depilação, em alguns casos, é quando está na hora de realizar a depilação íntima feminina e a mulher tem de ficar despida na frente de outra.

Algumas mulheres ficam envergonhadas quando precisam fazer a depilação íntima, outras já não gostam mesmo e preferem fazer isso em casa. Daí ela própria faz a sua depilação íntima feminina e não precisa se preocupar com quem está ali no mesmo local.

Alguns dos bons motivos para você mesma se depilar é que, além de estar em casa, você economiza dinheiro e tempo. Isso porque, caso surja um imprevisto e sua depiladora não tenha horário disponível, você mesma estará pronta para se resolver e fazer sua depilação.

O que acontece, normalmente, quando é a primeira vez que a mulher vai fazer uma depilação íntima feminina é que sempre surge a dúvida de qual o jeito correto de fazer, quais materiais utilizar, qual a melhor forma de higienizar as partes íntimas, entre outras dúvidas.

Como esse é um assunto um pouco mais delicado e que pode se tornar uma tortura ou um momento de dor para as mulheres, vamos falar um pouco sobre as maneiras de depilar as partes íntimas e sobre algumas dicas de ouro para você ficar bela sem se machucar ou morrer de dor.

Existem algumas maneiras de depilação que são clássicas e mais fáceis para quem quer se depilar, principalmente, em casa. Algumas delas são: a depilação com cera (que pode ser cera quente ou fria), a depilação com lâmina de barbear, a depilação a laser e a depilação à luz pulsada.



1) Depilação com cera

A depilação íntima feminina com cera é um dos tipos de depilação onde utiliza-se uma massa de cera cremosa. A aplicação na área tratada, como por exemplo, na virilha, se dá através do auxílio de uma espátula ou de um rolo e após o endurecimento dessa massa, retira-se com tiras de papel especifico. Pode-se retirar também com as mãos sem o auxílio do papel. É aconselhável que os pelos não estejam a um comprimento maior do que 5 mm. Aqui tem-se a opção de cera quente ou fria e ai vão algumas dicas.

Cera quente

Esse tipo de cera é mais indicada para a depilação de partes mais sensíveis como por exemplo, púbis, axilas e rosto. Além disso, também é indicada para pessoas com tom de pele clara, sem tendência a manchas.
depilação íntima feminina à cera quente é uma boa ideia, para quem, deseja realizar uma viagem mais longa, já que, tem um efeito mais duradouro. Isso porque a cera gruda nos pelos, arrancando-os desde a raiz quando esfria.
Se for realizar a depilação em casa, teste a temperatura da cera antes de aplicá-la as partes intimas ou qualquer outro local do corpo.

Uma boa opção para ajudar a abrir os poros e soltar os pelos mais facilmente é tomar um banho morno e realizar uma boa esfoliação na área a ser depilada. Existem também anestésicos locais ou orais que podem ser uma boa ideia para evitar a dor. Pode-se também, deixar um ventilador próximo com o intuito de aliviar a dor, fazendo com que, a cera seque mais rápido que o normal.

Cera fria

Esse tipo de cera é indicada para pessoas que gostam de deixar o pelo crescer, para pessoas de pele sensível e para pessoas com tendência a vasos.

A depilação à cera fria age como uma fita adesiva colando o pelo e eliminando-o quando você puxa.
Uma boa opção para ajudar a abrir os poros e facilitar a remoção completa dos fios é passar um cubo de gelo na pele, uma vez que, o gelo possui efeito anestésico devido a sensação de frio. No entanto, é importante secar bem antes da depilação íntima feminina.

soltar os pelos mais facilmente é tomar um banho morno e realizar uma boa esfoliação na área a ser depilada. Existem também anestésicos locais ou orais que podem ser uma boa ideia para evitar a dor. Pode-se também, deixar um ventilador próximo com o intuito de aliviar a dor, fazendo com que, a cera seque mais rápido que o normal.

2) Depilação com lâmina de barbear

Essa maneira de depilar é uma das opções mais econômica para se manter lisinha. No entanto, aqui é dos métodos onde existe maior probabilidade de a mulher ter alguma reação, como por exemplo, alergia, irritação, pelos em poucos dias e algumas bolinhas avermelhadas. É aconselhável para caso haja uma urgência.

3) Depilação à laser

Esse método está na moda atualmente e, é um dos mais eficazes e duradouros. Os aparelhos de laser emitem ondas capazes de danificar os folículos dos pelos, fazendo com que, os pelos demorem mais tempo para aparecer. No entanto, é necessário mais de uma sessão.

Vale dizer que, quanto mais escuros os pelos mais fácil é sua remoção, uma vez que, a luz do laser é atraída pela melanina.

4) Depilação à luz pulsada

Esse tipo de depilação funciona basicamente como a depilação íntima feminina à laser e é muito menos dolorido. Através desse método é possível eliminar as marcas de pelos encravados.

No geral:

  •  As partes do corpo que tendem a ter menos pelos encravados são os braços e as pernas.
  •  Evite utilizar a cera fria pois, ela é muito agressiva.
  •  A pele da virilha é muito sensível e fina, por isso, evite usar lâmina de barbear.
  • Capriche na limpeza e higienização da região a ser depilada.
  •  Evite se depilação durante ou próximo ao início ou fim do ciclo menstrual.
  •  Hidrate a pele após a depilação, principalmente, na região da virilha.
  •  Evite roupas apertadas e de material sintético.
  •  Evite exposição solar logo após a depilação.
  •  No caso da lâmina de barbear, procure um aparelho de qualidade, sempre com duas ou mais lâminas, para reduzir a pressão e ter um melhor resultado.
  •  Caso o pelo esteja muito grande, vale a pena aparar com a tesoura.
  •  O laser é menos dolorido do que a cera e os aparelhos de depilar, embora tenha um alto custo beneficio.
  •  A depilação a luz pulsada possui o mesmo objetivo do laser, tendo um custo benefício melhor.

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Redação Tudo Ela

Site focado em publicar conteúdo atual e interessante sobre o universo feminino. Fazemos curadoria e pesquisamos dicas úteis para o dia-a-dia da mulher moderna. Saiba mais sobre nós.

/* ]]> */