Maternidade

Desfralde: veja como fazer o desfralde da criança de maneira simples

Desfralde

O desfralde pode causar medo e insegurança na maioria das mães. Conseguir guiar a criança na transição das fraldas para o peniquinho ou vaso sanitário pode parecer muito difícil. No entanto, com as atitudes certas, é possível passar por essa fase com tranquilidade.

Neste artigo, veja como fazer o desfralde passo a passo, saiba quais erros evitar e também confira dicar certeiras!

Como fazer o desfralde:

O desfralde pode ser feito nas crianças a partir dos 2 anos de idade. Nesta idade, a criança já possui controle do cocô e do xixi e também já pode se comunicar com mais facilidade para avisar que está com vontade de ir ao banheiro.

Um dos principais sinais de que a criança está pronta para o desfralde é quando ela começa a se esconder ou se afastar para fazer cocô. Mas pode ser que seu filho se manifeste de maneira diferente.



Mas, cada criança possui suas particularidades, fazendo com que umas passem rapidamente pela transição, enquanto outras demorem mais. O importante é ter paciência e persistência.

Diferente do que podemos pensar, o desfralde não acontece em alguns dias. É um processo de aprendizado e mudança de hábitos que leva tempo.



A preparação:

Antes de partir para o desfralde propriamente dito, é importante se preparar, preparar a criança e também o ambiente. A primeira coisa é conversar com a criança. Procure falar com naturalidade sobre as necessidades fisiológicas, explique que precisamos eliminar o que não serve mais para nosso corpo.

Quando a criança expressar curiosidade em relação ao banheiro, vaso sanitário ou até mesmo quiser imitar você quando usa o vaso, incentive essa curiosidade e diga que logo ela também estará fazendo como você.

Uma atitude que ajuda a criança a se situar é levá-la para trocar a fralda no banheiro com ela de pé. Se a criança fez cocô, jogue o cocô no vaso, sempre explicando e dê descarga. Isso vai ajudar a criança a entender que o banheiro é o local da higienização e das necessidades.

Agora que vocês já conversaram, você poderá preparar a casa para essa transição. Envolva a criança no processo, fazendo com que ela participe da escolha dos acessórios e também ajuda nas adaptações da casa.

Compre o acessório que você vai usar para a criança fazer as necessidades, pode ser um peniquinho ou um adaptador para vaso sanitário. Mais adiante falaremos sobre cada um deles para você tirar suas dúvidas.

Leve a criança para comprar calcinhas ou cuecas e envolva-a no processo, sempre explicando o objetivo dessa mudança.

Separe um local para colocar a roupa molhada da criança, porque eventualmente acontecerão acidentes, e é importante ter um local específico para colocá-las. Deixe algumas roupas limpas com fácil acesso, para ajudar na rotina.

O desfralde:

Para fazer o desfralde, inicie com os horários que a criança costuma fazer xixi: ao acordar, depois de comer, antes de sair de casa, depois de voltar, antes de dormir, etc.

Evite perguntar se a criança quer ir ao banheiro, porque ela ainda não entendeu que deve ter vontade de ir ao banheiro quando quer fazer xixi ou cocô. Procure dizer: “Está na hora de ir ao banheiro”. E leve-a.

Ensine a ida ao banheiro com o mesmo ritual todas as vezes: abaixar a calça, sentar no peniquinho ou no vaso, fazer as necessidades, limpar-se e vestir-se. E não se esqueça de lavar as mãos!

Quando a criança sujar as calças, procure não mostrar desapontamento excessivo, afinal, erros fazem parte do aprendizado. Trate-a com tranquilidade, limpe-a e incentive-a a acertar nas próximas vezes.

Quando a criança acertar, demonstre que está feliz, mas não precisa premiar a criança, apenas parabenize-a pela atenção e disciplina.

Aos poucos a criança vai se adaptando à nova forma de fazer suas necessidades e os erros vão diminuindo.

 

Desfralde na creche:

Se seu filho vai para a creche, os cuidadores que ficam com ela durante o dia devem ser informados sobre o processo. O que é feito em casa deve ser realizado na creche da mesma forma, para que a criança se acostume mais rapidamente.

A boa comunicação é essencial neste processo. Saber como a criança está se comportando na creche pode te ajudar a lidar com as dificuldades dela.

Crianças que estão na creche tendem a ter um desenvolvimento por comparação, pois querer se igualar aos amiguinhos. Isso pode ser muito positivo para a adaptação à nova rotina.

Desfralde noturno:

O desfralde noturno é o último a se fazer. Apenas depois que a criança já consegue segurar as necessidades para fazê-las no peniquinho ou no vaso durante o dia é que se deve passar a fazer o desfralde à noite também. Outra coisa que você pode verificar antes de começar é se a fralda está seca quando o bebê acorda.

Para fazer o desfralde noturno, evite oferecer muito líquido para a criança antes de dormir.

Dicas para o desfralde:

  • o verão é a melhor época para o desfralde: neste período a criança urina menos, por conta da maior transpiração;
  • é sempre melhor exagerar no elogio do que na repreensão: deixar a criança constrangida pode causar ansiedade, fazendo com que ela tenha mais dificuldade para se adaptar;
  • se a criança sujar a roupa: não se exaspere, demonstre tranquilidade e incentive-a a conseguir segurar da próxima vez;
  • não pergunte se a criança quer ir ao banheiro: diga que é hora de ir ao banheiro e a leve naturalmente;
  • roupas confortáveis: procure colocar roupas confortáveis e de fácil remoção, para ajudar na hora do ritual;
  • cocô não é algo ruim: é importante que a criança não tenha aversão ao cocô ao ponto que segurar porque tem nojo, então explique que é algo natural no corpo.

Acessórios para o desfralde:

Existem alguns produtos que serão auxiliadores do processo de desfralde. Cada um deles possui uma função e podem ser usados nesse período de adaptação:

1. Calcinha ou calça de treinamento:

Essas calças ou calcinhas de treinamento são ideais para a fase em que a criança ainda faz xixi na calça. Elas são à prova d’água e evitam de molhar muito a roupa.

2. Adaptador de vaso:

O adaptador é um suporte que vai no vaso sanitário para que a criança possa usá-lo com facilidade para fazer suas necessidades. Se você for usar o adaptador, compre também um banquinho ou escadinha para que a criança consiga subir com autonomia.

3. Piniquinho:

O piniquinho é outra ótima opção para que a criança aprenda a usar o banheiro. Sempre deixe-o no banheiro e descarte o cocô e o xixi no vaso e dê descarga em frente à criança, para que ela entenda que as necessidades devem ser descartadas.

4. Banquinho ou escadinha:

Mesmo que você não use o adaptador de caso sanitário, é muito importante ter um banquinho ou escadinha para que a criança alcance a pia na hora de lavar as mãos.

O desfralde é uma época de muito trabalho, mas ver nossas crias mais independentes e autônomas vale todo o esforço! Compartilhe com a gente nos comentários como você pretende fazer o desfralde.

Sobre o autor

Mariana Mendes