Turismo

Dicas para viajar com pouco dinheiro, inclusive para fora do Brasil

A vontade de pegar a estrada é enorme, mas a grana é curta? Calma, com paciência e dicas para viajar com pouco dinheiro, você consegue driblar as dificuldades e curtir um bom roteiro. Dá uma olhada:

Compare preços – não caia na tentação de comprar passagens logo na primeira propaganda da companhia aérea. Para facilitar a comparação, que tal recorrer à tecnologia? Há vários aplicativos e páginas na web atualmente prontos para fazer o trabalho por você. E, normalmente, comprando com antecedência as tarifas são ainda melhores.

O ideal mesmo é usar milhas, mas se não for possível, fica a dica dos apps.

CouchSurfing – é uma alternativa interessante para quem busca hospedagem e tem pouca grana para gastar na viagem. O CouchSurfing funciona como um cadastro de pessoas que oferecem o sofá de casa para o turista que procura um cantinho na cidade. É uma oportunidade de conviver com alguém local e ainda não desembolsar nada pela hospedagem.

De quebra, quem sabe a pessoa ainda pode levar você para conhecer a região ou, no mínimo, dar dicas legais do que fazer, já pensou?

Dê preferência às companhias aéreas de baixo custo, como a AirAsia ou RyanAir e EasyJet (Europa). Para aproveitar ainda mais as tarifas tipo low coast, não esqueça de conferir os limites de bagagem e a taxa cobrada para despachar. O segredo é pagar o valor também com antecedência pelo site da empresa aérea.

Escolha o melhor câmbio – isso significa fugir da troca pela moeda local em aeroportos ou rodoviárias. Geralmente, a taxa é alta neles, fazendo com que seu orçamento para viajar fique pesado. O recomendado é trocar nesses lugares apenas o necessário para passar umas horas, e em seguida ir a uma casa de câmbio, que tem taxa melhor. Nada de desperdiçar grana, hein…



Fuja do roteiro turístico – os restaurantes badalados do eixo principal são mais caros do que aqueles fora dos pontos turísticos. E sempre tem um restaurante ou lanchonete que cobra menos se você ainda levar a refeição para saborear onde você preferir.

Opte pelo prato do dia – para não gastar muito na hora do almoço, vá de ‘pf’ mesmo, ou seja, a comida que vários restaurantes oferecem no horário comercial por um precinho camarada. Às vezes, até a bebida está inclusa na pechincha.

Fique em Hostel – dica para viajar com pouco dinheiro, certamente, não poderia dispensar o bom e velho hostel para as acomodações. Compensa muito, mas é bom pesquisar alguns antes de bater o martelo. Apesar de ser uma opção interessante e em conta, muitos brasileiros ainda não aderiram a ela.

Se, além focar no menor preço que os hotéis, você viaja para conhecer gente, não tem coisa melhor! O hostel é perfeito para economizar e ainda conversar com pessoas de vários países, já que a maioria deles conta com área de convivência.

Pesquise – em vez de sair por aí sem planos, vale a pena fuçar em sites e blogs especializados em viagens, pois eles trazem sugestões que ajudam a economizar. Se você já tem um roteiro em mente, é interessante navegar na internet também para conversar com pessoas que já foram ao mesmo lugar que você pretende ir.

Claro que viajar com pouco dinheiro é sinônimo de mochilar, e isso não combina com planejamento exagerado, definição de absolutamente todos os pontos. Além do mais, os imprevistos fazem parte! Porém, falta total de pesquisa acaba gerando mais custos, concorda?

Viaje à noite – sempre que possível, marque sua passagem de trem ou ônibus no período noturno ao ir de uma cidade para outra. É uma forma de economizar uma diária de hospedagem. Tudo bem que não é a mesma coisa que uma cama, mas de vez em quando vale a pena, ainda mais quando estamos mochilando.

Não deixe de conhecer outros lugares e curtir a vida porque a verba está curta. Aproveite as dicas para viajar com pouco dinheiro!

Boa viagem, e até breve!

Sobre o autor

Fatima

/* ]]> */