Curiosidades Horóscopo

Diferença entre horóscopo chinês e japonês

Tem muita gente que acha que é lenda, não acredita nem um pouco nas previsões feitas pelo horóscopo para seus respectivos signos, mas vamos confessar, mesmo sem acreditar 100%, você acaba dando aquela olhada rápida, não é? Mas tem gente que vai muito além, e além de acreditar nas previsões ainda faz questão de recorrer a outros horóscopos, como o chinês e o japonês, e é por isso que vamos explicar a diferença entre horóscopo chinês e japonês.

Diferença entre horóscopo chinês e japonês

Você pode até não acreditar, mas tem dias que as previsões para seu signo batem perfeitamente com alguma situação que você está passando naquele momento. Às vezes as previsões são tão certeiras que fica difícil acreditar como uma previsão com base nas posições dos planetas pode dar palpites tão “no ponto”!

Como dito, tem gente que não acredita muito, mas tem gente que não só acredita como segue dicas dessas previsões, como usar a cor ideal para cada signo ou aquelas pedras também indicadas para cada signo do zodíaco. Mas, mesmo que você não acredite 100%, é legal saber a diferença entre horóscopo chinês e japonês.

Além disso, tem aquelas pessoas que ainda fazem questão de consultar outros tipos de horóscopo, como é o caso do horóscopo japonês e chinês. Mas qual a diferença entre horóscopo chinês e japonês?

Horóscopo chinês

A diferença entre horóscopo chinês e japonês é que o chinês se baseia no calendários agrícola – o horóscopo ocidental se baseia nos ciclos do sol -, sendo assim, o ano astral começa na primeira lunação do ano, por isso o início do ano chinês varia tanto de um ano para o outro – e se difere bastante do nosso.

Outra diferença entre horóscopo chinês e japonês é que o começo do ano chinês inicia entre a segunda quinzena de janeiro e a primeira de fevereiro, e não em 1° de janeiro. Por exemplo, em 2017, o ano novo chinês começou apenas no dia 28 de janeiro.



Essa variação acontece justamente pelos chineses se basearem nos movimentos da lua.

Outra curiosidade bem legal relacionada ao horóscopo é que ele também é dividido em doze partes – doze animais -, mas ao invés dessas doze partes apresentarem doze meses, no horóscopo da China essas doze partes representam os anos, totalizando doze anos.

Cada ano é encarnado por um animal. Por exemplo, esse é o ano do Galo.

Os 4 pilares do horóscopo chinês

O horóscopo da China é segmentado em 4 pilares: ano de nascimento, dia de nascimento, mês de nascimento e hora de nascimento.

  • Ano: esse é o pilar que traz as informações relacionadas a vida em família e em sociedade, assim como a relação com seus avós.
  • Mês: já o mês de nascimento é o pilar que traz as informações sobre a infâncias e os pais. A grande maioria dos astrólogos chineses considera o mês como o pilar mais importante dos quatro, isso porque é ele quem dita as circunstâncias da vida adulta. Todos os doze signos são ligados aos meses do calendário solar.
  • Dia: o pilar do dia de nascimento é aquele que traz as informações sobre a própria pessoa, sua vida em casal e vida adulta.
  • Hora: o pilar da hora de nascimento é representada por algo chamado de “animal secreto” e traz informações do seu verdadeiro eu e sobre suas contribuições para o mundo. Cada signo representa uma hora estendida, que é um período de duas horas – vinte e quatro horas divididas entre os doze representantes do horóscopo.

Os 5 elementos

A cada um dos animais atribuem-se os cinco elementos fundamentais – segundo a filosofia oriental, essa é a composição do universo: fogo, água, terra, madeira e metal.

E é essa combinação entre os doze animais e os cinco elementos que cria-se o ciclo de 60 anos no horóscopo da China, que começou com o rato de madeira e vai terminar com o porco da água. O ciclo atual começou em 1984.

Horóscopo japonês

O horóscopo japonês é baseado na astrologia e também no horóscopo da China, mas mesmo sendo baseado no horóscopo da China, existe diferença entre horóscopo chinês e japonês. No horóscopo japonês, os regentes são representados por deuses xintoístas.

Outra diferença entre horóscopo chinês e japonês é que o japonês se baseia no calendário solar, ao contrário do chinês que se baseia no lunar, e é por isso que o início do ano começa no dia primeiro de janeiro, como no horóscopo ocidental.

A lenda que envolve o horóscopo japonês é que Buda – o criador dos signos da cultura chinesa – organizou uma reunião com vários animais, mas somente 12 deles apareceram. Para esses 12 foram distribuídas as energias de ciclos dos anos.

O horóscopo japonês também é chamado de ano novo solar de Oshogatsu e tem um significado por trás desse nome. O “O” de Oshogatsu significa proposição de indicação de importância, o “sho” significa sinceridade, honestidade e verdade e o “gatsu” significa mês.

Os animais do horóscopo japonês

Os doze animais do horóscopo japonês são: Ne, Ushi, Tora, Usagi, Tatsu, Mi, Uma, Hitsuji, Saru, Tori, Inu e Inoshishi – rato, boi/búfalo, tigre, coelho, dragão, serpente, cavalo, carneiro, macaco, galo, cão/cachorro e javali, respectivamente. Que são, inclusive, os mesmo animais do horóscopo da China, a única diferença são os nomes em cada dialeto.

No chinês, os animais são Zhu (porco), Gou (cão), Ji (galo), Hóu (macaco), Yang (carneiro), Ma (cavalo) Shú (serpente), Long (dragão), Tú (coelho) Hu (tigre), Niú (boi) e Shu (rato).

Conseguiu entender a diferença entre horóscopo chinês e japonês?

O legal é que podemos ver um pouco dessas culturas no bairro da Liberdade, em São Paulo, que apesar de ser um bairro essencialmente japonês, recebe todos os anos a festa do ano novo chinês. É só ficar ligado na data da festa e você poderá conhecer mais de ambas culturas em um só lugar.

Acreditando ou não no horóscopo, a cultura deve ser respeitada, além de ser estudada, já que o assunto é interessante mesmo para quem não acredita nas previsões. Para quem gosta e acredita, os horóscopos japonês e chinês são ferramentas para você guiar sua vida, e também uma oportunidade de conhecer a cultura de dois países super interessantes.

Até a próxima!

Sobre o autor

Giovanna Cóppola

Trabalha com web, design, criação, conteúdo, SEO e fotografia. Em 2011 criou a Pandartt e hoje assume a direção da agência, além de colocar a mão na massa em todos os projetos. Paralelamente, tem outros três projetos: Viva com Felicidade, BlogGeek e Mapa dos Bichos. Ama música, cinema, jogos, arte, tecnologia, tatuagens e pandas.

/* ]]> */