Beleza Estética Terapias

Saiba tudo sobre drenagem linfática

Drenagem Linfática

Todos desejam ter um corpo saudável e bonito. Com base nisso várias pesquisas e técnicas surgem com o objetivo de proporcionar às pessoas uma melhor qualidade de vida. Uma que cada vez mais ganha destaque e aceitação popular é a drenagem linfática, que é procurada por diferentes pessoas, com o objetivo de melhorar a estética facial e corporal, desintoxicar seu organismo, dentre outras vantagens que essa poderosa técnica proporciona.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% EM TODO O SITE

Continue conosco lendo o nosso post e saiba tudo sobre a drenagem linfática.

Você sabe o que são os “gânglios linfáticos”?

Gânglios linfáticos são glândulas que pertencem ao sistema linfático, responsável por filtrar a linfa, que é um líquido claro ou transparente, de aspecto leitoso, que circula de maneira bastante lenta pelos vasos linfáticos.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

A composição da linfa é muito próxima da sanguínea, exceto que nela as hemácias não estão presentes. Ela é responsável pela nutrição das células do nosso organismo, por drenar as substâncias e a água dos espaços entre as células e também em remover impurezas resultantes do metabolismo.

Entenda o que é a drenagem linfática

Ela é um tipo de massagem que atua estimulando o sistema linfático e acelerando a sua circulação.

Foi desenvolvido por Emil Vodder e sua esposa no ano de 1932, em Paris, com o objetivo de auxiliar no tratamento de problemas crônicos das vias respiratórias superiores.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

Atualmente é usada para estimular a circulação linfática, e dentre as pessoas que mais se beneficiam dela são as que sofrem com retenção de líquido.

Sua principal função é a drenagem de resíduos metabólicos e líquidos estimulação do sistema linfático através da técnica de massagem.

Ela não traz apenas melhorias estéticas, mas também contribui para a saúde do corpo.

Ela é uma aliada para quem deseja emagrecer?

Na verdade, o que acontece na drenagem linfática é que ela auxilia o corpo a eliminar líquidos e toxinas que estão retidas no organismo, ajudando a diminuir a sensação de inchaço e dando a impressão de emagrecimento.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

Quem deseja emagrecer e não abre mão da drenagem linfática deve conjugá-la com outros comportamentos, como adoção de hábitos alimentares saudáveis, prática de atividades físicas, adoção de uma dieta adequada e diálogo com um médico ou nutricionista.

A drenagem linfática no combate à gordura localizada, celulite e dores durante a drenagem e auxilia no tratamento de vários outros problemas

Ela é um aliado no combate à gordura localizada, quando realizada da maneira correta pois atua diminuindo a eliminar líquidos retidos em áreas do corpo em que existe uma maior inclinação ao acúmulo de gordura (coxas, culote e abdômen).

Ao ativar o metabolismo, contribui para o processo de queima de gordura corporal do organismo.

Celulite geralmente tem como causas o sedentarismo, uso de cigarros, maus hábitos alimentares, stress e problemas hormonais, dentre outros.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

Os furinhos característicos da celulite têm início no processo de retenção de líquidos, o que repercute na má oxigenação dos tecidos da região. Quando não há nutrição, eles se tornam duros e há a formação de nódulos. Ao eliminar a retenção de líquidos a drenagem linfática ajuda a quebrar esse círculo.

Na drenagem linfática os líquidos presentes entre as células são direcionados para os capilares linfáticos – esse é o seu objetivo, e utilizando-se de movimentos específicos, o profissional os estimula a caminharem até sua eliminação.

Durante a massagem é respeitado o ritmo da linfa, dessa maneira a massagem deve fluir compassada, com pouca pressão, sem ações que resultem em dor ou desconforto.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

Ela é um procedimento que, além de saudável, também proporciona relaxamento.

Também é indicada para o tratamento e prevenção de edemas e linfoedemas, já que estimula a circulação sanguínea, ajuda a diminuir a retenção de líquidos e a regenerar o sistema linfático.

Pode ser indicada para tratar insuficiência venosa crônica, cefaleias e nevralgias, para a estética facial, em pré e pós-operatórios, no tratamento de cicatrizes hipertróficas, traumatologia, diminuição da fibrose tissular, varizes, rinites, sinusites, enxaquecas, tendinites, no tratamento do pós-cirurgia plástica, dentre outros.

Novidades nas técnicas de drenagem linfática

Atualmente existem várias formas de se realizar a drenagem linfática, principalmente através do uso de produtos com ação ortomolecular, que além de nutrir as células, também contribuem para ativar o metabolismo, favorecer o funcionamento celular adequado e permitem a entrada de oligoelementos.

Em algumas sessões, além da massagem, também se faz uso de esfoliação corporal (para a retirada de células mortas), máscaras que ajudam a retirar toxinas e nutrir a pele.

Outras combinam a aplicação da massagem com o shiatsu, que é uma forma de se massagear manipulando os dedos e a palma das mãos, em áreas específicas do corpo, com o objetivo de corrigir disfunções internas, auxiliar no tratamento de doenças, promover a saúde, dentre outros.

Em alguns procedimentos se utilizam pedras quentes, ótimas para aliviar o estresse, relaxar os músculos e ativar a circulação sanguínea.

A reflexologia pode ser empregada junto com a drenagem linfática. Ela ajuda a promover a renovação energética, estimular o equilíbrio entre o corpo e a mente, ativar a circulação sanguínea e combater o estresse. Esse tipo de massagem baseia-se na crença de que nos pés existem áreas que correspondem a determinados órgãos, glândulas e estrutura corporal, podendo cada um deles ser alcançados através do estímulo de áreas específicas.

Você sabe em que casos a drenagem linfática é contraindicada?

Pessoas que possuem nódulos; tumores; abcessos; tuberculose; indivíduos com processos inflamatórios agudos; edemas decorrentes de insuficiência renal, hepática ou cardíacas que não estejam controladas; nódulos não identificados, trombose venosa profunda; insuficiência cardíaca congestiva; hipertireoidismo; dentre outros, não devem realizar a drenagem linfática.

Então, a drenagem linfática é uma poderosa estratégia para quem gosta de cuidar da saúde e cuidar da estética corporal, além disso, relaxa e tranquiliza durante o procedimento, sendo esse um momento ideal para esquecer dos problemas.

Como é um procedimento que também está relacionado com a saúde, é importante conversar com o seu médico antes de agendar uma sessão de drenagem linfática, isso lhe ajudará a tirar o máximo de proveito dessa poderosa técnica, além de evitar problemas futuros.

Você já realizou sessões de drenagem linfática? Compartilhe a sua experiência!

Último Vídeo do Nosso Canal


/* ]]> */