Beleza Cabelos

Efeito build-up: confira 5 dicas para evitar o acúmulo de resíduos no cabelo

efeito-build-up

Você está cansada de fazer hidratação no cabelo frequentemente e não ver nenhum resultado? Então, chegou ao post certo! Com o uso de vários produtos capilares durante a rotina, tais como shampoo, condicionador, máscaras de tratamento, leave-in, finalizadores, entre outros, é possível que alguns resquícios que não foram removidos durante o enxágue dos fios possam se acumular na fibra capilar e deixar o cabelo pesado, opaco, sem movimento, com um aspecto de “sujo”, como se você estivesse há várias semanas sem lavar os fios.

Se você se identificou com tudo isso que eu falei, pode estar passando pelo chamado efeito build-up, que nada mais é que o acúmulo de resíduos de produtos no cabelo. Por causa desse problema, é comum que as nossas madeixas passem a não responder aos tratamentos essenciais para manter a saúde e beleza dos fios, tais como hidratações, nutrições ou reconstruções, o que explica o fato de muitas mulheres reclamarem de produtos ou receitas que não estão dando certo nos seus cabelos.

Porém, a boa notícia é que o efeito build-up pode ser facilmente revertido com a ajuda de alguns cuidados específicos no dia a dia, como eu vou te mostrar nos próximos parágrafos desse artigo. Quer saber quais são eles e como eliminar os resquícios de produtos que estão atrapalhando o desenvolvimento e beleza das suas madeixas? Então, venha comigo!

Como identificar o build-up no cabelo?

Além da aparência sem vida e frágil, o principal fator que pode indicar se o cabelo está ou não sofrendo com o efeito build-up é a sensação de que nenhum tratamento capilar (hidratação, nutrição, reconstrução, receitas caseiras, etc.) ou produto está funcionando no seu cabelo, por mais caro que este seja.

Na prática, quando as madeixas estão com esse problema, nada que você fizer irá funcionar pelo fato de os resíduos que estão acumulados nos seus fios terem formado uma película protetora em volta deles, impedindo que outros nutrientes presentes nos produtos capilares penetrem na fibra capilar e cumpram a sua devida função.

No entanto, antes de chegar a essa etapa, é possível notar outros sinais de que o efeito build-up pode estar se instalando nos seus fios. Um deles é ter bad hair days com frequência. Afinal, perceber que o seu cabelo amanheceu terrível e com vida própria um dia ou outro é super normal, especialmente quando você está há dias sem lavar, saiu do cronograma capilar ou não deixou os fios secarem direito no dia anterior.

Porém, quando esses dias ruins passam a acontecer regularmente, pode ser que o efeito build-up esteja começando a dar as caras por aí. Então, se as suas madeixas estiverem ressecadas, sem brilho, cheias de frizz e sem movimento todos os dias, já pode ficar de olho!

Além deste, outro sinal evidente do efeito build-up é quando a raiz começa a coçar ou descamar logo após uma lavagem. É claro que isso pode acontecer se você passar alguns dias sem lavar o cabelo, mas, quando esses problemas aparecem horas depois da higienização, fique alerta, porque parece que há resíduos demais no seu couro cabeludo.

Dicas para evitar o acúmulo de produtos nos fios

Depois de identificar o efeito build-up nos seus cabelos, será necessário tomar alguns cuidados na rotina para se livrar do problema, bem como preveni-lo para que ele não volte a incomodar. Confira os principais deles:

1 – Lave o cabelo corretamente

O primeiro cuidado a ser tomado para evitar o acúmulo de resíduos de produtos no couro cabeludo e cabelos é fazer a higienização correta dos fios, que deve ser feita a partir da aplicação do shampoo e condicionador. Por possuir propriedades adstringentes, o shampoo deve ser aplicado somente na raiz, e nunca no comprimento do cabelo.

Isso porque, ao remover a poeira, restos de produtos e suor, o produto também é capaz de eliminar o óleo que protege os nossos fios, o que pode torná-los ressecados quando a aplicação é feita na extensão do cabelo. Além disso, ao contrário do shampoo, o condicionador nunca deve ser usado na raiz do cabelo, mas somente no comprimento e pontas das madeixas.

Após aplicar corretamente esses dois produtos, também é necessário enxaguar bem o cabelo para garantir que eles sejam removidos por completo dos fios após a lavagem. Nos dias de fazer a hidratação, nutrição ou reconstrução, a mesma regra valerá para a aplicação e enxágue das máscaras de tratamento.

Veja também: 8 erros mais cometidos na hora de lavar o cabelo

2 – Use shampoo antirresíduos

Além de fazer a lavagem correta do cabelo, investir no uso de um bom shampoo antirresíduos ou qualquer outro com função de limpeza profunda ajudará a remover o excesso de produtos acumulados no couro cabeludo e nos fios, prevenindo o temido efeito build-up. E assim como o shampoo tradicional, o produto deve ser aplicado somente na raiz capilar, e nunca nos fios, para evitar o ressecamento.

Isso porque, se você passá-lo diretamente nos fios, ele também será capaz de remover a oleosidade natural do cabelo. No entanto, diferente do shampoo tradicional, o shampoo antirresíduos não pode ser usado diariamente. O ideal é que pessoas com os cabelos oleosos apliquem esse produto uma vez por semana, enquanto quem sofre com fios secos deve usar o antirresíduos, no máximo, a cada 15 dias.

3 – Evite alguns tipos de leave-ins e cremes para pentear

Talvez você não saiba, mas os produtos capilares sem enxágue são os principais causadores do efeito build-up no cabelo, especialmente aqueles que possuem em sua composição ingredientes conhecidos como grandes violões da saúde dos fios, como parafina líquida, petrolato, óleo mineral, isoparafina, vaselina e dodecano, por exemplo.

Isso porque esses compostos são insolúveis, ou seja, não dissolvem quando em contato com a água, o que significa que será mais difícil removê-los durante a lavagem do cabelo. O resultado é o acúmulo desses tipos de produtos nos fios, causando o build-up.

Portanto, o ideal é evitar esses leave-ins e cremes para pentear ricos nesses ativos e optar sempre por aqueles que contenham em suas fórmulas óleos vegetais, silicones à base do silício, e não do petróleo, como é o caso do dimeticona e ciclometicona, e também aqueles que são feitos de poliquartênio.

Veja também: Leave-in: saiba para que serve esse produto para cabelo e como usar

4 – Faça um cronograma capilar

Além de seguir á risca todas as dicas anteriores, a melhor maneira de evitar o efeito build-up é investir em um cronograma capilar para manter o seu cabelo sempre hidratado, nutrido e reconstruído na medida certa, sem acumular produtos nos fios. Se você ainda não sabe como fazer um cronograma capilar, basta clicar aqui para aprender passo a passo.

5 – Varie os produtos usados na rotina

Você fez hidratações seguidas nos seus cabelos, mas não conseguiu perceber nenhum resultado? Pois bem! Isso acontece porque os nossos fios ficam saturados dos nutrientes encontrados em um mesmo produto usado por longo período durante a rotina.

Por isso, a última dica, e não menos importante, para evitar o efeito build-up e driblar de uma vez por todas o acúmulo de produtos nos fios é variar os produtos capilares que serão aplicados no seu cabelo no decorrer dos dias.

Para isso, basta optar por uma máscara de nutrição ou reconstrução, por exemplo, e voltar a utilizar sua máscara de hidratação normalmente após alguns dias. Ah! E não se esqueça de continuar alternando os tratamentos e produtos para evitar o aspecto opaco e pesado das madeixas.

E aí? Você já sofreu com o efeito build-up alguma vez? Como conseguiu se livrar do problema? Compartilhe!

Até a próxima!

Último Vídeo do Nosso Canal


/* ]]> */