Beleza Cabelos

Escova americana: conheça o alisamento ideal para cabelos afros

Provavelmente, você já deve ter ouvido sobre os inúmeros lançamentos de escovas progressivas que chegam aos salões de beleza todos os anos para driblar o volume excessivo dos fios e conquistar o liso perfeito, não é mesmo? Escova inteligentedefinitivade chocolatede morangomarroquinaindianade cetim, enfim…

São tantas alternativas que surgem a cada temporada para renovar o visual das adeptas à praticidade e beleza do cabelo alisado, sempre com tecnologias modernas e avançadas, que passaram a surgir junto com elas também várias dúvidas comuns entre as mulheres sobre os efeitos dos alisamentos químicos no cabelo: “Alisa mesmo?”, “Tem formol?”, “Dura quanto tempo?”, “Faz mal?”.

Se você já fez uma ou mais perguntas como essas, a boa notícia é que a maioria das escovas progressivas presentes no mercado beauté é bastante eficiente e pode sim deixar o cabelo liso de forma imediata, com duração temporária ou até definitiva, e a partir de diferentes ativos químicos, o que vai depender exclusivamente do tipo que você escolher.

No nosso artigo de hoje, você vai conhecer melhor sobre a escova americana, ou alisamento americano, que chegou ao Brasil há alguns anos e virou moda em terras tupiniquins por combinar relaxamento e hidratação em um só tratamento, a fim de proteger a fibra capilar do ressecamento e os problemas causados por ele nas nossas madeixas, com é o caso das pontas duplas.

Por ter como principal ativo químico a guanidina, ela passou a ser recomendada para alisar cabelos crespos e afros, que possuem muito volume. O resultado é de fios lisos mais soltos e com aspecto natural por, pelo menos, seis meses. Quer saber como fazer escova americana? Então, continue de olho nos próximos parágrafos que eu te conto tudo!

Veja também:

O que é a escova americana?

escova americana, ou alisamento americano, é um tipo de escova progressiva feita originária dos Estados Unidos – daí, o nome – à base de guanidina, um ativo químico que, diferente do tioglicolato de amônia – principal substância usada nos demais alisamentos químicos, capaz de alterar a estrutura capilar de dentro para fora -, ajuda a alisar o cabelo, moldar e hidratar os fios, uma vez que age na estrutura dos fios de fora para dentro.

Na prática, isso quer dizer que, ainda durante o alisamento, quando as cutículas dos fios ainda estão abertas, é possível hidratar o cabelo antes do fim do procedimento, penetrando nas camadas mais profundas do cabelo, ao contrário do que acontece na maioria dos demais alisamentos, que a hidratação deve ser feita após a aplicação da escova progressiva como uma forma de manutenção para reparar os danos sofridos pela fibra capilar.

Por conter guanidina em sua composição, a escova americana é mais recomendada para cabelos crespos e afros, que terá o intuito de relaxar e soltar mais os cachos, controlar o volume ou alisar completamente os fios. O processo de aplicação do procedimento pode durar entre 25 a 45 minutos, que é o tempo médio que varia desde a fase de alisamento até fase final de hidratação.

Quem pode fazer?

escova americana é recomendada para mulheres com cabelos crespos e afros, com bastante volume. No entanto, como a guanidina é incompatível com amônia, henê, tioglicolatos ou hidróxido de sódio, cabelos que tenham a presença desses componentes, ou seja, que passaram por procedimentos de permanentes, alisamentos, defrisagem ou outros tratamentos à base desses ativos não devem fazer a escova americana.

Além disso, quem cabelos descoloridos ou danificados por conta de procedimentos de colorações seguidos também não devem apostar no alisamento americano somente depois de consultar um profissional de beleza para fazer uma avaliação e um teste de mecha antes do procedimento para garantir a saúde dos fios.

Como fazer escova americana? Confira passo a passo

Agora que você já sabe tudo sobre a escova americana, chegou a hora de saber como aplicar o procedimento no cabelo para garantir fios lisos. Então, depois de comprar os produtos em uma loja de cosméticos, basta seguir o passo a passo de como fazer escova americana que eu vou ensinar a seguir:

Observação: Os produtos usados aqui neste tutorial é da marca Amend Cosméticos.

Passo 1: A primeira coisa a fazer é misturar a loção ativadora e o creme alisante em um recipiente de plástico (nunca use metálicos), mexendo bem os dois produtos com a ajuda de uma espátula até obter uma mistura homogênea e cremosa.

Passo 2: Em seguida, lave o cabelo com um shampoo antirresíduos para remover toda a oleosidade e sujeira dos fios e do couro cabeludo e facilitar a absorção dos produtos pela fibra capilar.

Passo 3: Seque os fios com um secador e aplique uma pomada ou creme hidratante para proteger a pele dos produtos que serão aplicados no cabelo. Passe nas regiões da testa, orelhas, couro cabeludo e pescoço, que são as áreas que podem ser mais afetadas pela química e causar irritação.

Passo 4: Em seguida, divida o cabelo em mechas e prenda cada uma delas com pregadores de plástico (mais uma vez, não use nada metálico).

Passo 5: Feito isso, comece a aplicação da mistura de creme alisante e loção ativadora que você preparou anteriormente em cada uma das mechas, com a ajuda de um pincel, lembrando de respeitar sempre a distância de um centímetro do couro cabeludo.

Passo 6: Comece sempre pelas mechas da parte de trás da cabeça, passando pela esquerda e pela direita até chegar à parte superior.

Passo 7: Depois de terminar todas as mechas, volte para as que estão na parte de trás da cabeça para esticar os fios com um pente. Isso irá ajudar a deixar o cabelo mais liso! Na hora de fazer o estiramento com o pente, lembre-se de seguir sempre o sentido de crescimento dos fios (da raiz às pontas) e o tempo de aplicação do produto descrito na embalagem. Nunca ultrapasse o período indicado!

Passo 8: Após o tempo de aplicação recomendado, enxágue o cabelo em água morna e cuidando para que todos os resíduos dos produtos sejam totalmente removidos.

Passo 9: Agora, retire o excesso de água com uma toalha, divida o cabelo em mechas novamente e aplique a máscara intensificadora e espere agir por 10 minutos. Evite prender os fios durante a ação desse produto para potencializar o efeito liso final.

Passo 10: Escove o cabelo com o secador e passe a chapinha em seguida.

Passo 11: Para isso, deve-se separá-lo em mechas finas e aplicar a chapinha, de quatro à seis vezes em cada uma delas.

Passo 12: Depois de terminar todo o cabelo, aguarde os fios esfriarem por, pelo menos, 10 minutos.

Passo 13: Passado esse tempo, aplique o shampoo indicador com a ajuda de um pincel em todo cabelo em cada uma das mechas e deixe-o agir por cerca de 15 minutos.

Passo 14: Enxágue o cabelo. Caso a espuma que sair ainda esteja na cor rosa, reaplique o produto até que a espuma fique branca.

Passo 15: Depois de enxaguar os fios novamente, retire o excesso de água com a ajuda de uma toalha e aplique novamente a máscara intensificadora, deixando-a agir por cinco minutos.

Passo 16: Enxágue novamente e retire o excesso de água com uma toalha.

Passo 17: Agora, aplique o leite protetor térmico Amend Thermo Protect e faça uma escova com o secador.

Passo 18: Finalize passando a chapinha no cabelo e aplicando o Gloss Brilho Finalizador. Prontinho! Está feita a sua escova americana.

Como cuidar do cabelo após a escova americana?

Após terminar de fazer a sua escova americana, o cabelo não deve ser preso ou lavado pelas próximas 48 horas. Passado esse período, pode-se lavar o cabelo normalmente, sendo indicado apostar em hidratações semanais para devolver a água (umidade) e nutrientes perdidos pelos fios durante a aplicação do procedimento.

Veja também: Como hidratar o cabelo corretamente? Confira o passo a passo

Caso você queira pintar o cabelo depois de fazer a escova americana, o recomendado é fazer a coloração somente após 15 dias da aplicação. Mulheres com cabelos coloridos com tinturas de até 20 volumes devem aguardar pelo menos 30 dias antes de reaplicar o creme alisante e cerca de duas semanas para uma nova coloração.

Além disso, como o pH do cabelo foi potencializado por conta do pH da guanidina, que é bastante alto, ou seja, alcalino, é preciso balanceá-lo após o procedimento, o que pode ser feito com a partir de produto com pH a partir de 3,5. Uma ótima dica é misturar o seu condicionador com um pouco de vinagre de maçã, que tem o pH ácido e, portanto, é ideal para equilibrar o pH das nossas madeixas, fechando as cutículas, alinhando e condicionando os fios, o que resulta em maciez e um mega brilho!

Leia também: Benefícios e como fazer hidratação com vinagre de maçã no cabelo

Investir em um bom cronograma capilar também é essencial para manter a saúde e beleza das suas madeixas após a escova americana, uma vez que a aplicação da guanidina também abre as cutículas dos fios e faz com que eles percam as moléculas de água, proteínas e óleos essenciais. Neste caso, dentro da agenda de tratamento dos fios, serão alternadas as etapas de hidratação, nutrição e reconstrução, que serão capazes de devolver todos esses nutrientes novamente à fibra capilar.

Outro truque recomendado pelos profissionais de beleza para deixar o seu cabelo quimicamente tratado menos ressecado e, é claro, menos fragilizados, é usar shampoos sem sal. Para a nutrição dos fios, aposte em óleos como de argan e babosa, por exemplo. Caso você não saiba quais óleos são ideais para passar no cabelo, basta dar uma lida nos seguintes artigos que irão te ajudar:

E aí? Gostou de saber mais sobre a escova americana? Então, que tal compartilhar esse artigo nas suas redes sociais para as suas amigas também conhecerem as vantagens desse procedimento para o cabelo?

Até a próxima!

8 dicas para ter unhas impecáveis!


/* ]]> */