Beleza Cabelos

Escova de frutas vermelhas: conheça o tratamento que alisa e trata os fios

Elas estão espalhadas pelos quatro cantos do mundo, mas são todas irmãs! As escovas progressivas com sabores e cheiros ganharam os salões de beleza para alisar e perfumar os cabelos da mulherada.

A novidade começou há pouco tempo, depois que o formol teve o seu uso proibido pela Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) e os cabeleireiros passaram a recorrer a outros ingredientes para substituir a substância e ajudar as suas clientes a conquistarem o sonho do liso perfeito. Agora, o que mais vemos são alguns alimentos que antes faziam parte das receitas na cozinha compondo fórmulas de alisamentos capilares, como é o caso do açúcar, leite, morango, chocolate, melcaramelo e tantos outros.

Apesar de diferentes um do outro, o que as escovas progressivas à base desses ingredientes têm em comum é o resultado nas nossas madeixas: o alisamento e redução do volume. No entanto, é preciso ressaltar que cada um desses tratamentos é indicado para tipos capilares distintos e, portanto, também possuem efeitos diferentes.

Por isso, no nosso artigo de hoje, você vai conhecer melhor mais uma das opções para apostar no seu alisamento e, de quebra, ainda sair do salão com um cheirinho delicioso no cabelo: a escova de frutas vermelhas. Para quem ela é indicada? O procedimento pode deixar manchas em cabelos loiros? Fique de olho nos próximos parágrafos desse artigo que eu te conto tudo em detalhes!

Vamos lá?

Para que serve a escova de frutas vermelhas?

A escova de frutas vermelhas, assim como as suas irmãs, é rica em vitamina C queratina, dois nutrientes que ajudam a fortalecer e melhorar a estrutura dos fios, tornando-os mais maleáveis e com aspecto naturalmente liso e saudável.

Na prática, o procedimento, que é feito a partir de extratos de frutas vermelhas (que incluem framboesapitanga e morango), atua formando uma película protetora em volta do cabelo, protegendo-o de agressões externas, como químicas, secador, chapinha, sol, poluição, poeira, umidade, cloro, mar, entre outros.

Além de alisar as madeixas e deixá-las mais hidratadas, a escova de frutas vermelhas pode torná-las mais macias e brilhosas, com fios reluzentes e sedosos dignos de um comercial de TV.

Quem pode fazer?

A escova de frutas de vermelhas, assim como as demais da categoria de frutas, pode ser feita em todos os tipos de cabelo, inclusive aqueles quimicamente tratados. Nestes casos, o tratamento ajudará a recuperar a estrutura dos fios e acabar com os problemas causados pelo ressecamento excessivo, bastante comum em procedimentos com químicas, tais como frizz e pontas duplas.

Além disso, a escova de frutas vermelhas também é ideal para madeixas com ondas mais leves e fios arrepiados. Isso porque, por conterem menos lipídios, o tratamento não os deixará com um aspecto muito pesado. E atenção! Esse tipo de escova tem uma coloração avermelhada, o que significa que ela não pode ser usada por mulheres com cabelos loiros, já que estes poderão correr o risco de ficarem manchados após o procedimento.

Como ela é feita?

Em um salão de beleza, o cabeleireiro deverá começar a aplicação do procedimento lavando o seu cabelo com um shampoo antirresíduos, que deverá eliminar toda a sujeira e resquícios de produtos dos fios e prepará-los para receber a escova. Em seguida, depois de enxaguar, ele retirará o excesso de água com a ajuda de uma toalha para, só então, aplicar um recondicionamento de queratina nos fios.

Depois, o profissional de beleza dividirá o seu cabelo em mechas e aplicará uma máscara de frutas vermelhas, uma a uma. Feito isso, ele deverá secar o seu cabelo com um secador e passará a chapinha em seguida no seu cabelo, para fechar (selar) as cutículas dos fios a fim de manter o produto dentro dos fios. Prontinho!

Como cuidar do cabelo após a escova de frutas vermelhas?

Após o término do procedimento, basta ficar três dias sem lavar o cabelo ou prendê-lo para conseguir um efeito liso mais eficiente e bonito. Os retoques podem ser feitos a cada dois ou três meses, dependendo dos cuidados que cada mulher terá com o cabelo depois de sair do salão de beleza.

O primeiro deles é evitar usar shampoos antirresíduos ou qualquer outro com função adstringente após o tratamento, pois esses produtos são capazes de remover com facilidade os produtos dos fios, atrapalhando o efeito liso e hidratado desejado. E não se esqueça! Apesar de menos agressiva, a escova de frutas vermelhas ainda se trata de um procedimento químico

Portanto, o ideal é apostar em produtos específicos para fios quimicamente tratados para lavar e tratar os fios no decorrer da rotina, além de evitar o uso excessivo de secador, chapinha ou babyliss. Se não for possível, aplique sempre um protetor térmico para proteger a fibra capilar dos danos do calor desses aparelhos.

E aí? Gostou de saber mais sobre a escova de frutas vermelhas? Então, compartilhe esse artigo nas redes sociais para que outras pessoas também conheçam essa novidade!

Até a próxima…

Último Vídeo do Nosso Canal


/* ]]> */