Beleza Cabelos

Escova marroquina: técnica alisa ou define cachos sem usar formol

Escova marroquina

Toda mulher está sempre atenta às tendências que vão chegando no mercado de cosméticos para tratar os cabelos. Depois da escova progressiva, um dos procedimentos que está fazendo sucesso nos salões de beleza é a escova marroquina, que chegou ao Brasil já há algum tempo – em meados de 2012 – e tem ganhado a atenção das brasileiras e dos profissionais da área em todo o país.

Queridinha das mulheres que buscam maior praticidade e beleza no seu dia a dia, a escova marroquina pode alisar as madeixas de maneira eficiente sem danificar os fios, uma vez que não utiliza formol em sua composição. Ao contrário disso, o processo de alisamento traz uma gama de nutrientes importantes para a saúde capilar, como aminoácidos e óleos marroquinos, promovendo uma maior hidratação e nutrição dos fios.

De olho na mulherada das regiões do Marrocos, com cabelos lindos, longos e saudáveis, a indústria cosmética não poderia deixar de trazer a novidade ao Brasil. Com a escova marroquina, é possível deixar os cabelos mais lisos e brilhosos, além de eliminar o frizz e o volume indesejado, vantagens ideais para quem tem cabelos cacheados ou ondulados e queiram domar a “juba”.

Quer saber mais sobre o alisamento capilar que está fazendo o maior sucesso nos salões de beleza? Então, continue lendo esse artigo até o final e aprenda a fazê-lo em casa e usufruir dos seus benefícios.

O que é a escova marroquina?

escova-marroquina

A escova marroquina é um tipo de alisamento capilar oriundo do Marrocos, onde são utilizados ingredientes essenciais para a saúde dos cabelos, como a argila e o óleo de cacau, a fim de não só deixar as madeixas lisas como também promover a sua hidratação e nutrição. Além de proporcionar esses efeitos, o cheiro também é maravilhoso nos cabelos, que lembram o chocolate ou pão de mel.

O seu principal diferencial em relação à escova progressiva tradicional está no fato de não ter entre os seus compostos o formol, substância altamente prejudicial aos cabelos e que teve o uso restrito em produtos cosméticos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).



Além disso, diferente desta última, a escova marroquina foi a primeira a não exigir que os cabelos fossem lavados pela primeira vez apenas 2 ou 3 dias após a aplicação. Dependendo da vontade da mulher, os fios podem ser lavados até no mesmo dia, se for o caso. O procedimento pode ser feito por qualquer pessoa, mesmo que tenha passado por outras químicas, e o resultado é de cabelos mais brilhosos e macios.

Leia também:

Quem pode fazer?

escova-marroquina-define-cachos

Qualquer mulher que queira eliminar os caracóis e ondas dos cabelos pode fazer a escova marroquina. O principal objetivo do procedimento é eliminar o volume excessivo e o frizz dos fios, nutrindo-os e hidratando-os profundamente. Portanto, ele pode ser feito em todos os tipos de cabelos, mesmo que tenham passado por outros processos químicos.

No entanto, alguns especialistas recomendam a escova marroquina para quem tem cabelos cacheados, crespos ou ondulados e queiram alisá-los. O resultado deve deixar os cachos mais soltos e bonitos. No caso de quem tem cabelos crespos ou afros e não queiram alisá-los, mas somente relaxar e deixá-los mais soltinhos, esse tipo de alisamento também pode ser bastante útil.

Neste caso, se você tem o objetivo de apenas “domar” os cachos, basta mudar a forma de finalização da aplicação do produto, que não deverá utilizar o secador e a chapinha, como nos demais tipos de cabelo. No decorrer desse artigo, você vai aprender como fazer a escova marroquina em casa de maneira fácil e obter os mesmos resultados do salão de beleza. Então, não saia daí!

Benefícios

  • Pode ser feita em todos os tipos de cabelo, mesmo aqueles que passaram por outros tipos de químicas;
  • Ao contrário da escova progressiva tradicional, não é necessário esperar 3 dias para fazer a primeira lavagem das madeixas. Se quiser, a mulher pode lavá-las até no mesmo dia da aplicação;
  • Possui um cheiro agradável e suave, semelhante a chocolate ou pão de mel, e não arde os olhos, como os demais tipos de alisamento;
  • Deixa os cabelos hidratados e com aspecto de liso natural;
  • Reduz de maneira significativa o volume dos fios;
  • Diferente da escova progressiva tradicional, você pode prender os cabelos no primeiro dia após a aplicação sem qualquer possibilidade de os fios ficarem marcados;
  • Recupera a estrutura e saúde de cabelos danificados por agentes externos (poluição, sol, umidade, calor, cloro, etc.) e por tinturas e outras químicas.

Como fazer escova marroquina – Passo a passo

escova-marroquina-cuidados-aops-aplicacao

Agora que você já sabe para que serve a escova marroquina e quais são os seus benefícios nas madeixas, você vai aprender como fazê-la em casa e conseguir os mesmos resultados do salão de beleza. Para isso, você deverá ter em mãos o kit de aplicação, que pode ser comprado em qualquer loja de cosméticos. Vamos lá?

Passo 1: Lave os cabelos pelo menos duas vezes seguidas com um shampoo anti-resíduos ou de limpeza profunda e seque-os com uma toalha. O produto ajudará a abrir as cutículas dos fios para facilitar a penetração dos ingredientes da escova.

Passo 2: Em seguida, divida os cabelos em mechas e comece a aplicar o creme de alisamento com a ajuda de um pincel, a partir de 1 centímetro de distância da raiz.

Passo 3: Após isso, basta colocar uma touca térmica na cabeça e deixar o produto agir por cerca de 20 minutos. Se o seu objetivo for apenas definir e domar os cachos, vá depois desse tempo, vá direto para o passo 7.

Passo 4: Passado esse tempo, retire a touca térmica e, depois de dividir os cabelos em mechas novamente, comece a fazer a escova com o secador, que deve estar temperatura morna.

Passo 5: Quando terminar a escova, separe mechas finas e comece a passar a chapinha. Este processo ajudará na selagem (fechamento) das cutículas dos fios, que foram abertas inicialmente pelo shampoo anti-resíduos.

Passo 6: Aguarde cerca de 15 minutos e lave os cabelos normalmente, com um shampoo e um condicionador comuns que você usa no dia a dia, e seque-os com uma toalha.

Passo 7: Para finalizar, aplique uma máscara de hidratação, massageando bem os fios, e enxágue bem.

Passo 8: Faça a escova e chapinha ou, se preferir, deixe o cabelo secar naturalmente.

Cuidados após a aplicação

Para manter os cabelos lisos e o efeito nutritivo e hidratante da escova marroquina, é preciso seguir os seguintes cuidados após a aplicação do produto. Veja:

  • Evite usar shampoos anti-resíduos ou de limpeza profunda após a aplicação, uma vez que estes produtos fazem com que o procedimento dure menos tempo nos fios;
  • Faça hidratações capilares semanais, uma vez que a escova marroquina pode ressecar muito as pontas dos cabelos e, também, torná-los elásticos, já que muda a distribuição de queratina (proteína) ao longo da estrutura dos fios;
  • No caso das hidratações, deve-se evitar as mais profundas, uma vez que ela também é mais forte e tende a retirar o produto com maior facilidade dos fios e acabar com o efeito da escova;
  • É recomendado dobrar a quantidade de condicionador na hora da lavagem dos fios para evitar que eles fiquem muito frágeis;
  • Evite fazer descolorações ou tingimentos em período muito curto após a aplicação da escova marroquina, uma vez que isso poderá danificar ainda mais os fios;
  • Em caso de quebra ou queda dos cabelos após a aplicação, suspenda o uso do produto e espere alguns meses até que os novos fios cresçam e substituam os que caíram.

Quanto tempo dura no cabelo?

escova-marroquina-nao-tem-formol

A escova marroquina dura entre 3 a 5 meses nos cabelos, mas isso vai depender dos cuidados que você tiver após a aplicação e da qualidade do produto que usou para realizar o procedimento. Quanto mais lavagens você fizer, mais os efeitos desaparecerão com o tempo. Após o crescimento da raiz, você pode fazer os retoques, aplicando o produto apenas nos fios próximos ao couro cabeludo.

Veja também:

Contraindicações

A escova marroquina não é indicada para pessoas com o couro cabeludo sensível ou cabelos muito oleosos, uma vez que o produto pode causar ainda mais sensibilidade e oleosidade na raiz capilar. Do mesmo modo, pessoas alérgicas a qualquer um dos componentes da composição do produto devem evitar o seu uso.

Sendo assim, é aconselhável fazer o teste de alergia, aplicando uma pequena quantidade sobre a pele do braço, e verificar o surgimento de uma possível vermelhidão, irritação ou coceira no local. Em caso positivo, suspenda o uso imediatamente.

Ainda, a escova marroquina não é indicada para mulheres com cabelos virgens, uma vez que os resultados podem não ser tão interessantes quanto em um cabelo descolorido, tingido ou com alguma química. Grávidas e lactantes também devem evitar o uso, pois podem haver ingredientes na fórmula que são prejudiciais à sua saúde e a do bebê.

Sobre o autor

Raiane

/* ]]> */